segunda-feira, janeiro 16, 2012

China: A crise do mercado de alimentos ameaça em 2012.

A China, que é o país da falsificação, iniciou uma perseguição ao azeite europeu, acusado de composição de baixa qualidade, o que chamou de "produto falsificado". A Coca-cola e a Nestlê na China rompem parceria e produtos Mc Donalds tem preços reajustados.


Parceria Nestlé-CocaCola - (Uso permitido)
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 16 de Janeiro de 2012 - 07h32min.

A crise política chinesa já levanta vulto enquanto é seguida pela crise comercial de gêneros alimentícios. Pra início de conversa logo depois que a FDA americana alertou sobre a alta porcentagem de antifungos na laranja brasileira, as autoridades chinesas decidiram iniciar uma investigação para saber se suspende ou não a importação do produto e descarta os estoques já adquiridos do Brasil, lembrando que a China é o 4º maior comprador da laranja brasileira.

Na sequência o Brasil anunciou que deverá combater e impedir a importação dos produtos falsificados pela indústria chinesa, que na verdade envolve produtos de todas as espécies, inclusive gêneros alimentícios. Esta determinação foi uma reflexo da determinação dos Estados Unidos de coibir a importação de todos mesmos produtos para seu país, tendo o presidente Barack Obama condenado até mesmo peças de reposição em logística militar de péssima qualidade, prejudicando o rendimento de aeronaves, satélites e armas de fogo.

Caça aos produtos italianos

Em contra-partida, a China iniciou uma perseguição ao azeite de oliva importado da Itália. De acordo com o site italiano "liberoquotidiano" que diz que a China está tentando impedir a importação da "comida italiana" como resultado de um esforço para ocupar o mercado com os produtos nacionais. Por esta razão, o líder chinês Hu Jintao declarou em Dezembro de 2011 que se dedicaria a fortalecer o mercado interno, investindo menos no comércio exterior em 2012.A declaração se deu durante as celebrações do décimo aniversário da entrada da China na Organização Mundial do Comércio (OMC). De acordo com a fonte, que cita uma dado fornecido pelo presidente chinês, que as exportações em 2011 cresceram 14% contra as importações cresceram 22%, o que conduz à queda do superávit comercial.

O "liberoquotidiano" conta que autoridades em Shangai têm inciado uma investigação dizendo que "fabricantes italianos inescrupulosos têm feito misturas de óleo de baixo custo da Grécia, Espanha, Marrocos e Tunísia como azeite extra-virgem superior." O site italiano defende seu país declarando que "a Itália tem o recorde de tentativas de imitação", informando que o volume de negócios que gira em torno da falsificação dos produtos italianos é de cerca de 60 bilhões, (pouco menos da receita industrial) por causa da excelência em qualidade. De acordo ainda com o site o azeite de oliva ganhou o selo europeu DOP.

Fim da produção conjunta da Coca-cola com a Nestlê para produtos cultivados na China.

A Coca-cola anunciou o fim de uma parceria que já durava 10 anos. A Nestlé era parceira que fornecia os produtos cultivados da China como matéria prima para as bebidas tradicionais, como o Chá verde Original da China e o Chá de Limão. O investimento era de 50%, segundo o site "wantchinatimes" disse citando o "Xinhuanet", que citou o sr. Roland Decovert, CEO da Nestlé chinesa como dizendo que a companhia vai investir no futuro, em parcerias mais focadas nos Estados Unidos e Canadá.

Tanto a Coca-cola, quanto a Nestlé seguirão sozinhas, desenvolvendo seus trabalhos separadamente.

Coca-cola-Nestlé "wantchinatimes.com"

Big Mac chinês e mais 19 produtos são reajustados.


Tabela Set-2010
Há anos o Big Mac tem servido como "moeda de referência" para medir o custo de vida em cada país onde é distribuido.

A alta da tabela de preços de 8% dos produtos do Mac Donald's, segundo "wantchinatimes" citando a McDonald's com sede em Taiwan, vem em consequência do "aumento do preço das matéria-primas e a flutuação dos dos preços dos ingredientes locais."

Que levará o combo (Big Mac, refrigerante e batata-frita) de US$ 3,84 para US$ 3,97.

Outros produtos

A crise tem levado muitos países a repensar suas negociações com a China. Por exemplo, os Estados Unidos investigam acusações de patente contra a empresa HTC, dentre outras marcas.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: