quarta-feira, janeiro 11, 2012

Brasil: Manifestação estudantil tem 17 prisões em Teresina. Precisava?

O preço da passagem dos transportes públicos teve reajuste de 10%. Aqui no Rio de Janeiro as reclamações vão de boca-a-boca. Mas o povo já paga. Pequenos protestos são registrados ainda e Ministério Público anunciou que vai investigar se houve abuso, justamente numa cidade onde o aumento só foi divulgado na data que o aumento passou a vigorar. Nada de violência, quebra-quebra... Mas em Teresina, os protestos acontecem desde 29 de Agosto de 2011. Quatro meses de violência por 0,25 centavos. Será que vale?


"#Contraoaumento""Snapshot"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 11 de Janeiro de 2011 - 17h40min.

A polícia reagiu com violência por razões que segundo informou o "cidadeverde" ainda serão investigadas as denúncias de que um grupo conhecido como "narcopunks" estaria fomentando a violência entre os manifestantes e no momento que a polícia chega, eles supostamente estariam fugindo. Desde o dia 04 até agora, pelo menos 17 manifestantes foram presos, entre eles 4 menores, disse o "cidadeverde" citando a polícia local como fonte.


O dia desta quarta-feira foi bastante violento ao ponto que ganhou o apelido de "O Massacre do 7º Dia", mas há muitos atos de vandalismo registrados além da força policial repressora.


Um manifestante reclamou em seu canal de youtube:

"#ContraOAumento... Vergonha tanta policia pra pouco estudante... Tem Policial ai que nunca saiu do quartel e agora colocaram contra Os Estudantes... Meu Deus que Vergonha desse Piaui... Abaixo a repressão Policia é pra ladrão!"
Video: protesto que aconteceu nesta tarde foi recepcionado pela PM, Tropa de Choque, Cavalaria, RONE que segundo testemunhas tentou dispersar os estudantes com "bombas de efeito moral, spray de pimenta e balas de borracha"
Usuário do Youtube que gravou este vídeo reclamou:

Deveriam colocar viaturas do SAMU lá também, néh? Já que o Sr. Prefeito se "preocupa" tanto com a população! ¬¬ TT: @cereja_punk

Os protestos estudantis se espalham pela cidade e começam a influenciar nos outros estados. No Rio de Janeiro tem sido utilizada uma Petição Pública contra o aumento do preço das passagens, que veio de forma inesperada junto com o anúncio do aumento do Salário Mínimo, que na verdade só será praticado no próximo mês. Mesmo assim a classe assalariada já está pagando tudo com aumento acima da inflação com reajuste como se já tivesse recebido o pagamento corrigido no dia do anúncio. É o caso das passagens. No fim das contas o brasileiro terá um mês de fevereiro com mais contas à pagar que dinheiro à receber.

O Movimento pacífico dos cariocas busca encontrar solução por vias legais:

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: