Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 14, 2011

Translate this Page

Síria: 19 manifestantes mortos, uma campanha arrasadora, bombardeios e prisões.

Os número da sexta-feira são muitos. 19 mortos com vítimas a partir de 3 anos de idade até 39.
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 20 de Agosto de 2011 - 09h05min.

Algumas centenas de prisões, explosões e invasões de residências. Greve comerciária em Homs pela população. A síria alega que grupos armados obrigaram os comerciantes a fechar as portas.

Em Hula "Cbihh" (que fazem parte das forças de segurança de Assad) tem atacado pessoas importantes da seita Alawite, como o exemplo do Dr. Nazim Ibrahim.

A grande massa sabe que é uma tentativa de criar um confronto entre as tribos, mas tem noticiado uma grande barbaridade acontecendo na região desde ontem. 1 jovem foi morto e mais 7 pessoas feridas. Em Homs a tentativa de criar uma luta sectária não deu certo porque as tribos já esperavam que Assad tentasse fazer a mesma coisa que seu pai fez em 1982. De acordo com a Revolução da Síria, ele está tentando achar um ponto fraco na relação das tribos para produzir uma guerra.

Falando…

Síria: Homs sob pesado bombardeio poderá sofrer tragédia igual a de Hama

Um pesado bombardeio tem sido noticiado em Homs nesta noite (05:00 do dia 20-08) ainda com o auxílio de helicóptero. Testemunhas oculares disseram há pouco que uma onda violenta de torturas se iniciou em Hama e Homs destacando o uso de seringas com composição química que é mantida em sigilo pela inteligência. As testemunhas disseram que a aplicação com fórmula desconhecida tem sido feita em todos os presos com a mesma agulha.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 19 de Agosto de 2011 - 23h32min. Atualizado 00h22min.

Outra fonte informou que em Idleb um grande racha no exército ocasionou num pesado confronto com o uso frequente de muitos foguetes BDM (RPG) e pesadas metralhadoras. Muitos rebeldes se uniram aos dissidentes para lutar contra as forças de segurança.

A Rede SNN disse que o som das explosões em Baba Amr estremece a região. Disse ainda que em Horan, no bairro de Khirbat al-Ghazali acontece agora um grande e pesado bombardeio. As forças de segurança realizam um grande assalto n…

18 mortos e manifestantes gritam: "o povo quer a execução do presidente"

Mais de 1500 guardas se espalharam pelas ruas de Damasco em uma campanha à domicílio, com direito a arrombamento de portas, retirada de documentos de identificação, dinheiro e valores. Sem mencionar os espancamentos e humilhações.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 19 de Agosto de 2011 - 12h18min.

Em Latakya as forças de segurança têm invadido casas, realizado prisões em massa e acabaram de invadir os acampamentos em  Abdul-Haq, Al-Gaas, Abu Hamed, Al-Zen, de Al-Ramel, aprisionando as últimas pessoas que ainda estavam por lá, disse a SNN.

Os maiores incidentes estão ocorrendo nas mesquitas onde pessoas que estão determinadas a se manifestar são alvejadas por atiradores de elite. A prisões tem acontecido diretamente na porta das mesquitas.

É o exemplo visto neste vídeo gravado há pouco em Idleb. De fundo você pode ouvir o som das orações enquanto o exército espera do lado de fora.


Tanto em Daraa quanto em Al Hrak o toque de recolher foi anunciado por alto-falantes no início da manhã…

Direitos Humanos:Saiba o que acontece com manifestantes presos na Síria

Este é o melhor tratamento que as pessoas recebem do governo sírio. Enquanto são espancados os jovens são obrigados a aprender uma nova canção , que ao invés de pedir o fim do regime, exalta Al-Assad. São os rumos da nova síria. "para construir uma Síria moderna e forte". Sobre a nova Síria, Al-Assad convidou as organizações públicas a assumirem "as responsabilidades e para retomar o diálogo com todos os espectros sociais sobre as leis aprovadas e implementá-las."
Fonte: http://saulovalley.blogspot.com/2011/08/al-assad-siria-vai-permanecer-firme-e.html

Povo pede a expulsão de todos os embaixadores sírios no exterior - Sex 19-08-11

Uma onda de protestos populares e massivos explodiu desde 15 de Março em demonstração de insatisfação e rejeição ao regime tradicional autocrata da família Al-Assad. Aspirando um governo democrático e livre para todas as nacionalidades e religiões, o povo da Síria seguiu nestes 5 meses enfrentando os maiores desafios que uma comunidade poderia suportar para alcançar a tão sonhada democracia. 


Manifestação realizada ontem em Berna - Suíça.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 19 de Agosto de 2011 - 07h03min. Atualização: 08h30min.

Em inquestionável legitimidade o povo sírio sai às ruas para pedir a retirada de todos os embaixadores estrangeiros da Síria bem como a expulsão de todos os embaixadores sírios que atuam no exterior.

Nas últimas duas semanas os embaixadores de diversas potências internacionais foram chamados de volta por seus líderes. Por consequência dezenas de embaixadores sírios foram mandados de volta. Mas o povo da Síria quer mais. Eles querem que todos sejam devolvidos, s…

Direitos Humanos da Síria exigem investigação do estupro de 400 mulheres em acampamentos da Turquia.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Agosto de 2011 - 20h20min (Horário de Brasília).

O Departamento de Direitos Humanos da Síria exigiu da comunidade internacional que investigue com urgência o caso de estupro de 400 mulheres no acampamento de Hatay na Turquia. Segundo a Agência de notícias estatal SANA, das 400 mulheres atacadas por grupos armados "Shabeeha", pelo menos 250 estão grávidas.

De acordo com a agência SANA os Direitos Humanos do Governo da Síria pediu explicações por meio de um comunicado divulgado nesta Sexta (19) "sobre o silêncio das organizações legais turcas e árabes." A agência disse que a organização mais questionada ainda quanto a este tema tem sido as Nações Unidas "sobre esses horríveis crimes contra a mulher síria dentro desses campos."

DIREITOS HUMANOS: As estatísticas da guerra contra a opressão na Síria - 18-08-11

A Organização Nacional dos Direitos Humanos da Síria divulgou nesta Quinta-feira os números atualizados dos  acontecimentos no país desde o início da revolução em 15 de Março de 2011:

Por Ahmad Joma - Relatório número 155 - Terça-feira, 16 de agosto, 2011


As Estatísticas da Revolução:
                                                       Sírios civis mortos: 2.164                                                    Soldados sírios mortos: 391 Total de sírios mortos: 2.555
                                                    Sírios desaparecidas: 3.000                                                 Sírios proibidos de viajar: 650                              Sírios manifestantes mortos sob tortura: 53         Sírios manifestantes presos atualmente: Cerca de 15.000
Sírios refugiados da Síria desde a revolução
                                                                   Cerca de 12.577                                                                      Turquia: 10.227 Líbano:…

AL-ASSAD: "A Síria vai permanecer firme e resistente, e não vai abrir mão de sua dignidade e soberania."

O mundo ocidental amanheceu com a notícia de que o Governo dos Estados Unidos da América faria hoje o pronunciamento oficial para que Al-Assad deixe seu cargo à disposição do povo da Síria. O populares da Síria renovaram suas esperanças enquanto que o ditador convocou uma reunião especial com seu governo nesta manhã.


Por Saulo Valley e IJAR - Rio de Janeiro, 18 de Agosto de 2011 - 11h50min.
Logo cedo Al-Assad anunciou que as atividades militares em Latakya haviam sido encerradas. A verdade é esta:
A Rede de Notícias popular da Síria SNN informou há pouco que em Latakia

"...O cerco continua até este momento, a implantação de grandes elementos de segurança e Cbihh que acamparam por eles nas áreas sitiada, além de invasões, vandalismos, saques não cessam as detenções arbitrárias e jovens são alvos em particular. A situação humanitária dos bairros sitiados Mbeki que permanece sem eletricidade ou água há 6 dias e não permitem entrada ou saida das centenas de feridos que estão mo…

NOW: Clinton: EUA pedem Assad da Síria a demitir-se by AP

Síria: Os trunfos de Assad - Violentos ataques a Latakya fazem multidões fugirem para a Turquia.

O desespero da população síria diante de uma inigualável aniquilação liderada por seu próprio presidente tem cruzado as fronteiras da loucura e da tragédia. As forças de segurança no dia de ontem foram apoiadas por pelo menos 200 tanques e prosseguiram na caçada cega por habitantes.


OBS: A alegação da suspensão das atividades militares em Latakya nesta Quinta-feira pelo presidente Al-Assad é falsa. O cenário atual é informado na matéria a seguir.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Agosto de 2011 - 06h27min. Atualização: 09h39min.

 Um grande número de guardas ligados a Al-Assad que são membros da tribo dos "Shabeeha" se espalharam pelas redondezas da fronteira com a Turkia em busca de fugitivos. O acampamento de refugiados palestinos foi atacado e há notícia confirmada de 3 mortes mas o número pode ser maior. Uma nota urgente foi emitida ontem no meio da noite de que os bandidos de Al-Assad estavam destruindo todos os documentos dos refugiados.

De acordo com testemunhas…

URGENTE: Fundação El Ramel é atacada por pró-Assad destruindo todos documentos de refugiados

Uma completa loucura tomou conta do presidente sírio Bashar Al-Assad. Ele está indo contra todos os princípios, acordos e tratados estabelecidos no mundo, alguns dos quais ele mesmo assinou. 

Por Saulo Valley, Tizy Italya e Syria Revolution - Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 2011 - 20h44min.

Em completa confusão mental e emocional o terrorista está atacando os acampamentos de refugiados há 3 dias tendo intensificado os ataques nas últimas horas no acampamento da Fundação El Ramel está neste momento destruindo as documentações dos refugiados palestinos e aterrorizando o local. Um pedido de socorro foi enviado para que as organizações de Direitos Humanos e de refugiados tomem providências.

O pedido foi transmitido por ativistas dos direitos humanos que imploraram para que a notícia fosse ungentemente difundida!

Síria: ONGs de Direitos Humanos se unem para pedir ajuda a ONU - Carta Aberta.

Carta Aberta ao Conselho de Direitos Humanos da ONU/ Presidente Laura Dupuy Lasserre:

por Ahmad Joma na quarta-feira, 17 agosto, 2011 às 15:24

Carta Aberta ao Conselho de Direitos Humanos da ONU Presidente Laura Dupuy Lasserre:
Recurso ONG urgente pelo fim do "Massacre do Ramadan na Síria".
Pedido de Direitos Humanos da ONU sessão de emergência do Conselho Criar Relator Especial e Conduta Audiências Públicas

Caro Senhor Presidente,
Nós, uma coalizão internacional de organizações não-governamentais e de direitos humanos, exortar aos Direitos Humanos da ONU para acabar com o seu silêncio sobre as atrocidades, conhecidas como o "Massacre de Ramadan", agora sendo cometidos pelo regime sírio contra seu próprio povo.
O que é inadmissível para o mundo do alto de direitos humanos do corpo, que se comprometeu, sob a Resolução 60/251 da AGNU, para evitar violações de direitos humanos e responder prontamente aos direitos humanos emergências para continuar a fazer vista grossa a…

Síria: À espera de um milagre

No dia 7 de Agosto Hama estava afogada em sangue. Um número de mortos incontável para a situação. Um gigantesto bombardeio caindo sobre a cidade. Canhões anti-aéreos instalados nas montanhas que cercam o vale de Hama fizeram chover ódio e destruição sobre o povo da Síria. Mais de 60 tanques adentraram em Hama no fim da madrugada vomitando projetis de diferentes calibres ao mesmo tempo. Milhares de pessoas ainda dentro de suas casas sentiram o mundo desabando sobre elas com explosões infernais e fogos vindo de todos os lados.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 2011 - 16h42min - Atualizado em 23 de Novembro de 2011 - 21:19

Em uma semana pelo menos 450 pessoas morreram. Um morador que atuava como voluntário no transporte de corpos descreveu esta situação, dizendo que até o momento em que ele conseguiu permanecer em Hama, 350 pessoas estavam mortas e muitas delas estavam sendo enterradas nos quintais e nas praças públicas.

Este cenário caótico e gratuito provocou ira nas p…

Arábia Saudita demonstra falta de paciência com a Síria.

Arábia Saudita demonstra falta de paciência com a Síria. Por Saulo Valley e fontes - Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 2011 - 13h43min. 
Atualização: 14h15min.

Fontes confirmaram a existência de campos minados instalados recentemente nas divisas entre Síria e Jordânia, a exemplo de Israel que outras fontes sírias citaram como instalando minas terrestres nas divisas com a Síria.

O Rei Abdullah bin Abdul Aziz tomou uma posição firme contra o regime sírio e de acordo com o site "asharq-e" o monarca decidiu-se publicamente pelo povo da Síria e o site fala sobre sua mudança de postura com a Síria depois de anos relevando seus insultos e abusos.

O site ainda se lembra das muitas vezes que o Rei Abdulah decidiu acolher o presidente Bashar Al-Assad quando mesmo assim, ele agia e falava contra a Arábia Saudita. A lista de ações grosseiras e crimes é grande. É praticamente a história do governo de Al-Assad.

Analistas internacionais destacam que o mundo árabe se mostrava alheio aos acontec…

Síria: Inteligência em caçada por palestinos. 35 mortos em Latakya e Homs

Em Lattakia, na região de Areia do Sul foram queimados 3 corpos de manifestantes em praça pública (praça da Liberdade) no momento em que a população buscava se organizar para uma nova marcha de protestos contra o regime. A ação tinha o propósito de servir como exemplo e intimidar os manifestantes.

Confirmado por moradores a marca de 35 mortos em Latakya e Homs nesta Terça dia 16. E o dia começou com um pesado ataque aos acampamentos de palestinos. Portas sendo arrombadas e inteligência procurando refugiados por com uma lista de nomes.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 2011 - 05h56min.
Atualização: 08h42min (Brasília)
Um extermínio sem propósito aparente, se não for político ou racial.
O mundo inteiro quer saber: Aonde Al-Assad pretende chegar? Uma prática muito corriqueira tem sido a prática de "tiro-ao-alvo". A brincadeira macabra tem sido praticada pelos franco-atiradores e qualquer soldado armado do regime. Eles estão simplesmente matando somo que se foss…

Assad quer destruir a honra e o orgulho do povo que ele não mereceu liderar.

A história de fracasso na relação entre o seu presidente e o povo não é recente. Em 41 anos de poder da família Assad, nenhuma lembrança boa tem saltado do boca das pessoas mais antigas. Nada além de opressão, sangue e morte. Destinado a manter o país subjugado pra que seus interesses fossem protegidos ao extremo, os Assads criaram uma ordem familiar de assassinos e sangrentos predadores. O abuso do seu poderio militar contra o povo nunca foi diferente do que é agora. O único destaque está na forma que o povo sírio está recebendo este comportamento agora.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 16 de Agosto de 2011 - 14h50min. Atualização - 15:49min

Mas os tempo mudam, quando o povo vê seus limites sendo traspassados milhares de vezes e seu orgulho atropelado por forças militares que sempre foram vizinhas de suas casas e de suas fronteiras.

O site "fbm-jo" conta a marcante história do povo sírio representada por uma família síria que vivia em Latakya até poucos dias atrás. Ele t…

Síria: Limpeza étnica em Latakya por Bashar Al-Assad. 5 Caças sobrevoam Horan.

Estudos estratégicos das ações de Al Assad feito por intelectuais da revolução comprovam que as atividades atuais em Latakya são baseadas na varredura da cidade que é de maioria sunita. A exemplo de Aleppo, Assad vem substituindo as lideranças dos governos locais e expulsando os palestinos e sírios.




Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 16 de Agosto de 2011 - 06h34min.
Atualização: 08h18min.
Outra fonte informou que perto da fronteira com o Iraque, jovens das tribos locais se uniram ao exército livre e reagiram contra o assombroso bombardeio sírio, deixando 14 soldados sírios e 7 guardas "Cbihh" das forças de segurança mortos.

De acordo com a Revolução Síria, o aumento da pressão e do grau de violência do regime sobre o povo sírio se dá pelo fato de que o regime tem buscado provocar uma reação armada por parte do povo.  As lideranças rebeldes estão realizando um grande esforço em conjunto para que não haja nenhuma reação armada sequer, apesar de já ter sido notada algumas vezes…

Síria: As estatísticas do genocídio até agora e atualizações - Saulo Valley

Uma equipe de profissionais da área de estatística está acompanhando toda a evolução da revolução popular contra o regime autoritário e sangrento de Bashar al-Assad. De acordo com os levantamentos da equipe, os números já são assustadores, mas testemunhas oculares, ativistas dos direitos humanos e jornalistas confirmam que os índices estão subindo desesperadamente desde o início das comemorações do Ramadan.


ASSISTA: O pesado bombardeio em Latakya neste Domingo - 14-08-11


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 15 de Agosto de 2011 - 11h57min.

A equipe de Estatística da Revolução apresentou hoje o seguinte relatório:

Revolution Statistics*


Civis sírios mortos: 2,096
Total de sírios mortos: 2,486

Soldados mortos: 390

Total de desaparecidos: 3,000

Proibidos de viajar: 650
Manifestantes torturados: 53
Manifestantes presos: Cerca de 15,000

Refugiados na Turquia: 10,227
Refugiados no Líbano: 2,300
Total de refugiados sírios desde 15-03: Cerca de 12,577

*Estes são os número da impunidade e do ex…

Síria: Extermínio agora faz uso de navios de guerra para apoiar os tanques.

Em Latakya uma nova arma de guerra foi inserida para acelerar o extermínio da população: Barcos da Marinha equipados com canhões e metralhadoras e lançadores de foguetes com o objetivo de dizimar a população por meio do bombardeio. O povo que desde Março protesta contra a corrupção, ditadura sangrenta e as milhares de milhares de mortes de civis desde o início do regime comandado pelo cartel da família Assad.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 15 de Agosto de 2011 - 06h53min. Atualização: 08h27min.

Após uma gigante pressão internacional, ainda com a informação de que Obama teria dado 15 dias de prazo para que forças militares sejam recolhidas, há infomações seguras de que Assad intensificou o extermínio da população em todas as regiões rebeldes para matar o maior número possível de oposicionistas até que se aproxime o prazo de 15 dias para que numa nova tentativa de negociação diplomática, Assad consiga abrandar o furor internacional, recolhendo assim, suas tropas e tanques que nos …

Síria: Latakya sofre o pior bombardeio. Marinha se prepara para atacar.

Testemunhas oculares e em contato com ativistas locais disseram que nesta noite em Latakya tem acontecido o segundo mais pesado bombardeio sobre uma cidade síria desde o início dos protestos em Março. Segundo as testemunhas, apenas o bombardeio em Homs superou até o momento a intensa chuva de munição real lançada sobre a população e suas residências. Ainda em Latakya, a ponte que liga Al-Balad e Al-Raml Alfilastini região vizinha de al-Shaab Masbah foi incendiada para impedir tráfego.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 14 de Agosto de 2011 - 21h48min.

Fontes sírias disseram que uma fonte segura de Israel confirmou que o presidente Barack Obama enviou uma mensagem para o presidente sírio Bashar Al-Assad dizendo que o prazo para a retirada do exército das ruas é de 15 dias. A mesma fonte afirma que aSíria enviou 3 batalhões de tanques e 1 companhia de artilharia da 3ª Divisão para fechar o cerco sobre os manifestantes em Hama e Homs. Ele informou ainda que outra di…