domingo, julho 31, 2011

Síria: Massacre relatado em Homs e Hama. 95 mortos em Hama até agora 31-07-11 - 10h31min Brasília.


De acordo com a agência de notícias AFP, cerca de 95 pessoas foram mortas só na manhã de hoje em pesado ataque contra os manifestantes na cidade de Hama.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 31 de Julho de 2011 - 10h47min.

A revolução síria ainda alerta para o mesmo acontecendo em Homs. De acordo com ativistas dos Direitos Humanos, há mortes por  todas partes da Síria. De acordo com o grupo palestino de apoio à revolução árabe, nas primeiras 5 horas do dia 123 pessoas foram assassinadas hoje.

De acordo com o Partido Democrático da Renassença, que nasceu na Revolução, que disse que tanques do exército entraram na cidade em uma violenta campanha atirando contra os manifestantes e forças de segurança chegaram lançando granadas de mão.

De imediato 95 pessoas foram mortas mas há relato de centenas de feridos. Quem confirma a notícia é a Organização Nacional dos Direitos Humanos da Síria.

Um verdadeiro campo de batalhas sem um único adversário armado.


De acordo com o site de notícias Euronews da Itália, os tanques entraram na cidade de Hama atirando para todas as direções, destruindo as barricadas armadas pelos manifestantes para impedir o progresso das forças de segurança.


Eu, particularmente assisti um vídeo gravado à pouco em que um manifestante teve a cabeça completamente estourada por um tiro de calibre no mínimo "ponto 30", a munição para derrubar helicópteros.

Mais um lote de deserção foi registrado nesta madrugada. Eles vão lutar pelos manifestantes.

Video: Pesado combate em Beghazi acontecendo agora. Uso de mísseis relatado.

"Batalhas na cidade de Benghazi, especificamente na área mais espaçosa neste vídeo o uso de mísseis e anti-aéreo na mesma área." - Revolução da Líbia

lembrando que a maioria destes guerreiros são civis armados e muitos deles foram treinados no início da revolução pelo Herói Mártir Major General Abdel Fattar Youne morto há dois dias.

Por Saulo Valley - 31 de Julho de 2011 - 10h05min.


Rebeldes tomam Brega industrial e esperam achar Anton Hammerl morto em 05-04-11

Anton Hammerl - Cortesia:
"Free-photographer-Anton-Hammerl"
As notícias sobre a situação do fotógrafo sul-africano Anton Hammerl só foi divulgada seis semanas depois de sua morte. Segundo testemunhas oculares em entrevista à BBC, eles assistiram ao exato momento em que Hammerl foi morto, no dia 05 de Abril, que segundo contaram, os seus ferimentos eram tantos que seria humanamente impossível que tivesse sobrevivido.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 30 de Julho de 2011 - 19h29min. Atualizado 31-05-11 as 09h11min.


"Todas as imagens foram gentilmente cedidas
pela família Hammerl da página oficial da campanha:
Free-photographer-Anton-Hammerl"

A agência BBC da África noticiou a morte do fotógrafo no dia 20 de  Maio deste ano. A agência contou que as testemunhas oculares disseram que a região onde ele foi morto era extremamente remota de Brega industrial, e foi executado no momento em que um grupo de repórteres foi surpreendido por forças pró-Kadafi, quando estava indo para o front fazer a cobertura da batalha.

A divulgação da notícia foi feita diretamente por seus familiares às agências de notícias, na época e até então eles não tinham mais notícias de Anton Hammerl.

De acordo com o depoimento de familiares do fotógrafo à BBC, o governo da Líbia garantiu que Hammerl estava vivo, mas os repórteres que estavam no local testemunharam a sua morte.

A BBC citou o depoimento de um repórter que disse:
"O sr. Foley disse que Tudo aconteceu em uma fração de segundo", ele foi citado pela GlobalPost como dizendo. "Pensávamos que estávamos no meio do fogo cruzado. Mas, finalmente, percebemos que eles estavam atirando em nós. Você podia ver e ouvir as balas batendo no chão perto de nós."
Um dos jornalistas disse que os quatro companheiros de profissão pularam no chão quando perceberam que estavam sendo alvejados, menos Hammerl que já havia sido atingido.

Este foi o último dia que foi visto. O governo da Líbia prometeu por diversas vezes que o fotógrafo seria libertado em poucos dias, mas os repórteres que conseguiram sair da Líbia contaram a verdade.

Esperança

Senhora Freda Hammerl colocando um
laço amarelo em sua casa, que representava
a campanha pela soltura de seu filho.


19h49min: Notícias ainda recentes de que a região industrial de Brega acabou de ser tomada pelos rebeldes. Com isto as esperanças de que o túmulo de Anton Hammerl seja encontrado cresceram  impressionantemente.


Como a batalha é recente estamos aguardando as informações chegarem do front com boas notícias em breve. 

Família e amigos

Em sua página no Facebook (Free-photographer-Anton-Hammerl), perto de 3000 parentes e amigos aguardam ansiosamente por notícias.

Anton Hammerl era sul-africano de pais austríacos e vivia no Reino Unido. Como a Líbia garantia que ele estava detido, milhares de pessoas investiram em campanhas pedindo a sua libertação, e nunca haviam sido informados oficialmente de sua morte.

Triste e decepcionados, parentes e amigos tentam entender porque haviam sido enganados durante tanto tempo...

Árvores marcadas
na porta de sua casa
na Rua Penny Street em
Londres.
A senhora Freda Hammerl disse na página oficial de Anton que estava decepcionada com a Líbia, porque a notícia da morte de seu filho só chegou por meio dos seus colegas de trabalho e não pelo governo.

Eles investiram tempo e dinheiro na campanha que a Líbia sabia que não valia de nada.

A foto ao lado é só um pequeno exemplo. Em todas as árvores, da rua Penny em Londres, portas, portões, antenas de rádios em automóveis e nas motocicletas haviam faixas amarelas que representavam um pedido para que Hammerl fosse solto da prisão, como a Líbia havia dito.
De acordo com a BBC africana ainda:
"O governo líbio tinha dito apenas na terça-feira que o Sr. Hammerl - um Sul Africano com os pais austríaco que viveu com sua esposa em Surbiton, sudoeste de Londres - seria libertado junto com os outros."
Da esquerda para direita - Jim, Clare, Manu, and Anton atacados
em Brega. Eles estavam detidos sob a acusação de entrar ilegalmente
na Líbia.
Acontece que "todos os outros" foram libertados e trouxeram a triste realidade para aquela família, coisa que o governo da Líbia já sabia e se omitiu.

sábado, julho 30, 2011

Japão: Terremoto 6,4 em Honshu, perto da costa da ilha.



Informação: Uma tempestade de notícias falsas confunde a mídia e os líbios.

Desde o início da revolução de 17 de Fevereiro, que Gaddafi tem se valido da estratégia de confundir o inimigo. Para isto, ele tem primeiramente confundido a mídia internacional. Como ele faz isto? 
Foto cortesia: "conversascartomanticas.blogspot.com"

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 30 de Julho de 2011 - 06h30min.
Atualização: 08h19min.

Primeira estratégia

Os países árabes em sua maioria possuem grande quantidade de agências de notícias que são controladas pela inteligência.

Por exemplo: A Síria tem a SANA e são poucos os sites de notícias do governo disfarçados em sites de notícias do cotidiano sírio, apesar que agentes da inteligência passam-se por pessoas comuns e varrem as páginas pessoais no Facebook e outras redes sociais. A Líbia tem inúmeros sites espalhados com o nome quase sempre assim: "Notícias da Líbia".

Não são notícias do povo da Líbia, são notícias manipuladas pelo governo da Líbia! As agências de notícias internacionais usam muitas destas páginas para se orientar e produzir um conteúdo com substanciais informações, mas acabam conflitando entre elas e é aí que a estratégia de GUERRA da Inteligência de Gaddafi funciona. É só analisar a se a cor que predomina no site é o verde... Outra forma de perceber a farsa, é quando site afirma veemente um fato que ninguém sabe ao certo, como um site de notícias que eu visitei, que dizia: "Abdel tinha uma relação secreta com Gaddafi".

Ninguém percebeu ainda que todas as vezes que Gaddafi percebe que está perdendo ele volta à televisão e confunde a mídia internacional? Sempre com uma mentira maior que a outra.

Lembram-se daquela: "Em 48 horas vamos esmagar os rebeldes" - Saif Al Slam disse e as autoridades internacionais imediatamente temeram uma arma de destruição em massa!  ...E quando as operações da NATO se iniciaram e Gaddafi bombardeava as casas do seu próprio povo dizendo que a NATO estava matando civis à fim de abalar a credibilidade do "no-fly-zone"?

Na maioria dos casos a mídia tradicional acreditou neles. O que é uma ingenuidade. O general Sun Tzu disse a 400 anos antes de cristo: "Toda guerra é baseada no engano".

Oposição líbia na diplomacia


Embaixada Líbia em Londres
Cortesia: "failing_angel"
Uma notícia invalida a outra e todos ficam confusos e a maioria desiste de acreditar e de se interessar pelo assunto.


Desde que Londres anunciou sua confiança na oposição, é que uma ebulição de mentiras começou a girar em torno da oposição, para justamente desacreditá-la, como única forma de impedir que os recursos de 149 Milhões de Libras Esterlinas cheguem às suas mãos e possam comprar novos equipamentos e suprimentos e aumente suas forças contra o regime!

Segunda estratégia

A história de luta do Major General Abdel Fattar Youni é emocionante. Ele defendeu os direitos do povo quando em 1969 Gaddafi liderou o levante para derrubar o opressor. É claro que muitos altos funcionários do regime de Gaddafi participaram de muitos momentos vergonhosos políticamente falando sobre os 48 anos de poder e corrupção do regime de Kadafi. O Major Abdel foi seu Ministro, o que acham que ele tinha que engolir?

Até então ninguém estava sobrevoando manifestantes com caças e lançando mísseis contra eles!

Foi neste momento que o sentimento de justiça e de humanidade dominou o medo de deixar todas as mordomias para trás e voltar-se para o lado mais humilde e sofrido.

Certamente Abdel olhou para dentro de si mesmo e disse: "Eu já fiz isto antes, porque acreditava num mundo melhor"...  E porque não lutar outra vez?

Pois é, desmerecer o herói de uma nação é uma estratégia de inteligência! Faze-lo parecer sujo e imperfeito para que as forças do povo sejam poucas e não encontre motivos que justifiquem um sacrifício.

Esta é uma estratégia para "abater o moral" do povo da Líbia!

Um herói ridicularizado deixa o povo desmotivado.
Cortesia : "Internews Network
A imprensa que vive só de especulação e de achismo, mergulha de cabeça no que ela considera "um furo de reportagem" e pode ser responsável por levar um povo bravo e vibrante ao fracasso e de volta à exílio!

Qual a garantia de que um telefone para ir a uma côrte torna uma pessoa corrupta?
Um soldado morto em plena guerra teria sido por um atrito interno?
Não há meios de infiltração? Não há inteligência por toda parte?
Não há pessoas pobres que aceitam trabalhar por qualquer dinheiro independente de quem esteja certo ou errado? O governo oferece altas quantias de dinheiro para quem matar o líder inimigo eu denunciar sua exata localização. Não aconteceu com Judas e Jesus? Isto não acontece o tempo todo?

Este é um dos lados da guerra!

Como se separa o joio do trigo? Quem tem este poder? Quem sabe se a própria pessoa que está separando o joio do trigo não é joio?

Determinação

Cada um sabe a que veio. Uns vieram para o mal e outros para o bem. Por mais que se esforcem não podem mudar esta realidade! Se você acredita que está lutando por aquilo que foi nascido, então lute! Fortaleça seu coração e agarre-se aos seus ideias!

O mundo precisa de mais democracia e de justiça e não de mais regimes e de mais opressão. O mundo não precisa de manipulação e nem de mentiras. Ambição e crueldade não podem ser a base de apoio para as futuras gerações e muito menos para o novo mundo globalizado.

sexta-feira, julho 29, 2011

Líbia: Major General Suleiman Mahmoud Obeidi é novo chefe militar rebelde

O Conselho de Transição da Líbia anunciou o novo líder militar da oposição ao regime de Kadafi. Seu nome: Major General Suleiman Mahmoud Obeidi.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 29 de Julho de 2011 - 19h16min.

No dia 22 de Fevereiro deste ano, 5 dias após o levante ter sido deflagrado na Líbia, o Major General Abdel Fattar Younis anunciou sua deserção diante das câmeras de televisão. Esta ação foi considerada determinante na tentativa de Kadafi de aplacar os protestos bombardeando os manifestantes por meio de caças da força aérea.

Tobrouks rebeldes - Cortesia de: "anticapitalistes"

No dia seguinte o Major General Suleiman Mahmoud Obeidi desertou também e passou para o lado dos rebeldes num momento em que as forças militares de Kadafi estavam esmagando centenas de civis e manifestantes que pediam o fim da corrupção do regime de Kadafi.

Não é por acaso que o Major Suleiman foi escolhido para dar continuidade à explêndida campanha que o Major Abdel vinha realizando. Filhos da mesma tribo "Tobrouk", os dois oficiais superiores lutaram juntos contra a força opressora do regime em defesa da população líbia.

Vídeo gravado em março, numa entrevista com o Major General Suleiman. Conheça o novo líder mais de perto (em inglês).


A história de poder das tribos da Líbia

A título de curiosidade o Coronel Kadafi é nascido de uma tribo que era de pouca influência na região chamada "Qadahfah". Após Gaddafi ter assumido o poder, a tribo ganhou força, mas para isto ela se uniu à Tribo Magariha.

 A maior tribo líbia chama-se "Walfalla". Gaddafi incitou a segunda maior tribo da Líbia a Tribo Magariha contra a população. O site "sandraoffthestrip" recorda que o terrorista de "Lockerbie" que matou 270 estudantes americanos em atentado com uma bomba, é da aldeia de Magariha. Seu nome: Abdel Basset Al- Megrehi.

O ex-ministro da Justiça de Gadafi, Mustafa Mohamed Abud Al Jeleil anunciou ter provas concretas de que Gaddafi havia ordenado pessoalmente o atentado de Lokerbie.

A escritora e pesquisadora de origem americana Sandra Gore Nielsen em seu site "sandraoffthestrip" atribui o crescimento da influência da tribo Magariha a este atentado, considerado um sucesso e comemorado amplamente pelo governo de forma pública. Esta atenta observadora está viajando pelo mundo há pelo menos 25 anos, tendo vivido grande parte deste tempo no oriente médio, o que torna suas análises bastante confiáveis, e com base nesta experiência é que ela conseguiu desentrelaçar e explicar as minúcias das relações de poder das tribos da Líbia.

As informações de Sandra é que durante o regime de Kadafi, o que o mantinha de pé, era o esforço bem sucedido de manter as tribos sempre em constante desentendimento. Segundo a escritora, a revolução do dia 17 de Fevereiro mostrou que os tempos haviam mudado, quando a maioria das tribos passaram para o lado rebelde.

Gaddafi antão se manteve com o apoio de sua tribo e a tribo Warfalla. O site em si, é um profundo passeio tribal pela Líbia e desvenda mistérios que a mídia nem imagina, por isto fica especulando, o que é muito feio.

Para conhecer os mistério da Líbia hoje, visite este importante site e eu, particularmente quero parabenizar a escritora e pesquisadora Sandra G. Nielsen pelo excelente e impecável trabalho.

Libya: The truths and the lies about the death of rebel leader Abdel Youni


By Saulo Valley - Rio de Janeiro, July 29, 2011 - 12:07.
http://saulovalley.blogspot.co​m/2011/07/libia-as-verdades-e-​as-mentiras-sobre.html

In recent days many speculations have been raised about the division of the opposition and now about the truth surrounding the death of Major General Abdel Fatta Younis. In order to help the Libyan revolution, I set out to disseminate information based on the testimony of the leaders of the revolution in Benghazi, remembering that I followed the Libyan revolution since the first day and just do a little search on this blog to find all the information historical clash that was peaceful and became armed. Lies about the division of the opposition: Statements by the leadership of the Revolution of February 17 Warning: speculation about the division of the opposition's strategies are " pro-Gaddafi intelligence . " The Speculation is the division of command between the leader Mustafa Abdul Jalil and former military leader Martyr Abdel Fatta Younis. The revolution which today stands at the time of Abdel Hero's funeral, his nephew spoke to the crowd confirming that the family of the martyr hero's journey will follow along with the leader Mustafa Abdul Jalil.

Lies about betrayal


There is speculation about the involvement of Major General in cases of corruption and that he had been arrested on Wednesday at his home at night - said the Libyan intelligence is all a Lie .


A breach of confidentiality of Major Abdel phone reveals that at nine o'clock morning he was at home.

information that he had probably been "summoned" or "subpoenaed" to testify at being accused of crimes or corruption .... The Revolution of Libya said that "there is no such trial." They reported that somehow found the phone contact with Major General Abdel contacted him and was a presiding judge military crimes court that among the rebels. This was denounced as a strategy to remove him from his safety zone. The phone call came at 10:00. At 10:30 (local time) he made a call to warn his family that he had been called to go to Benghazi. Research believes that someone had an appointment with him at the gate in front of the brigade and will probably follow in another vehicle to the location where it was found: Wadi Qattara. This meeting place was intentional, to give the impression of something forged in the military sphere, denouncing the Revolution . It is true that many pro-Gaddafi deserted and joined the rebels and revolution thanks to God for it, demystifying the excuse that the rebels were betraying the revolution.

BREAKING NEWS Formado o Comando Rebelde Militar que defenderá o povo sírio.

No dia 18 de Julho, como mostra o vídeo abaixo, 4 tripulações de tanques do exército e mais de 100 militares haviam debandado e passado para o lado da população. Segundo a informação obtida na época, eles estariam inicialmente se organizando para mais tarde lutarem contra o exército da síria e as forças de segurança do país.




Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 29 de Julho de 2011 - 15h04min.

A grande notícia do dia está por conta de uma informação que já passei aqui em outra postagem de que os soldados dissidentes  do exército sírio estavam se organizando para proteger o povo sírio.

Este dia é chegado!



In solidarity with Syria - Cortesia de "Maggie Osama

"AS FORÇAS DE ASSAD SÃO CONSIDERADAS ALVOS LEGÍTIMOS"

Hoje foi divulgado um vídeo em que 7 oficiais anunciaram a responsabilidade militar sobre os dissidentes militares que lutarão contra as forças de segurança do regime sírio. Denominado de "Exército Sírio Livre", eles se organizaram para impedir a continuidade dos massacres de civis no país. Imediatamente a população comemorou.

O comando divulgou um convide e um pedido para que os soldados e sargentos deixem as forças pró-Assad e se unam ao Exército livre "para formar um exército sírio capaz de proteger a revolução e todos os componentes da sociedade da Síria" disse o site árabe "Arabsnews".

A mensagem diz ainda que todos as forças militares que estão atacando civis no país, serão caçadas sem excessão, em qualquer parte da Síria!


Líbia: As verdades e as mentiras sobre a morte do Líder rebelde Abdel Youni

O momento da "Breaking News" é sempre muito perigoso. Informações divulgadas no exato momento do acontecimento nem sempre são vantajosas, salvo se a fonte se limita a divulgar somente o essencial e o que tiver de mais sólido na informação.


Video: Sheikh Jaber Salem discursa em cerimônia de funeral do 
Herói Mártir Major General Abdel Fattar Youni


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 29 de Julho de 2011 - 12h07min.

Nos últimos dias muitas especulações têm sido levantadas quanto a divisão da oposição e agora sobre a verdade em torno da morte do Major General Abdel Fattar Youni. Como forma de ajudar a revolução da Líbia, me propus a divulgar as informações com base nos depoimentos dos líderes da revolução em Benghazi, lembrando que eu acompanhei a revolução líbia desde o primeiro dia e basta fazer uma pequena busca neste blog para encontrar todas as informações históricas do embate que era pacífico e tornou-se armado.


Mentiras sobre a divisão da oposição:

Declarações do própria liderança da Revolução de 17 de Fevereiro avisam: As especulações em torno da divisão da oposição são estratégias da "inteligência pró-Kadafi".

A especulação da divisão do comando está entre o líder Mustafa Abdul Jalil e o ex-líder militar Mártir Abdel Fattar Youni. A revolução destaca que hoje, no momento do velório do Herói Abdel, o seu sobrinho discursou para a multidão confirmando que a família do Herói mártir vai seguir a jornada juntamente com o líder Mustafá Abdul Jalil.

Rebeldes unidos contra Kadafi - Cortesia: "BRQ Network"
Mentiras sobre traição


Há especulações sobre o envolvimento do Major General em casos de corrupção e por isto ele teria sido preso na quarta-feira em sua casa à noite - Disse a inteligência da Líbia. Mentira 


A quebra do sigilo telefônico do Major Abdel revela que às nove horas da manhã ele estava em casa.

Informações de que ele provavelmente havia sido "convocado" ou "intimado" a prestar depoimentos por estar sendo acusado por crimes ou corrupção....

A revolução da Líbia respondeu que "Não existe este julgamento". Eles informaram que de alguma forma, descobriram o telefone de contato direto com o Major General Abdel e contactaram para ele fosse presidir uma corte que julgaria crimes militares entre os rebeldes. Isto foi denunciado como uma estratégia para retirá-lo de sua área de segurança. A chamada telefônica aconteceu às 10h00.


Às 10h30min (hora local) ele fez uma ligação para avisar para sua família de que havia sido chamado para ir até Benghazi. A investigação acredita que alguém havia marcado um encontro com ele no portão na frente da Brigada e que provavelmente seguiriam em outro veículo até o local onde foi encontrado: Wadi Qattara. Este ponto de encontro era intencional, para dar a impressão de algo forjado dentro do ambito militar, denuncia a Revolução.

É bem verdade que muitos pró-Kadafi desertaram e se juntaram aos rebeldes e a revolução agradece a Deus por isto, desmistificando a desculpa de que os rebeldes estariam traindo a própria revolução.

De acordo com investigações há suspeitas sim, de que a morte do Major Abdel tenha sido causada por pessoas ligadas a uma das tribos em Benghazi, já que o acesso de fora para dentro é praticamente inviável, analisa a revolução. Mas as investigações ainda continuam...

É confirmado o fato de que a vítima fora ferida à balas e depois queimada.

Embaixada líbia na Alemanha
Fonte: Wikipédia
Diplomacia

Há duas horas atrás foi informado de que a Alemanha pediu formalmente à oposição da Líbia para iniciar uma relação diplomática com o país, enviando também um representante para ocupar uma embaixada da Líbia em solo Alemão.

Prisão em massa


Um grupo de 70 ou 80  partidários de Kadafi foram atacados por forças revolucionárias em Benghazi, após o discurso de Shakeer que fazia uma chamada para a fala de Kadafi na TV Estatal.

Os rebeldes informaram que 60 deles foram presos. Mas há informações não verdadeiras de que 180 foram presos e a revolução nega este último número.. 

quinta-feira, julho 28, 2011

BREAKING NEWS: Morto General major Abdel Fattar Younis por forças pró-kadafi

General Major Abdel Fattar Younis - Fonte: Revolução Líbia
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Julho de 2011 - 19h45min.

O líder da revolução líbia, o General Major Abdel Fattar Younis morreu hoje ao sofrer um ataque das forças Pró-Kadafi. A notícia é muito recente e ainda não há detalhes.


A confirmação é que há menos de uma hora foi criada uma página no facebook em homenagem ao grande líder revolucionário e a página que foi apresentada pela página oficial da revolução líbia no facebook tem o seguinte título: "Todos nós somos  mártires Abdul Fattah Younis".


Criada ha cerca de uma hora a página já tem pelo menos 2000 fans e simpatizantes conectados.

De acordo com a página de memórias e mídia oficial da Revolução da Líbia, o líder  Mustafa Abdul Jalil reuniu-se com o conselho há uma hora para discutir foi decreto de luto de 3 dias em honra ao maior dos heróis da Revolução de 17 de Fevereiro.

As poucas informações que tenho são diretas da Líbia e ainda está sendo aguardado o pronunciamento oficial do Conselho de Transição da Líbia.

Atualização 29-07 as 07h52min: O site de notícias RT (Rússia Today) disse que no momento da morte do Líder do estado maior das forças rebeldes, ficaram feridos ainda o Coronel Muhammad Khamis and Nasir al-Madhku.

Líbia: Pensador de 70 anos é nomeado embaixador da Nova Líbia em Londres

Mahmoud Nakua, seria um "velho lobo do mar". Um escritor e pensador de 70 anos que desde os anos oitenta milita ativamente pelas mudanças e mais claramente pela revolução da Líbia.


Momento do anúncio do reconhecimento da oposição líbia
Snapshot do video dos arquivos da Revolução líbia de 17 de Fevereiro.
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Julho de 2011 - 17h59min.

O ministério das relações exteriores britânico aceitou a nomeação de Mahmoud Nakua para a "retomada das relações diplomáticas" entre os dois países.

De acordo com o site árabe "alittihad" O conselho Nacional de Transição da oposição líbia explicou a indicação do pensador: "Ele viveu 32 anos em exílio e milita em favor da revolução desde os anos oitenta do século passado"

Mahmoud Nakua
Com poucas palavras, o Conselho de transição divulgou a fala do sábio recém nomeado embaixador que disse:
"Eu tenho 70 anos agora .. E tudo que eu quero é servir aos estudantes no Reino Unido  que merecem todos os prêmios e que foram privados e eu não quero que façam nada, mas se concentrar-se em seus estudos."

O site "alittihad" também conta que não são mais anunciados 91 milhões em processo de desbloqueio para ajudar a oposição, mas 149 Milhões de Libras Esterlinas em ativos de petróleo do Golfo.

De acordo com o site, os recursos serão enviados para ajuda humanitária e civil, além de atender a necessidades emergenciais.

O site lembra que a oposição líbia já enviou um pedido para que uma embaixada seja aberta nos Estados Unidos da América e o presidente Barak Obama já se mostrou bastante disposto a ajudar. Segundo a fonte, os novos diplomatas da Nova Líbia estão em processo de instrução para que tudo aconteça dentro dos meios legais.

18h45min. Há informações recentes de explosões que foram ouvidas há cerca de meia-hora em Trípoli, próximo ao prédio da Inteligência. - Informou a revolução da líbia.

Chipre: Presidente pede a demissão dos 11 ministros.

Presidente Demetris em coletiva - Cortesia: "Titem"
A pressão popular e política que o então presidente cipriota Demetris Christofias vem sofrendo depois que um depósito de munição iraniana explodiu, deixando 13 mortos e a ilha em situação perigosa, a ponto de precisar pedir ajuda à União Européia, levou a pedir a demissão dos 11 ministros em uma sessão do gabinete.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Julho de 2011 - 11h32min. Atualizado as 11h51min.

De acordo com a fonte "Youm7", o governo prometeu que as mudanças no governo serão amplas e em poucos dias anunciará as primeiras mudanças. Os cargos ficarão vagos até que novo gabinete seja anunciado.

Kadafi condena Grã-bretanha que reconhece oposição e expulsa diplomatas líbios.

Ontem pela manhã, o ministro das relações exteriores Willian Hague anunciou o reconhecimento oficial da oposição (Conselho Nacional de Transição para o povo líbio) como um governo provisório. Automaticamente, a Grã-bretanha deixou de reconhecer a legitimidade dos diplomatas líbios que estavam no país a serviço do regime de Muammar Kadafi. Imediatamente foram enviados de volta para a Líbia.


Hague - Foto cortesia de: "John Puddephatt"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Julho de 2011 - 09h18min.


... e em seguida Londres convidou representantes do Conselho provisório para irem à Londres para iniciar uma relação diplomática. Citando a Reuters Arabic que divulgou a fala do ministro em coletiva:
"Apelamos ao Conselho de Transição de nomear um enviado diplomático da Embaixada da Líbia nova Líbia em Londres."
A Líbia por sua vez descreveu a atitude da Grã-Bretanha como "irresponsável e ilegal", que segundo a Aljazeera Árabe, o governo de Kadafi avisou que vai tomar as providências necessárias para levar a situação às autoridades internacionais e ao Reino Unido como uma violação das leis internacionais e britânicas.

Foto cortesia: "BRQ Network"
Mas citando ainda a Aljazeera que destacou a explicação de Hague sobre o reconhecimento do Conselho de  Transitório como sendo "único e legítimo do povo da Líbia".

A pressão ficou ainda maior contra Kadafi depois do anúncio de que os 91 Milhões de Libras esterlinas correspondentes a ativos de petróleo do Golfo Pérsico bloqueados na Grã-Bretanha, serão desbloqueados para ajudar a oposição líbia.

terça-feira, julho 26, 2011

Síria anuncia aprovação de projeto de lei sobre eleições gerais.

Depois de aprovar lei que permite a criação de partidos, o governo da Síria aprovou há pouco um pacote de leis que permitem as eleições gerais, legislativas e a garantia da segurança para as comunidades locais como parte do pacote de reformas anunciado por Assad e exigido pela comunidade internacional.


Video gravado hoje mostra a chegada de reforço de tanques em Zabadani.



Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 26 de Julho de 2011 - 20h55min.
Atualização: 21h25min.

Citando o site árabe "elaph", como dizendo que a notícia foi dada pela agência do governo sírio "SANA", que  o Conselho de Ministros aprovou a finalização do conjunto de leis que fazem parte do um pacote chamado "Reformas Políticas".

Segundo o site "elaph":
O conjunto de leis aprovado "visam regulamentar a eleição dos membros do parlamento e membros dos conselhos locais e garantir a integridade do processo eleitoral e os candidatos de direita no poder."
O site "aawsat" citou a agência SANA também para informar que o presidente do Iraque Jalal Talabani enviou ontem uma carta endereçada a Bashar Al Assad expressando seu apoio às reformas políticas na Síria.

Enquanto que lá fora, a Comitê de Coordenação Local da Síria para a revolução denuncia uma nova estratégia do regime sírio: Assassinar os líderes de grupos de manifestantes locais.

Agências de notícias do mundo inteiro mostram-se alarmadas com a marcha do exército sírio para a cidade de Zabadani.

O site "Aleqt" publicou uma matéria intitulada: "Uma feroz campanha de detenções na Síria .. Alemanha quer abrir uma linha direta com a oposição". Ainda o site fala sobre a angústia que o país tem vivido com a prisão absurda e prolongada de crianças.


As prisões aleatórias continuam e ainda hoje há informações da morte de 3 pessoas, executadas por forças de segurança, incluindo um soldado do exército, uma mulher que passava de moto com seu marido e o filho num posto de verificação.

Video de entrevista ao vivo no Tele-jornal da Aljazeera:

"Reconhecimento oficial que 700 recrutas foram executados pelo regime de Assad."

Egito: Saiu o relatório oficial sobre o estado de Mubarak.

O ministro adjunto da Saúde, Dr. Abdul Hamid Abaza falou hoje sobre a notícia da morte clínica do ex-presidente Hosni Mubarak, que percorreu o mundo no dia de ontem como um boato que havia partido de uma fonte médica para a população local de Sharm El Sheik, chegando até a grande mídia.

Foto cortesia de: "Muhammad Ghafari"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 26 de Julho de 2011 - 19h07min.

O Dr. Hamid negou que Mubarak tenha sofrido de morte clínica. Ele acrescentou que o estado de saúde do ex-presidente "está estável" e que o boato não era "infundado de tudo".

De acordo com o site árabe de notícias "alittihad.ae", o diretor do hospital Sharm El Sheik Dr. Mohamed Fathallah confirmou que Mubarak tem se negado a se alimentar por completo. Consumindo apenas sucos e outros líquidos. Segundo informa a fonte, Hosni sofre de fraqueza aguda, obesidade e fadiga.

Citado pelo site ainda o vice-diretor do hospital Dr. Assem Azzam que afirmou que o paciente tem sofrido de  uma "depressão grave" mas que seu estado agora é descrito como "semi-estável".

Gamal Mubarak - Foto cortesia de: "Muhammad Ghafari"
Segundo o site "alittihad.ae" a equipe médica irá decidir "nas próximas horas" se adotam um outro meio de alimentar o ex-presidente, que de acordo com a informação apresentada, a alimentação atual tem sido insuficiente para mantê-lo em boa recuperação. Foi citado que a pressão de Mubarak hoje baixou de 110 para 70.

Enquanto a oposição expressa preocupação com medo de uma possível anulação do julgamento, há grande especulação sobre o local, data e hora para o julgamento de Mubarak, seus 2 filhos Alaa e Gamal, e outros 7 altos funcionários do antigo governo egípcio. Há um ar de mistério e a justiça parece não ter pressa para anunciar estes detalhes.

segunda-feira, julho 25, 2011

EGITO: Mubarak pode estar clinicamente morto há algumas horas.

A notícia da morte clínica do ex-presidente Hosni Mubarak, tem sido alimentada por vários dias, apesar do diretor do hospital ter negado no dia 18 de Julho. Este boato atualizado indica que Mubarak tenha passado para o estado de morte clínica após sua transferência para a UTI no hospital Sharm Al Sheik neste Domingo.

Cartoon cortesia: "DonkeyHotey"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Julho de 2011 - 08h04min.

O site "aldiyaronline" publicou partes de uma nota com a seguinte informação:

"Um boato se espalhou pelo últimas horas, a preencher Sharm el-Sheikh, que o presidente depôsto Hosni Mubarak foi transferido para a UTI e morreu clinicamente."

Enquanto a notícia da morte de Mubarak se espalha ainda sem confirmação das autoridades médicas ou políticas, que não negam nem confirmam, os preparativos para o seu julgamento em South Sinai continuam e está previsto para o dia 03 de Agosto. No local do julgamento, um forte cerco de segurança está sendo montado e ninguém fala sobre esta polêmica.

É sabido que a equipe de Mubarak está tentando impedir a sua transferência para o complexo penitênciário de Tora.

De acordo com o site "bab" de notícias, o boato da morte de Mubarak se inciou por um vazamento por uma fonte médica do hospital Sharm El Sheik para a população local.

Um jornal local chamado "News", citado pelo site "Bab" que disse que Hosni Mubarak tem se recusado a fazer a fisioterapia e que apresenta fortes sintomas de colápso psicológico, chegando a rejeitar a se alimentar.

Lá fora a oposição se mantém irritada suspeitando que uma grande manobra está sendo preparada para o arquivamento do julgamento do ex-presidente, apesar de que o esquema de segurança no hospital foi reforçado, inclusive com guardas no pátio, contou o "Bab".

sexta-feira, julho 22, 2011

Síria: Mais uma sexta-feira de massacres se inicia. Um ciclo vicioso até quando?

Todas as sexta-feiras o povo vai às mesquitas para fazer suas orações. Com a imposição do toque de recolher em quase todo o país, esta é praticamente a única forma em que as pessoas se encontram. À partir da mesquita, no fim das orações, o povo sai para as manifestações. Com a intenção de silenciar o povo, as forças do exército têm cercado as mesquitas antes das orações começarem.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 22 de Julho de 2011 - 07h20min.

Hoje o dia começou com uma nova regra anunciada pelas forças de segurança: Toque de recolher é para todos abaixo dos 50 anos. Nem mesmo é permitido ir às mesquitas, sob pena de morte. Execussão sumária.

Outra nova estratégia do regime é começar a intimidar a população de sair às ruas já na quinta-feira.  Desta forma, Assad espera reduzir o fluxo de manifestantes. Esta ação explica a violência do dia de ontem em Homs, quando os tanques do exército foram utilizados para apavorar a população. Eles atiravam incessantemente contra as construções residenciais e mesquitas.


Quem assiste a este vídeo imagina que milhares de pessoas estão trocando tiro com o exército...


Mas a realidade é que suas casas estão sendo destruídas e elas estão lá dentro, ou famílias inteiras fugiram para os campos e estão completamente desabrigados no meio do mato.



Enquanto as forças do exército estão destruindo as cidades, as pessoas estão nos campos enterrando seus mortos...


quinta-feira, julho 21, 2011

Mundo Árabe: Prejuízos na atual crise mundial deixa rastro de 2,5 Trilhões.

Especialistas no mundo inteiro dizem que seriam necessário 200 bilhões de dólares para erradicar a fome no planeta. Uns trocados em comparação com a crise mundial que se instaurou desde 2008 e vem se modificando de tempos em tempos.

Foto cortesia: "Roshnii Rose"
Por Saulo Valley, Rio de Janeiro, 21 de Julho de 2011 - 15h36min.

Comunidade árabe calcula que os prejuízos causados por esta intermitente crise já ultrapassou a casa dos 2,5 Trilhões de dólares.

Quem afirma é o Secretário-Geral do Conselho da Unidade Económica Árabe, o embaixador Mohamed que em uma entrevista no Cairo apresentou estes impressionantes números, disse "Aleqt".

Para ele, as revoluções nos países árabes são responsáveis pela instabilidade e os déficits orçamentários no Egito, Tunísia, Iémen, Síria e Líbia.

Ainda citando a "Aleqt" como fonte, ele disse que o Conselho está em "intensos esforços" para oferecer ajuda aos estados árabes focando na necessidade do retorno da estabilidade na região.

Teremoto de quarta no Kirgystão deixou 13 mortos diz governo.

Saulo Valley - Rio de Janeiro, 21 de Julho de 2011 - 15h04min.

O terremoto de categoria 6,2 que atingiu a região no dia 19 (quarta), deixou pelo menos 13 mortos. A informação foi divulgada pelo Ministério de Emergência do Uzbequistão em um comunicado colocado no site oficial e publicado pela agência Reuters Arabic hoje.

De acordo com a agência, os primeiros resultados da investigação revelam que as mortes foram causadas pelo "colapso das residências".

Video: Violento ataque do exército contra os sírios - Espantoso

A cidade de Homs amanheceu cercada. Nos bairros e nas aldeias a violência é grotesca. Milhares de pessoas deixaram suas casas e fugiram para o meio do nada. Estão dormindo nas montanhas ao relento, sem comida e água. Na cidade os ataques contra manifestantes e qualquer pessoa que ouse sair na rua é absurdo!
Apenas assistindo estas imagens se pode ter uma resumida noção do que a cidade está vivendo desde o início da manhã.  







]



Fogo de artilharia anti-aérea contra casa e transeuntes. Tanques atuam para aniquilar a população local, enquanto que em todo o país, uma greve geral foi decretada em solidariedade aos habitantes de Homs


Leia mais:

quarta-feira, julho 20, 2011

Síria: Toque de recolher até para diplomatas? Só falta o cerco das embaixadas!

Algumas pessoas não conseguem esconder suas verdadeiras identidades. Por mais que falem, acabam fazendo exatamente o contrário, e isto (em muitos dos casos) acontece de forma pública, aos olhos de todos! Estas pessoas, como o presidente Sírio Bashar Al-Assad, não fazem o menor esforço para lutar contra suas próprias naturezas.


Manifestação silenciosa contra massacre na Síria na embaixada americana
Foto gentilmente cedida pela Amnesty International USA
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 20 de Julho de 2011 - 19h09min.

Manifestação silenciosa contra massacre
na Síria na embaixada americana
Foto gentilmente cedida pela
 Amnesty International USA
O segredo é tudo. Afinal expor todo o lado mau de uma vez, é complicado, então escolha de Assad é manter uma boa aparência enquanto se tranca em seu submundo sub-humano de tratamento com as pessoas que lhe dizem "não concordo".

Ele está tão aprofundado no que faz no dia-a-dia que quando volta-se para o lado público, está com as mãos e a boca cheias de sangue e aquela expressão de ódio mortal.

Na hora de se relacionar com um diplomata, ele fala macio. Bem baixinho. Quase imperceptível e quando estende as mãos para cumprimentar alguém, se esquece de esconder as unhas compridas e sujas de terra e sangue. Fio de cabelos de escalpos de manifestantes podem ser encontrados fácilmente por debaixo de suas unhas...

Então vem o "uso da força do hábito": Para Diplomatas que desobedecem ao toque de recolher:

Opção 1:

Serviço secreto arromba a entrada da embaixada, espanca, prende, funcionários, tortura exigindo informações de seu interesse e retira-lhe seus pertences valiosos. Prende, fere e executa depois. Instala pontos de controle nos arredores para ter certeza de que ninguém enviado de seu país de origem terá acesso às instalações.

Opção 2

Tanques do exército cercam a embaixada, governo corta o fornecimento de energia elétrica, comida, água, serviços de telefonia fixa e móvel, internet e satélite. Snipers ficam sobre os telhados com ordens de atirar para matar o primeiro diplomata que ousar pisar fora da embaixada.

Opção 3

Tendo executado a opção 2, agentes do serviço secreto se infiltram na embaixada, e se passando por funcionários de outras embaixadas, atiram aleatóriamente, para dar a impressão de que foram atacados por outros aliados da Síria para criar um conflito internacional e ninguém culpar a Síria de atacar uma embaixada.

Não há como esconder um lobo em pele de ovelha. Ele nem consegue berrar... Ok a falsa ovelha pode ser muda, mas já pensou no tamanho das fezes que ela faria?

Índia: Encontrada reserva natural de Urânio que pode ser a maior do mundo.

Casamento nuclear


Índia descobre uma gigantesca reserva de Urânio em seu território, que segundo especula-se pode ser a maior reserva natural já encontrada no planeta.

Foto cortesia: "Satrajit Basu
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 20 de Julho de 2011 - 08h38min.

O ministério da Energia indiano comemorou a descoberta que chegou em um momento em que a Índia precisa de novas fontes de energia para alimentar o constante crescimento do país.

Gráfico das atividades nucleares na Índia até hoje - Fonte: "world-nuclear"
O ministro Srikumar Banerjee disse que resultado das pesquisas realizadas em 4 anos indicam a existência de pelo menos 150.000 toneladas de Urânio no depósito. Ele garantiu que 49.000 toneladas são confirmadas e que se as suspeitas da existência de 3 vezes mais forem confirmadas, será definitivamente o maior depósito natural de Urânio puro do planeta!

De acordo com "Aleqt", as primeiras perfurações devem começar antes do final de 2011.

Há ainda a especulação sobre a qualidade do Urânio, que até agora não foi encontrado na Índia um depósito com a qualidade comparada com o Urânio australiano, exemplificou o minstério de Energia Atômica à "AFP", citado pela "Aleqt".

Fukushima - Cortesia: "derek visser"
Divórcio nuclear

O Japão ainda tenta juntar os caquinhos do que sobrou da costa noroeste do país desde o dia 11 de Março, quando um terrível Terremoto de 9.0 de grandeza gerou um tsunami de mais de 6 metros de altura que além de mais de 10.000 corpos resgatados, deixou 29.000 desaparecidos e ainda cerca de 80.000 vivem em abrigos públicos até hoje... Ainda luta pra administrar o acidente nuclear causado pelo incidente na Usina de Fukushima.

No fim de semana foi detectado 86 vacas contaminadas com césio radioativo. A luta para controlar a radiação tem sido sobre-humana. Em consequência dos estragos deste acidente nuclear que ultrapassou em estragos, o histórico incidente de Chernobyl, o Alemanha decidiu encerrar suas pesquisas nucleares. Suas 18 usinas vêm sendo desmontadas desde 2008. O incidente do Japão fez o processo ser acelerado.

De acordo com as pesquisas as usinas nucleares geram apenas 30% da energia necessária para o Japão, sendo que os 70% restante são  retirados das usinas tradicionais. Num país onde há 18  usinas nucleares instaladas, sem contar com Fukushima que está sendo desmontada.


Cortesia: "Tony"

Nos EUA, ativistas denunciam as péssimas condições de segurança das 23 usinas nucleares americanas. De acordo com ativistas, o país não está preparado para um acidente como o do japão...

Quem está?

terça-feira, julho 19, 2011

KYRGYZSTAN: Terremoto 6,2 - USGS - Saulo Valley



Vazamento: O novo plano sírio para forçar a guerra civil

Há 4 meses as forças sírias têm se esforçado para deter a crescente onda de protestos no país.  As tentativas têm sido as mais cruéis e decisivas possíveis, mas elas não têm sido suficiente para parar a revolução popular e pacífica.

Manifestação nos EUA em apoio às revoluções no Oriente Médio
Foto cortesia de: "Phil Roeder"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 19 de Julho de 2011 - 13h39min.

Para impedir a revolução popular seria necessário isolar os manifestantes. O isolamento das cidades rebeldes, a prisão dos oposicionistas, ativistas e líderes e apoiadores da revolução... Prisões em massa, torturas e execussões... As tentativas não funcionaram e hoje mais de 290 regiões da Síria se declararam à favor da queda do regime de Assad.

Outra opção seria a questão do pacifismo.  Inserir elementos que representam o terrorismo e "capturá-los" depois, foram as primeiras tentativas. Utilizar guardas armados à paisana para destruir propriedades particulares e do Estado... Simular apreensão de uma grande quantidade de armas que supostamente cruzariam a fronteira para abastecer a revolução síria... Utilizar guardas à paisana para atacar os manifestantes disfarçados em manifestantes pró-governo e gerar um conflito que poderia ser considerado uma guerra civil...

Nada disto tem funcionado nos 4 meses de levante que persiste.

Agentes pró-revolução que trabalham no governo e não podem ser indentificados enviaram para a revolução uma cópia de um documento que trata de um novo plano para provocar a guerra civil, religiosa e sectária:

"Cbihh" grupo armado no lado direito da foto.
Foto: "
Anissa Abu Basit'Abd Us-Samad "
Um grupo de forças de segurança foi destacado para vestir-se como religiosos muçulmanos. Eles aparecerão como o grupo dos "Cbihh" que usam roupas longas, disse o informante. 

Segundo os planos descobertos nesta manhã de terça, os guardas utilizarão armas debaixo das roupas e terão equipamentos mais modernos que os guardas comuns. Eles se infiltrarão entre os religiosos e provocarão um conflito, matando cristãos, muçulmanos e atirarão a esmo do meio das multidões e nos planos da "inteligência" síria, nem os alawitas que são da tribo de origem de Assad, serão poupados!

As atenções agora devem ser redobradas, como diz a Comissão de Coordenação da Síria, "esta é mais uma amostra do desespero de Assad e a prova de que o regime está definhando."

Assad quer que embaixadas sejam fechadas no país.

No primeiro momento o fechamento da embaixada do Qatar em Damasco é avaliado como uma forma de protesto pelas crescente violência contra os civis e contra as próprias embaixadas mas há  uma  estratégia por trás disso...


O presidente da Síria Bashar Al Assad, Omar Sudão Hassan Al Bashir, o rei sauditaAbdullah Bin Abdulaziz Al Saud,
presidente
 da Tunísia Zein El Abdidine Ben Ali visto durante uma foto de família antes de 21 árabes
Cúpula de Líderes do campeonato, emDoha, Qatar em 30 de março de 2009.
 

Foto cortesia de: "Ammar Abd Rabbo"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 19 de Julho de 2011 - 08h31min.

Para Assad, as consequências do breve passeio do embaixador americano Ford em Hama foram de proporções gigantescas no cenário internacional.

A existência das embaixadas no país, no exato momento que se encontra, acaba fazendo com que se transformem em "janelas" para o mundo, que por meio delas, o regime percebeu que suas ações poderiam ser estudadas e vigiadas até certo ponto interrompidas.

Foi por meio do serviço secreto e seus 5 organismos de inteligência que o governo planejou atacar as embaixadas, como meio de castigar os aliados diplomáticos, em forma de protestos populares, o que descaracterizaria qualquer crime internacional que exigisse uma retaliação internacional.

Com a intenção de manter o país isolado dos olhares do mundo, é que durante o bloqueio das cidades as comunicações de todas as formas, a energia elétrica, as estradas e o fornecimento de água são interrompidos.

As fronteiras permanecem fechadas e viagens internacionais terminantemente proibidas e sob completa vigilância do serviço secreto.

Manifestantes pró-Assad na embaixada síria
Foto cortesia de: "Zeinab Mohamed"
Agora há um porém. Uma falha no bloqueio. Um "dejavu" que derruba toda a estratégia de isolamento da população síria em seu martírio: As embaixadas.

Quanto mais as embaixadas forem atacadas por manifestantes "pró-assad" e elas forem fechadas, mais tranquilidade o regime terá para continuar matando por atacado!

Não há vigilância por satélite? Não há mais nada que possa ser feito? Então as embaixadas não podem ser fechadas! Elas podem representar o oásis da salvação do povo sírio. A forma de reprimir a repressão.
A presença internacional é essencial no país, num momento em que o regime vive apresentando falsos relatórios, vídeos fabricados e falsas manifestações populares pró-governo.

A retirada da equipe de uma embaixada representa o fim das relações entre dois países, no caso de Assad que está aliado apenas aos inimigos do mundo, isso não significa nada.

Em nome da humanidade e pela preservação do povo da síria pedimos à comunidade internacional:
"Não abandonem a Síria!"

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: