quinta-feira, junho 30, 2011

Síria: Além dos blindados, tiros de morteiro tem sido noticiado em Ibline

Na Síria, a violência contra os manifestantes se superou. Já havia notícias de mortes por meio de lança-chamas há dois meses em Damasco. Agora o uso de morteiro contra as casas e a população. Uma completa carnificina e prova de que não haverá limite para massacre enquanto durar...


"Cansados de promessas que já duram 11 anos, a população não quer saber de
conversar. Eles exigem o fim do regime e que o diálogo com Bashar seja direto
com os mais de 1300 mortos por seus militares em 3 meses."
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 30 de Junho de 2011 - 07h07min.

O governo de Assad vem prometendo fazer reformas desde o ano de 2000, quando a única ação perceptível em torno deste assunto foi o massacre dos mais de 400 manifestantes em 2001, que silenciou em tese,  as exigências populares.

"Massacre em Daraa"
Com a volta das manifestações em Março de 2011, as promessas de outrora são mantidas e novamente o massacre de manifestantes a todo e qualquer custo tem sido sua única reação pública.

No dia  19 de Abril deste ano, o presidente Bashar Alassad anunciou o fim do estado de Emergência decretado há 48 anos atrás.

No dia seguinte, milhares de manifestantes foram presos aleatóriamente e hoje já somam mais de 14.000 entre eles, mulheres e crianças, sem que tenham cometido crime algum além de protestar contra corrupção, ditadura e opressão.

"Até os mortos protestam pelo fim do regime"
Ontem foi informado um caso de sequestro e estupro de uma menina em Aleppo pelo recém criado Partido da Renascença Democrática em sua nova página no Facebook, já que a página oficial foi bloqueada pelo Serviço Secreto Sírio. Este partido de maioria feminina, é filho da revolução e tem como meta os Direitos Humanos e Universais sem discriminação de qualquer tipo.

Também acaba de nascer no facebook um grupo aberto para jornalistas e profissionais da informação que queiram compartilhar ou adquirir notícias recentes e diretas sobre os acontecimentos em toda a esfera revolucionária do mundo árabe. O grupo é globalizado e está aberto a qualquer idioma, pessoa física ou jurídica.

quarta-feira, junho 29, 2011

Síria: Exército nas entradas, Guardas nas ruas, Serviço Secreto nas casas

O Exército - Atirar contra já não tem conseguido manter o povo longe das ruas e muito menos longe das grandes massas de manifestantes. Então o regime criou um nova estratégia: Incendiar carros e motos dos populares para que ao ser interrrogado possa justificar o exército nas ruas, como sendo um ato de vandalismo. Isto também é para impedir que pessoas sejam socorridas por manifestantes em seus carros e motos, como já foi provado antes.




Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 29 de Junho de 2011 - 19h54min.

Com as estradas bloqueadas por barricadas e blindados, as pessoas não podem deixar o bairro sitiado e nenhum tipo de socorro consegue chegar aos grupos isolados. Inúmeras barreiras de segurança que subdividem os bairros em pequenos quadrantes impedem que qualquer pessoa consiga sair da localidade onde mora.

Nos últimos dois dias as agências de notícias têm levantado discussões e comparações dentre revoluções e revoluções. As que foram bem-sucedidas tiveram a importante participação do exército, como o caso da Tunísia e do Egito. Em contra-partida, as que foram mal-sucedidas ou não conseguem ter uma resolução, têm a participação do exército como arma de repressão.

Percebendo que o sucesso ou fracasso de uma revolução árabe está ligeiramente ligada à posição tomada pelo exército, líderes e jornalistas do mundo inteiro têm chegado à conclkusão de que sem o apoio do exército será impossível de se ver o fim glorioso para a primavera árabe.

Enquanto tem o exército ao seu lado, o regime opressor se vale desta ferramenta poderosa para atacar os civis e suas casas.


As Forças de Segurança

Enquanto isto em cada esquina diferentes níveis de forças de segurança se misturam e formam espécies de gangues pró-regime. Se o exército é uma poderosa ferramenta para sufocar ou tornar uma revolução inviável, as forças de segurança procuram evitar que as pessoas se encontrem e estejam juntas, para isto, a imposição do toque de recolher que dura 21 horas do dia e pesadas restrições de acesso às ruas mantém as pessoas dentro de suas casas, sob pena de serem fuziladas na porta de casa por atiradores escondidos nos telhados ou nas esquinas.


O Serviço Secreto

Ilhados em suas próprias casas, é hora de receber vistas. Sem serem convidados, os agentes do serviço Secreto invadem casas, torturam pessoas e as castigam em busca de respostas. Eles querem prender os líderes do movimento. Aqueles que respondem pela organização ou pela coordenação e estratégia de todos os cem mil sírios que saem para protestar, organizados e fazendo as mesmas exigências nos mesmos dias e  nos mesmos horários.

Sem o Serviço de Inteligência, as torturas seriam inúteis. Se o exército é decisivo para uma revolução, a forças de segurança para manter as pessoas em prisão domiciliar, o Serviço Secreto é para extrair informações que o leve  a prender os 64.000 ativistas, revolucionários e agitadores.

Regime de Sangue

Juntos, Exército e mais 11 níveis de Forças de Segurança e 5 níveis de Serviço secreto percorrem as regiões "afetadas" pela rebelião em pesada campanha para dizimar... o indizimável.

Será necessário matar quase a totalidade da população para chegar perto de ver um fim para a revolução. Se   o volume das massas de manifestantes é o oxigênio que alimenta as forças militares de opressão, o sangue dos mártires e de seus parentes feridos ou torturados, e seus bens apreendidos ou destruídos aumentam  desproporcionalmente o ódio e a força para que estas pessoas desafiem os perigos iminentes e até mesmo a morte para "pedir", não: "ordenar" o fim deste regime e de todas as possibilidades de regimes similares voltarem a se estabelecer no país de seus filhos e netos!

Enquanto no Marrocos a mais pacífica das manifestações visa a manutenção da monarquia com o mesmo monarca e apenas modificando a regras aos modos europeus de monaquia, são enrolados e ludibriados pelos políticos no poder que sabem que para que as exigências populares sejam literalmente atendidas terão que sacrificar seus empregos e posteriormente serem submetidos a investigações sobre crimes políticos, financeiros entre outros.

Mas esta revolução poderá mudar de postura com o prolongar do tempo. Quanto mais o povo se sentir enganado mais intensas e profundas serão suas exigências até chegarem ao mesmo ponto que a revolução egípcia, líbia e síria chegaram: "Por falta de capacidade de atenderem as exigências básicas da sociedade, seus cargos devem ser postos à disposição do povo."

Armados ou não. Mesmo que as respostas e resultados favoráveis demorem ou cheguem na velocidade da luz este é o tempo da igualdade e não há democracia em regimes militares tradicionais, nem em monarquias milenares. Despreparados, estes líderes não pensam em abrir-mão de seus impérios nem de suas fartas contas bancárias, mas o desapego acabará vindo, quando forem submetidos aos conselhos de ética, tribunais federais e internacionais.

Os países Árabes têm o trunfo do Islamismo, pelo fato de que para eles, a morte é o momento mais feliz da vida de um homem. Por isto muitos ainda morrerão com alegria até que os regimes sejam finalmente postos abaixo.

Os países de fé predominante não-islâmicas farão sacrifícios menores e evitarão a morte a qualquer custo, o que tornará este um fator favorável para a manutenção dos regimes e ditaduras, como é o caso da China, por exemplo, mas isto também poderá mudar.

Bukingham: Principe Charles sob investigação - Saulo Valley

O pavio já estava posicionado e quem acendeu foi a oposição do governo britânico. O príncipe Charles conseguiu elevar os seus gastos em 56% em apenas 12 meses chegando ao valor surpreendente de 1,72 milhões de Euros. 


Charles: "Monica Arellano-Ongpin"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 29 de Junho de 2011 - 12h40min.

A notícia vem impactando o mundo nos últimos 4 dias. Pressionado pela oposição que pôs a boca no trombone, governo da Grã-bretanha iniciará investigação na vida financeira do príncipe de Gales.

Michael Peat O Secretário do Príncipe Charles alegou que o casamento do Príncipe Willian contribuiu em muito para a elevação das despesas em comparação com o ano passado, também falou sobre o pagamento de despesas aéreas com o Canadá. O efeito também desencadeado pelo aumento de funcionários e viagens aéreas.

Comparações de seus rendimentos com as suas declarações de imposto de renda apresentam ligeiro desnível. Segundo "Aleqt", os rendimento do principe herdeiro do trono tiveram um crescimento de 17% elevando seu salário anual para 96,1 milhões de Libra. Em contra-partida, os valores declarados cresceram de 3,5 a 4,4 milhões de libras.

O crise da Grécia parece incidir diretamente sobre Londres e o povo está irritado de se ver "apertado".

Curiosidade

O palácio de Bukingham anunciou uma revista eletrônica anual sobre as atividades de Príncipe de Gales. A última página da revista apresenta um relatório de gastos da realeza.

Novos tempos: O papel da mulher na mudança política e climática do planeta.

O mundo está fora de controle. A ambição dos homens chegou ao extremo; ao estágio da auto-destruição. Em chamas alimentadas pela violência do egoísmo, o mundo em todos os aspectos precisa ser "resfriado" e a mulher moderna tem importantes atributos para conduzir a sociedade globalizada ao equilíbrio novamente.



powered by Fotopedia




Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 29 de Junho de 2011 - 07h3min.

No dia 07 de Janeiro de 2010 a então candidata  argentina Cristina Fernandez Kirchner foi eleita à presidência da república, quando não poderia imaginar que um ano depois teria uma companheira de profissão assumindo o mesmo cargo num país vizinho chamado Brasil. Dilma Roussef por sua vez, não poderia imaginar que o mundo precisasse tanto das mulheres no poder como hoje se fazem necessárias.

Perdendo a credibilidade por completo em função da corrupção, a maioria das lideranças masculinas ainda depara com a luta mundial pelo equilíbrio dos direitos universais e humanos.

powered by Fotopedia



Com a discriminação rumo à erradicação, as mulheres agora mostram seus valores. Em número infinitamente maior que os homens, elas estão influenciando a virada política e econômica do planeta.

Fonte da imagem: "syrianetf"
Nos países árabes, esta carência chega a ser milenar! ...E nas primaveras expalhadas por toda a Ásia e África, a mulher tem sido um importante e numeroso sustentáculo.

Com a chegada da francesa Christine Lagarde à presidência do FMI derrubando a hegemonia masculina desde a fundação da instituição, espera-se que o rítimo do planeta ganhe velocidade menor e torne-se mais limpo e colorido, o que antes era rubro do sangue dos inocentes e criminosos de guerra e negro pela corrupção exacerbada e histórica em todos os setores.

Por outro lado os rastros hitóricos deixados pelos homens provam que mesmo no caso das mulheres terem este poder de desviar o planeta de sua carreira desenfreada rumo ao precipício, deve-se privar pelo equilíbrio e pela justiça global.

Assim como grandes mulheres começam a figurar nos tradicionais livros da história geral, como sendo a grande esperança para salvar o mundo da perdição, há um absurdo e crescente índice de mulheres assumindo o controle do tráfico de drogas, armas, tráfico de pessoas e sequestros.

Isto se dá pelo fato de terem figura meiga, carismática se não sensual, obterem maior proteção internacional que os homens jamais obterão.

Foto de  CJ: Vipin Sharma 
A responsabilidade de resfriar o mundo do "aquecimento global" econômico, militar, cultural e administrativo poderá ser absorvida com facilidade e desenvoltura, com a permissão do sexo masculino que tem fracassado diante de tentação do enriquecimento próprio e ilimitado.

Por outro lado, a mulher que assume o poder precisa ser testada, porque há uma grande maioria de consumidoras compulsivas que NÃO PODEM ser postas no controle de praticamente NADA, a não ser da própria vida! Infelizmente todos sabem que é a verdade. Neste caso, os rombos financeiros seriam ampliados em trilhões de vezes mais do que já são em extensão e profundidade.

terça-feira, junho 28, 2011

Video: Turcos atacam manifestantes sírios em Latakia denunciam ativistas.

A madrugada de manifestações trouxe tristes novidades. A Turquia sempre se mostrou aberta para receber os refugiados sírios e o motivo de mais de 100 mil sírios ainda permanecerem refugiados nas montanhas, em seu país, é a desconfiaça pelo simples fato de a Turquia ser o mais íntimo aliado do governo de Assad... Este vídeo foi gravado por militares que desertaram e se uniram aos manifestantes.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Junho de 2011 - 07h22min.
Atualização: 09h01min.

Apesar dos muitos relatos de milhares de fugitivos terem cruzado a fronteira desde a "sexta-feira da perda da Legitimidade," os violentos ataques do governo de Assad contra o povo sírio é algo sem precedentes. 
Neste vídeo, na cidade de Latakya ontem seguranças escondidos aguardam a aproximação de nova massa de manifestantes. Observe a quantidade que sai dos esconderijos...


Não demorou muito para que aparecesse a primeira vítima:



Estes eventos aconteciam ao mesmo tempo que o congresso forjado em Damasco, no Hotel Sheraton sobre as intenções do governo de entrar num diálogo com a oposição política do país, mas se esqueceu de que quem fez a revolução é a população...

De acordo com a Aljazeera, centenas de pessoas fugiram para o Líbano em função de uma massiva perseguição das forças de segurança na região de Quseir a 15 km da fronteira Libanesa.

Já o site Alarabya citou um discurso de Hillary Clinton sobre o massacre de crianças no país como dizendo que Assad "não tinha feito o suficiente"; "Matar e torturar adultos não era suficiente para Assad, ele agora mata, tortura e mutila crianças" em resposta aos vídeos postados ontem.

Neste mesmo caminho a UNICEF tem demonstrado completa preocupação com o ataque a crianças por forças de segurança. Mas Assad ainda está longe de parar a não ser que seja parado.

segunda-feira, junho 27, 2011

Forças militares sírias espancam violentamente os civis e prendem na mala do carro...



Marrocos: Uma luta pacífica pela democracia contra corrupção armada.

Durante as manifestações têm surgido grupos de pró-governistas que têm procurado combater diretamente os manifestantes, em clima de insurgência em busca de uma guerra civil. Enquanto isto manifestantes pró-democracia buscam a paz a qualquer custo e o sonho de uma monarquia democrática, mas não é assim que o Rei Mohammed VI acha que deve ser:

Pró-governistas buscam matar pró-democratas
Fonte da imagem: "Maroc Insolite"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 27 de Junho de 2011 - 18h09min.
Atualização: 18h47min.

Ontem estes mesmos manifestantes pró-Mohammed que buscam semear a confusão e deflagrar confrontos no país, iniciou um ataque contra a polícia. Eles atiravam pedras nos policiais enquanto os manifestantes contrários à nova constituição assistiam por detrás das forças policiais.


O ódio deles estava no fato de que a polícia permitia que as manifestações pelo boicote do referendo em 1º de Julho acontecessem.


Querendo dar os mesmos passos que Mubarak e Kadafi, helicóptero militar com franco-atirador sentado à porta sobre-voa a manifestação pacífica e é vaiado pela multidão:


Não significa que não houve tentativa de impedir as manifestações. Os homens de colete laranja são guardas de segurança e estão apoiando a polícia.


Neste vídeo, os guardas tentam dispersar os manifestantes:



29 mai casablanca por harimnaga33


À partir de hoje a luta do povo do Marrocos pela liberdade será acompanhado bem de perto por este blog. Fique conectado!


Video: Convite para o boicote ao referendo em 1º de Julho.


LÍBIA: Tribunal Penal Internacional emite ordem de prisão para Kadafi - Saulo Valley

Muammar Kadafi, seu filho Saif Al-Slam e Abdullah Sanusi (Chefe da Inteligência no regime Kadafi) receberam mandado de prisão emitido pelo Tribunal Penal Internacional nesta Segunda (27/06) por crimes contra a humanidade. A iniciativa tem por objetivo impedir, em caráter de urgência, que novos massacres sejam cometidos contra civis.



powered by Fotopedia

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 27 de Junho de 2011 - 14h23min.


Segundo a "BBC" Enquanto Kadafi é interpretado como o mentor e mandatário direto dos ataques contra os manifestantes, Saif Al-Slam sem qualquer cargo público tornou-se a principal personalidade do regime, aparecendo muitas vezes na TV para fazer pronunciamentos em nome do regime de seu pai e inclusive ameaças de esmagar a revolução popular.


Enquanto isto a "Reutes Arabic" avisa que a emissão do mandado não significa que Kadafi vá ser preso, um vez que o Tribunal não tem qualquer meio de fazer cumprir as punições por força militar ou pressão política. Mas é claro que no seu tempo, Kadafi responderá por todos os crimes e mandados listados e emitidos.


Segundo a Reuters citou ainda que a oposição disse que "com a decisão do tribunal elimina qualquer possibilidade de negociar com Gaddafi."

Enquanto isto a BBC disse por meio de um correspondente no país, que os rebeldes comemoraram a decisão com tiros ao ar, o que provocou um aumento da auto-confiança do grupo para avançar mais 10 km na direção de Trípoly, mas segundo a fonte, o governo da Líbia já avisou que "não reconhece o mandato e não estão preocupados com a ameça de um mandato".

sexta-feira, junho 24, 2011

Síria: Os números da economia em ligeiro declínio causado pelas sanções.

A forte libra síria está cada vez mais fraca. As contas no vermelho. O exército nas ruas em perseguição insistente e cega ao povo. Milhares de milhares de pessoas passam dias e noites inteiras nas ruas protestando. Muitas regiões urbanas e rurais abandonadas na fuga das forças de segurança que matam aleatóriamente.
Enquanto novas sanções americanas e européias estão sendo preparadas, o desacreditado presidente desafia ao mundo incrementando ainda mais seus aparatos de guerra contra uma população de mais de 100 mil pessoas desarmadas que querem pôr fim ao regime hereditário e autocrata da família Assad.




Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 24 de Junho de 2011 - 07h28min.

Um ativista sírio comentou em sua página no Facebook a respeito da situação no país. O gerente financeiro "Ismael Amoukad" destacou um relatório do Centro de Pesquisas Económicas Europeia no "Mannheim" conhecido pela sigla Xue que divulgou um estudo sobre a atual situação económica na Síria em consequência da crise política que completa hoje 100 dias.

De acordo com o comentário, ele destacou que a crise econômica síria é a maior dos últimos 70 anos, ocasionada pela crescente crise política e as retiradas de seus fundos por parte da população local.

Ele comentou que estes fundos destinados a pagamentos de despesas fixas pelos serviçoes públicos e essênciais são considerados uma moeda forte no país.

Ele destacou uma avaliação do centro de pesquisas (ZEW) que destacam que especialistas esperam que o valor do dólar Americano chegue até o início de Julho próximo das 70 libras.

"...O governo sírio deveria encontrar outras fontes de financiamento para a restauração da deterioração da situação económica e parar o colapso, portanto, você deve estar ciente das razões substantivas que levaram a esta situação e trabalhar para encontrar as soluções certas para a crise, a corrente do país " - finalizou.



Perda da legitimidade

Para destacar esta sexta-feira que marca os 100 Dias da Revolução Síria iniciaram-se gigantescos protestos no país.com o tema: "Sexta da perda da Legitimidade". Em uma declaração a Comissão de Coordenação Local da Síria destacou os "Cem Dias" na luta por liberdade, dignidade e cidadania. Ela lembra que a Revolução Síria foi batizada com o sangue dos mártires "e surpreendeu o mundo inteiro com sua coragem e determinação para ser livre da tirania."

Lembra também que "Cem dias se passaram e o povo da Síria ainda está sendo morto, diante dos olhos do mundo, sob o manto de silêncio árabe e condenação internacional tímida."


Protestos em Bruxelas contra massacre na Síria - Foto: "gwenflickr"
Mas a Revolução da Síria destaca que esta fraca resposta não teve efeito negativo sobre a "dinâmica da revolução e sua continuidade."

Lembrando que "mais de 1400 mártires caíram em nome da liberdade, a prisão, o desaparecimento e tortura de milhares de pessoas, o deslocamento de dezenas de milhares de suas casas, e a adoção de uma política de terra arrasada brutal, tudo em resposta a um movimento popular pacífico..."

A declaração destaca o "fingimento" do regime que procura mostra-se bem forte, mas seus sinais de fraquesa já são visíveis, citando a "desintegração de corpos administrativos" e os vários informes de "colapso económico", bem como as "deserções" que continuam no ambito do exército nacional que "o regime quer usar como um instrumento de repressão e matança". A Revolução faz homenagem as "centenas de partidários do Ba'ath (Partido do Governo) que renúnciaram" lembrando a "crise nacional desencadeada pelo próprio regime" a exemplo do que provocou o último discurso de Assad. A declaração recorda ainda as "tensas relações internacionais com antigos aliados próximos".


100 Dias da Revolução Síria - Fonte da imagem: "Syria Freedom"
Numa comunicação honesta e transparente, a Revolução Síria ainda denuncia a forma como o governo mobilizou protestos "em regiões do país que classificou como "Pro-regime", por meio de intimidação, repressão e sectarismo."

Determinada a criar um "estado civil" a Revolução da Síria anuncia sua inteira determinação de continuar sua batalha pacífica até a queda do regime Assad (no poder há 41 anos)  para que a Síria torne-se um país."livre e democrático".

Alaska - Terremoto 7.2 da nas ilhas Alauítas - Fox Lands 06h09min USGS

 

quinta-feira, junho 23, 2011

Síria: Crescentes protestos em Aleppo atrairam forças do exército que atacam

A 15 Quilômetros da fronteira com a Turquia Aleppo, a segunda maior cidade da Síria tem se tornado um caldeirão de manifestações pacíficas desde ontem (22). Forças militares do governo se deslocaram em direção aos protestos e há relatos de que chegaram há 1 hora atirando aleatóriamente.




Por Saulo Valley - Rio de Janiero, 23 de Junho de 2011 - 10h10min.

A informação já circula na web há 1 hora de que na vila de "Meng" as forças do exército estão atirando contra o povo que faz manifestações pelo fim do regime. De acordo com a Reuters, as forças militares estão percorrendo as localidades próximas da fronteira com a Turquia e realizando operações militares contra a população que tem fugido em grande número.

12h52min. Há notícias de prisão de 120 civis em Aleppo.

Um vídeo excepcional publicado no dia 25 sobre o confronto entre as forças do exército rebelde sírio e as forças oficiais da Síria. OBS: Este vídeo foi postado por partidário de Assad.


Neste vídeo gravado por soldados sírios que comprovam que houve realmente operação militar na Ponte Vaga ao contrário do que afirmou o governo Sírio que negou operações militares na região.
Este soldados foram mortos em confronto com outros soldados que buscavam proteger a população da execussão aleatória pelo exército sírio.


Japão: Depois do Tsunami de 11-03 onda de suicídio é crescente - Por Saulo Valley

Quem "presenciou" por intermédio da mídia em tempo quase real o tsunami que varreu a costa noroeste do Japão, já pode sentir uma parte ínfima da dor que estes milhares de amáveis asiáticos sentem até hoje. Vindo de uma cultura milenar onde o "Arakiri" é um suicídio cometido quando o japonês se encontra envergonhado e destituído de honra, dá pra entender o motivo desta auto-violência que tem crescido tanto no país...


Arakiri - Foto de Okinawa Soba
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Junho de 2011 - 08h00min.


Cada suicida tem seu próprio motivo em particular, mas as tragédias do dia 11 de Março são o um ponto em comum.

 Todos os dias ouve-se novos casos de suicídio por pessoas que se sentem culpadas por estarem vivas e seus entes queridos mortos.

Há casos em que se matam por não encontrar uma possibilidade para reconstruir o que gastaram anos. Há situações de propriedades, culturas e posses que vieram sendo construídas com o passar de centenas de anos, passando de mão em mão por toda a árvore genealógica, até chegar até o fatídico dia 11 de Março...

No dia 10 de Junho, o governo japonês levantou esta preocupação que foi publicada pela AFP. Segundo as autoridades, os sobreviventes da tragédia estavam sensíveis a distúrbios psicológicos que poderiam levá-los ao suicídio.

Depression - Foto de "uzaigaijin"
Segundo a AFP o tradicional relatório anual de suicídios recebeu uma área de destaque exclusiva para as vítimas de 11/03. O relatório mostra que estas pessoas estão vulneráveis ao "estresse, choque e depressão das perdas esmagadoras. Eles também podem se sentir culpados por escapar da morte." revelou.


Depois de cidades inteiras terem sido varridas pelo tsunami neste dia, ainda mais de 23 mil pessoas estão desaparecidas.

De acordo com as estatísticas, a taxa de suicidio no Japão chega a 25 por 100.000 ultrapassando de longe o segundo lugar mundial que é os Estados Unidos com 11 por 100.000.

Tohoku Terremoto e Tsunami - Foto de dugspr — Home for Good
De acordo com a AFP ainda 91 mil pessoas permanecem nos abrigos e não tem paradeiro. O site japan Times  citou  as palavras do oficial municipal Hideki Yamazaki da prefeitura de Kamaishi:

"Estamos tentando mover as pessoas para casas temporárias mais rapidamente possível, mas há uma preocupação de que a transferência repentina da comunidade e do convívio individual poderia ter conseqüências ainda mais graves", disse Yamazaki.

Deslocar estas pessoas para casas novas casas onde poderão se sentir mais isoladas e abandonadas, pode significar um grande erro, diz o oficial.

A equipe do entrevistou "japan Times" entrevistou um senhor de 82 anos sobre a possibilidade de ser levado para uma nova casa e ele comentou:

"Estou sozinho aqui, mas as pessoas neste abrigo não me fazem sentir sozinho"... "Sou grato pela oferta de um lugar para mim, contanto que eu tenha essas pessoas próximas."
Tohoku Terremoto e Tsunami - Foto de dugspr — Home for Good
 Segundo dados da polícia local para o site, os mais de 30.000 relatos de suicídios anuais no japão poderão ser superados em 2011, tendo notado que em Maio de 2011 houve um aumento de 20% em relação ao mesmo período de 2010.

Novos temores e tremores


Nesta madrugada repetidos tremores abalaram o solo japonês, sendo que às 05h55min da madrugada de hoje (23) o tremor de categoria 7.0 foi registrado e houve um novo alerta de tsunami, o segundo em menos de 24 horas.

Segundo a entrevista ao "japan Times" com Sen Hiraizumi, diretor do Hospital Provincial, em Iwate Yamada, o especialista explica que os japoneses não tendem a buscar ajuda para problemas psicológicos ou psiquiátricos. Normalmente são fechados e não conversam. Caso que explica o motivo de em Yamada nunca ter havido uma clínica psiquiátrica antes, disse ele, afirmando ainda que o Ocidente está muito à frente do Japão neste assunto.

Sentimentos como angústia e depressão são acultos, principalmente por parte dos idosos que não querem ser pesados aos outros. - explica.

quarta-feira, junho 22, 2011

Japão: Tremor 6,7 da escala em Honshu, onde houve Tsunami em Março.

Terremoto de categoria 6,7 acaba de atingir a região de Honshu no Japão.
Ainda não há notícias de incidentes, mas o nível é considerado perigoso.

Saulo Valley - 22 de Julho de 2011 - 19h28min.


Síria: Estudantes foram obrigados a homenagear Assad nas ruas.

A agência de notícias "Ugarit News" que já é tão conhecida quanto a "SNN", que são praticamente as únicas fontes de notícias vindas diretamente da Síria para o mundo, já que a "SANA" agência é do governo e as agências internacionais não têm acesso aos acontecimentos... Sim: Um cinegrafista amador registrou o momento em que uma faculdade era esvaziada e perto da saída as pessoas recebiam as faixas, bandeiras e cartazes de Assad das mãos da organização que pertence ao governo e é formada por agentes...


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 22 de Junho de 2011 - 19h46min - Atualização: 20h47min.

Mas nem sempre foi tranquilo assim. Na Universidade de Aleppo estudantes que não se submeteram às pressões foram violentamente agredidos por forças de segurança. De acordo com o conceituado site noticioso Los Angeles Times (latimes) a resistência à ordem de se manifestar em favor de Assad culminou na morte de 3 estudantes, outros 21ficaram  feridos e 130 presos! De acordo com ativistas todas as universidades de Damasco foram atacadas por forças de segurança com o intuito de produzir a grande manifestação publicitária que viesse a melhorar a imagem internacional do ditador que é 100% odiado no seu próprio país.

A exemplo do que já ocorreu na Líbia, grupos partidários de Assad começam a atacar os manifestantes pacíficos contra o regime. Há relatos de morte de manifestantes pró-revolução.


De acordo com o site http://www.antiimperialista.org/Wajdy_Mustafa que descreve que Assad está tentando provocar uma guerra civil ou uma intervenção internacional.

Além da explicação importante que o ativista Wajdy Mustafa apresenta, há um forte interesse de Assad de provocar a comunidade árabe contra a América e aliados, mas eu já posso garantir, apesar de não ser de nenhum dos governos, de que esta intervenção não acontecerá!

Porque não? Porque a América já tem noção desta realidade e a Europa também. Tanto os países árabes e não árabes esperam que a carnificina cesse de uma vez na Síria, e só através da diplomacia, política e comércio é que Assad pode ser pressionado. Não há outro meio aceitável a não ser que o ditador autocrata seja levado ao Tribunal Penal Internacional por crimes de guerra e crimes contra a humanidade, que eu acho que isto ele já tem cometido de sobra, mas ainda existem alguns detalhes para que ele seja completamente enquadrado nestes crimes e Assad sabe muito bem disso. Na verdade ele está jogando um jogo perigoso e sem volta. Está indo no limite das leis internacionais. As leis nacionais não apresentam limites para ele. Toda a lei é favorável ao governo e todos que se opõem são criminosos !

É disto que o povo quer se libertar! O povo NÃO QUER uma intervenção militar estrangeira. Eles querem apoio humanitário, abrigo principalmente para suas mulheres e crianças e atendimento médico para os feridos, além de um enterro justo para os mártires. É por isto que dentro da Síria há mais de 100 mil refugiados que não buscam sair do país, eles querem "lutar" pelo fim do regime. Lutar no sentido de enfrentar e confrontar pacíficamente com as falhas deste sistema de governo.

As concessões do governo sírio


ONU - Ban Ki-moon no segundo mandato.

Ontem o Secretário-geral da ONU foi aclamado por amplo favoritismo à reeleição. Ele tem buscado ampliar as metas da ONU até 2014. Para "Moon", Assad encontra-se "desacreditado", ele disse à AFP em uma entrevista ainda perguntou: "Quanto tempo vai levar para Assad tomar medidas concretas?"

Com esta pergunta o ditador não pôde dormir mesmo que acordou ontem decretando anistia para os "criminosos" das últimas 3 semanas, o que provocou um rebelião carcerária!

O Conselho de Segurança está bloqueado para a Síria por força do veto da China e da Rússia. Segundo o ativista sírio Wajdy_Mustafa A Rússia ainda mantém uma base naval em Tartus. 100% da população síria rejeita uma intervenção militar e junto com a população, o mundo Árabe.

Com as contas para lá do vermelho, o governo da Síria tenta se reequilibrar mas os gastos das operações de guerra contra os manifestantes vão minando sua estabilidade. Ele busca demonstrar que tem boas intenções, para obter uma afrouxada na pressão e poder respirar.

Cruz Vermelha na Síria.

Ontem O Comité Internacional da Cruz vermelha anunciou que o governo da Síria concedeu autorização para que a organização tivesse acesso às regiões de conflito no país.

Em publicação feita pela "AFP" e republicada pela agência australiana "smh.com" foi citada a seguinte declaração:
"As autoridades sírias foram receptivas, e concordaram em dar ao CICV e o Crescente Vermelho Árabe Sírio maior acesso a áreas de instabilidade", disse o presidente do CICV, Jakob Kellenberger, em um comunicado."
Mas o governo apenas concordou em "discutir" o acesso a áreas de conflito, como descreve esta citação:

"O governo sírio manifestou a sua disponibilidade para discutir os termos e condições relativos às visitas do CICV", disse ele. "Este é um primeiro passo para avançar."
ACNUR confirma


Ao contrário do que Assad e o ministro das relações exteriores disseram, negando as operações militares na Ponte Vaga, onde ocorreu uma verdadeira carnificina quase no tamanho da violência em Daraa, ontem a ACNUR confirmou em que em sua passagem pela Ponte Vaga e adjacências encontrou o lugar praticamente deserto em função dos massacres que estavam em curso.
A equipe encontrou indícios suficientes para explicar a evacuação das áreas habitadas, inclusive com a maioria das lojas fechadas.


O porta-voz da ACNUR Adrian Edwards ainda insistiu:
"Ouça a nossa equipe para histórias sobre assassinatos e assassinatos e ataques, e o assassinato de civis em uma troca de tiros, tortura e humilhação nas mãos das forças armadas. A maioria dessas pessoas perderam a quase todas as suas posses, e em muitos casos, o gado foi baleado, e em seus campos foi ateado fogo, e houve a destruição de suas casas e lojas. "

Como você pode ver nestes videos, lavouras e gados foram destruídos por forças de segurança.


AMÃ: Limitações de Imprensa e de Mídia são as "reformas" do Governo.

De uma coisa já se sabe: Quando o povo vai às ruas pedindo democracia, reformas constitucionais e combate à corrupção, os líderes das ditaduras não sabem o que fazer, ou não querem. A exemplo da Líbia, Egito, Síria, Marrocos as reformas constitucionais não passavam de engodo. Aproveitam a demanda por mudaças para apertar mais ainda o cerco sobre o povo, a imprensa e reprimir toda forma de aspiração pela democracia, direitos humanos, civis e internacionais.




Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 22 de Junho de 2011 - 06h24min.

No dia 15 deste mês, o escritório da respeitada Agência France Presse foi atacado por um número de desconhecidos, um dia após a agência ter publicado o ataque ao combio do Rei Abdullah, e este evento foi negado pelo governo. A agência foi acusada de "atacar a Jordânia" e recebeu várias ameaças do governo, citado pela própria AFP como dizendo que: "Isto não ficaria assim".


Houve manifestação de apoio à AFP por parte de jornalistas e sindicalistas:


E renúncia do ministro de estado para assuntos de mídia na Jordânia Taher Al-Adwan.
Ele disse que saiu de sua casa para ir ao trabalho para elaborar leis "para proteger a democracia" e se deparou com um conjunto de leis que "restringem a liberdade de expressão e reduzem ao limite máximo a liberdade de imprensa." destacou "aleqt".

Por este motivo, o ministro pediu demissão. Segundo ainda o "aleqt", foi encaminhado para o parlamento modificações de leis que agora aumentam a pena por crimes de "calúnia e difamação".

Enquanto isto o mundo protesta.

terça-feira, junho 21, 2011

O cigarro e as embalagens que espantam apenas aos não-fumantes.

 Elas estão na moda. De close, de corpo-inteiro, de meio-corpo ou por dentro, as doênças mais horríveis que têm afetado os fumantes nas últimas décadas ganham cada vez mais destaque nas prateleiras e cartazes nas paredes!


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 21 de Junho de 2011 - 18h21min.

As fotógrafos estão buscando ir cada vez mais fundo e as agências de publicidade procuram caprichar no slogan:

"Ministério da Saúde adverte: Fumar faz mal à saúde"

Na américa os slogans se renovaram... "Fumar vai te matar!" "O fumo afeta o seu bebê" etc..

...E as fotos agora são mais detalhadas mas ninguém conseguiu criar uma fórmula ou uma forma das pessoas deixarem de fumar!

Conversando com fumantes no exato momento em que elas buscam um cigarro para acender, pergunto o que elas sentem quando pegam o maço de cigarros e encontram estas horrendas fotos, sabe o que TODAS as pessoas interrogadas responderam?

"Nada, não sinto nada" ou "Não me incomodam"

Conversando com pessoas não-fumantes elas reagiram bem ao inverso. Mostram-se enojadas ou agredidas com a profundidade da propaganda negativa...

Bom, então as antigas campanhas de que fumar era um status e que passavam uma imagem de sucesso, foram muito mais bem boladas, porque mesmo com todas as campanhas contra o fumo promovidas pelo ministério da saúde, elas não desistem do vício!

Por outro lado, se o ministério da saúde só quer ficar anunciando que "o cigarro faz mal à saúde" e não continua a fiscalizar as fórmulas empregadas na fabricação do cigarro como um todo, daqui a pouco tempo, se já não acontece, todas as drogas nocivas do planeta estarão inseridas na composição deste produto incrívelmente maléfico e ninguém mesmo poderá deixar de consumi-lo!

De uma coisa já se sabe: O cigarro faz mal à saúde e aos olhos de quem não fuma! 

Provavelmente embutido na fórmula há uma substância que faz com que as pessoas que dependem dele ignorem qualquer alerta de perigo.
Então a melhor alternativa seria reduzir drásticamente a composição química da fórmula do produto...

Num mundo louco onde a discriminação das drogas tem dividido opiniões e partidos políticos, quem ousará a dar o ponta-pé inicial para reduzir a composição química do cigarro?

Visite o site da FDA (Foods and Drugs of America)

Aproveitando a carona, alerta máximo para o consumo deliberado de alcool por pessoas de todas as idades e sexos! A situação está muito séria!

RUSSIA: Queda de avião deixa 44 mortos e 8 sobrevivem

No noroeste da Rússia um avião acabou fazendo um pouso forçado que matou 44 pessoas e deixou outras 8 internadas.


TU-134 o mesmo mdelo do avião que agora está irreconhecível .
Fonte da imagem: "images.ctv.ca"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 21 de Junho de 2011 - 08h57min.

As autoridades acreditam na possibilidade de um apagão ter ocorrido causado por um corte nas linhas elétricas pelo próprio avião que tentava pousar na estrada, obrigando o TU-134 a realizar um não bem sucedido pouso forçado.


O site "armtown" contou que a avião esra ocupado por 52 pessoas. Das 44 mortes 9 eram da tripulação.Dentre os 7 feridos em estado crítico 1 é uma criança e a oitava é uma aeromoça que os médicos estão lutando para salvá-la. O pouso forçado se deu cerca de 1 km do aeroporto em uma estrada localizada numa área residencial. Entre as vítimas, Vladimir Peta, um conhecido comentarista de futebol.

TU-134 - destroços - Fonte da imagem: "ctpost.com"
O site também informou que os corpos das vítimas foram levados para o hospital de Petrozavodsk para o reconhecimento. Segundo técnicos,  a caixa preta foi recolhida, e o avião estava em boas condições. Novas investigações estão em andamento.

Veja sequência de fotos aqui: "ctpost.com"

segunda-feira, junho 20, 2011

Marrocos: Milhares de pessoas vão às ruas pedir o boicote ao referendo.

A crise está apenas começando. Conhecido por possuir uma poderosa mídia, o governo marroquino consegue convencer ao mundo de suas boas intenções e ações. Mas para provar que o que era noticiado não passava de um truque de mídia, a multidão saiu às ruas pedindo pelo boicote ao referendo sobre a nova constituição no dia 1º de Julho.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 20 de Junho de 2011 - 16h02min.

Uma gigantesca e massiva manifestação que tem ocupado a primeira página das mais importantes publicações no planeta. Esta surpreendente demonstração de reprovação a nova constituição mostra que não há interesse por parte do Rei Mohammed VI de atender às exigências do povo que pede uma monarquia nos padrões de Londres e da Espanha.

Esta reforma constitucional não apresenta nenhuma modificação neste sentido, e os marroquinos estão revoltados com a falsa propaganda.

De acordo com o site "alternavox" 5 manifestantes foram assassinados e vários ficaram feridos ontem enquanto protestavam contra a falsa "nova constituição". O site citou o Ministério do Interior como tendo informado que 120 manifestantes foram presos neste domingo.

Jornalistas, ativistas de direitos humanos têm se unido aos populares num apelo para que o Rei abra mão de parte de seu poder e pelo combate à corrupção no governo.

domingo, junho 19, 2011

EGITO: Mubarak terá nome apagado de instituições publicas.

Fonte da imagem: cecilwhig.com
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 19 de Junho de 2011 - 09h45min.

O tribunal egípcio decidiu neste Sábado (19) apagar o nome e as imagens de Mubarak e família de todas as instituições públicas. A lista é grande: Ruas, escolas, hospitais, instalações desportivas e outras instalações do governo. Todas terão nome modificado. A justificativa está no fato do governo de Mubarak ter sido deposto por levante popular.


Fonte da imagem: gawker.com
Os advogados do ex-presidente não gostaram nada disso e estão recorrendo para que o decreto seja revogado. Segundo o Jornal Eletrônico "Aleqt".


De acordo com o site egípcio "gawker" a decisão foi do juiz Muhammad Hassan Omar  justificando que  "a presença deles resultou em 'dano enorme e sofrimento contínuo'."

O termo utilizado pela autoridade é este: A imagem de Mubarak foi espalhada "sistematicamente"  por estações de metrô, murais, sinalização rodoviária, escolas públicas e museus dentre outros. Este na verdade é um hábito dos líderes ditadores. Eles ainda são acostumados a instalar estátuas próprias por todo o país e ainda exigem ser reconhecidos e adorados como "deuses"...

Esta cultura foi importada de Roma por Cleópatra, quando envolvida secretamente num romance com o  imperador Júlio Cézar a menos de  50  anos antes de Cristo.

sábado, junho 18, 2011

MADRID: Salem é condenado a multa de 25 milhões de Euros por crimes financeiros

Quando as investigações começaram sob o comando do Conselho Supremo das Forças Armadas do Egito,  haviam "poucas coisas" em poder de Mubarak. A mulher do Ex-presidente até acreditou que entregando a mansão que possuía no valor de 3 milhões de euros despistaria todas as outras reservas. Mas no decorrer das investigações apareceu um nome: 


Salém Hussein preso em casa. Fonte da imagem: guardian.co.uk
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Junho de 2011 - 06h06min.

Mandado de busca internacional
Fonte: english.youm7.com
Salem Hussein - Um empresário que facilitava as coisas para a família Mubarak com especialização em lavagem de dinheiro. Ele é acusado de cometer crimes internacionais, como por exemplo vender o petróleo e gás egípcio a preços de "banana" para Israel, causando um prejuízo de 750 milhões de euros aos cofres do Egito. Um mandado de busca internacional havia sido emitido pela Interpol.

Uma vez que emitida a ordem de prisão preventiva, o empresário desapareceu. Mas no dia 16 deste mês, foi preso em Madrid, em sua casa em Mallorca. O Governo espanhol iniciou imediatamente o julgamento pelos crimes financeiros cometido contra o país.

De acordo com o site "youm7" após sua prisão o juiz espanhol Pablo Rose decidiu pelo pagamento da fiança de 25 milhões de euros por Salem. 12 milhões pelo crime de lavagem de dinheiro de terceiros para Madrid.
Outros 15 milhões pelos encargos que estarão à disposição do governo.

Ao concluir o julgamento, a justiça pretende entregá-lo à justiça egípcia mas antes o empresário poderá enfrentar o Tribunal Penal Internacioal, conforme anunciou o "youm7".

Família Mubarak - Fonte da imagem: banter.burningbanner.com
No Egito, a devassa nas contas de Salém apresentaram cerca de 33 milhões de euros adquiridos ilegalmente e algo em torno de 8 milhões de euros em propriedades. Salém ainda é acusado de facilitar a compra de 4 mansões na região turística de Sharm El Sheik para as família Mubarak.

Salém é considerado um dos empresários mais "secretos" do Egito e também é uma peça-chave solucionar o caso de enriquecimento ilítico de Mubarak e sua família.

sexta-feira, junho 17, 2011

Marrocos anuncia as reformas constitucionais mas não atende as demandas populares.

O Rei Mohammed VI anunciou hoje as reformas constitucionais, que reduzem as atribuições políticas do Rei e torna o primeiro-ministro tão importante quanto um primeiro-ministro europeu. Esta importante decisão torna a revolução marroquina, "a mais pacífica das primaveras"?


Fonte da imagem: marcopolis.net
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Junho de 2011 - 19h29min.


Esta reforma anunciada será submetida ainda a um referendo no dia 1º do próximo mês. Também será eleito o primeiro-ministro junto com a nova constituição.
Fonte da imagem: moroccoboard


De acordo com o site "alkhaleej.ae" o rei deu 48 horas para que as últimas alterações sejam feitas pelos partidos e associações antes que sejam recolhidas para ele novamente.

Como já havia explicado na matéria: "Marrocos: Reforma constitucional é o sonho de liberdade.", o Rei continuará sendo a autoridade religiosa principal com o título de "O Príncipe dos Fiéis". Comandará as forças militares e terá poder sobre os políticos mais altos, enquanto o primeiro-ministro chefiará o governo. Contratará e demitirá funcionários e poderá pedir ao rei, por exemplo a dissolução do governo.


Fonte da imagem: wn.com
O Islam continua sendo a religião oficial do país.


O site "marcopolis.net" que descreve as aspirações do Rei do Marrocos e sua parceria com os "Direitos Humanos".  Ele diz que o foco de seu governo está na manutençãoda monarquia e na valorização da democracia. E sobre esta valorização, o site "marcopolis.net" conta como é a formação de seu governo:

"...O Marrocos tem um "rei forte e uma monarquia constitucional". Sob a Constituição, há uma bicameral  legislatura, com uma câmara baixa conhecida como a Câmara de Representantes composta por 295 membros eleitos diretamente pelo povo, mais um adicional de 30 assentos reservados para as mulheres, e uma câmara superior conhecida como Câmara dos Conselheiros composta por 270 membros eleitos indiretamente pelos conselhos locais , associações profissionais e sindicatos."
Atualização: 20 de Junho de 2011 - 15h02min.

Mas ao consultar a população descobre-se um grande conflito:

Do lado de lá um governo "pacífico e perfeito". Do lado de cá um povo insatisfeito que se sente ludibriado por promessas e respostas que não correspondem com a realidade.

As imagens deste vídeo foram gravadas ontem em protesto ao referendo que foi proposto. Na verdade as mudanças aparentes não são mudanças reais. Os marroquinos dizem que a costituição não sofre nenhuma mudança. O poder do Rei continuará centralizado, fazendo com que o primeiro-ministro seja uma marionete e o povo continue excluído do processo de governo do país.

Por este motivo, as manifestações continuarão!


O ambiente é de revolta


Em Casablanca milhares de pessoas foram às ruas protestar contra a nova constituição já outorgada.

Trailer oficial de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 - saulo valley blog

Iémen: Saleh pode não voltar para seu país, diz informante.

Com quem estará com a verdade, com as Agências que garantem que Saleh está em ótimas condições, ou as que dizem que ele poderá não mais voltar para ocupar o seu cargo de presidente do iémen?


Fonte da Imagem: arabia2day
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Junho de 2011 - 13h02min.

No dia 03 de Junho o carro do presidente Saleh foi atacado por um míssil, que deixou seu primeiro-ministro em gravíssimo estado num hospital do país e o próprio presidente que se declarou em ótimo estado. Segundo informações do governo do Iémen. Na época informou que ele gozava de boa saúde e que havia sofrido alguns arranhões.

Dias depois foi publicada a informação de que o presidente do Iémem havia sido transferido para um hospital em Riad, na Arábia Saudita e que ele havia sofrido uma perfuração no pulmão e que 40% do seu corpo havia sido queimado.

Fonte da imagem: France24
Ali Abdulah Salen continua cercado de especulações e dúvidas. No dia 06 de Junho, o vice-presidente do Iémen Abdrabuh Mansur Hadi disse que "o presidente voltará ao país em neste dias." Disse a AFP.
Prontamente um oficial que pediu para não ser identificado disse à AFP que "Saleh não virá!"

No dia 09 de junho a agência Reuters informou que Saleh não fora atingido por míssil e sim por uma bomba plantada em seu carro.

Nova onde de espaclações se levantou com a informação por agências de notícias, políticos e militares que querem saber como o artefato foi colocado. Se por estranhos ou infiltrados, e como conseguiram chegar tão perto?

A Embaixada Ienemita continua afirmando que Saleh goza de boa saúde e que se recupera rápidamente.

quarta-feira, junho 15, 2011

Turquia: Angelina Jolie quer ver os refugiados da Síria.

O ministério de negócios estrangeiros da Turquia anunciou hoje ter recebido um pedido para que Angelina Jolie, na condição de embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, tivesse acesso aos campos de refugiados sírios no país.

Fonte da imagem: filipinasoul
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 15 de Junho de 2011 - 07h34min.

De acordo com o site ucraniano "independent", o pedido está sendo analisado. Até o momento pelo menos 8.500 sírios atravessaram a fronteira para a Turquia na tentativa de escapar ao embate entre as forças oficiais e as forças rebeldes do exército.

Fonte da imgem: tribuneindia
Desde a sexta-feira retrasada que uma rebelião entre os soldados foi criada para distrair as forças de segurança e permitir que a população de Vaga, nos arredores da Ponte Vaga pudessem cruzar a fronteira com a Turquia.

Em resposta, o governo da Síria intensificou os ataques nas proximidades das fronteiras do país com a Turquia e com o Iraque, na região de Deir Azour para onde enorme quantidade de reforços tem sido enviados para impedir a fuga e ainda esmagar as manifestações que ganham cada vez mais forças.
No dia 12 de Junho, Alassad anunciou ter executado o último rebelde armado.

Apelo do mal

De acordo com o "independent" o governo de Bashar Al-Assad tem apelado para que o povo volte para suas casas. Segundo a Agência SNN a cidade de Vaga está deserta de seus mais de 50 mil habitantes.

Neste tempo ainda foi divuldago oficialmente pelo próprio governo da Síria, adescoberta de uma nova vala comum contendo corpos de dezenas de soldados, que segundo a versão de revolução síria, foram executados por se negarem a matar civis.

A mortandade que já ultrapassou a marca de 1300 com os números em crescimento diário, ainda é seguida de um número ainda gigantesco de prisões abitrárias que ultrapassa dos 4000 podendo chegar a pelo menos 9000 desaparecidos após as prisões pelas forças de segurança.

Muitos fugiram para as montanhas e estão vivendo em condições sub-humanas. Muitos cruzaram a fronteira e há mais de uma semana vivem ao relento somente com  a pouca ajuda humanitária que chega da própria Síria, enviada por conterrâneos, ativistas e a liderança da revolução.

Fonte da imagem: observers.france24
O site France24 de notícias, que tem colaborado ativamente na divulgação dos fatos mais relevantes da revolução síria, apresentou hoje uma visão mais panorâmica da situação dos refugiados em acampamentos improvisados próximo da fronteira.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: