Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Síria bloqueia estradas de acesso à Turquia - Atualizações

A Síria está se preparando para a intervenção. Está se armando e construindo bases e trincheiras. Criando ferramentas que gerem confusão de informação ao inimigo e sitiando ainda mais as cidades.


Video: Obra de destruição e interdição do acesso da estrada para Turquia na região de Aleppo.

Por Saulo Valley, Rio de Janeiro, 05 de Dezembro de 2011 - 08h49min.

Empurrados para a guerra pela falta de opção depois de 9 meses morrendo enquanto pedem ajuda internacional, a população síria está se cansando de se entregar para o sacrifício como ovelhas mudas no matadouro. Enquanto isto as autoridades internacionais continuam estendendo as negociações e os prazos,  para Al-Assad, que procura ganhar tempo para que seu novo sistema de defesa anti-mísseis e sistema de bloqueio de internet e vigilância de comunicações fiquem prontos.

Enquanto novas estruturas de capitalização são erguidas com a ajuda do Irã, que se promove como mestre em sobreviver debaixo de sanções em 23 anos de larga experiência.

Menina desolada com o sequestro de seu pai se seu avô pelas forças sírias.
Enquanto os Conselhos Internacionais nada fazem, e não criam nenhuma ação que seja imediata, a crise na Síria vai ganhando profundidade e novos rumos. Parte das cidades já não acreditam mais na ajuda internacional, e irritadas, sofrendo chuvas de balas dos bombardeios do exército sírio, famílias inteiras presas, crianças, jovens e adultos do sexo feminino sofrendo estupro diáriamente, estupros em massa e fuzilamento de pedestres. Estradas internacionais interditadas e uso de aeronaves para metralhar os manifestantes. Uma crise de completa ineficiência do sistema e de suas leis e procedimentos que não se adequam aos interesses de proteção de populações indefesas.

Desesperados, os jovens estão tendo vendo a formação de exércitos de civis como única alternativa para proteger seus familiares. Podem acabar aceitando alianças com grupos religiosos e terroristas ou com qualquer outra coisa que lhes ofereçam a oportunidade de dar fim a esta tragédia nacional. A ajuda internacional já está atrasada 2 meses e a população não está conseguindo suportar mais. Agora não é mais uma questão de ética ou de moral, o que acontecer na Síria daqui para frente será por culpa dos embaraços políticos e dos conflitos de interesses dos países. Como disse o Embaixador de Teerã em Beirute Qazanfar Roknabadi:

"Nós, como país, temos experimentado todas as fases há 23 anos e chegamos à conclusão de que esses métodos de sanções são vencidos e não afetarão a qualquer país do mundo."
Enquanto a Liga Árabe, a União Européia, o Conselho do Golfo e outros países estudam novas sanções, como o povo sírio fará? Estudará uma nova maneira de ser alvejado todos os dias com tiros de .50 na cabeça? Até onde durará esta persistência nas sanções?

Lembrando que em 1982, o massacre sírio em que Hafez Assad matou cerca de 45 mil manifestantes nas cidades de Homs e Hama, ele foi apenas, advertido, sancionado e seu nome foi indicado para o TPI. Mesmo assim, se manteve no poder depois que matou 100% das pessoas que queriam o fim do seu regime. Morreu em 2000 por alegada enfermidade ou suicídio... O detalhe que estas informações já estão na mente de Al-Assad e ele é testemunha ocular de que sanções e alertas diplomáticos não passam de "engana-trouxa".

Realidade síria hoje:

Uma ativista me enviou uma resposta a respeito deste assunto há alguns minutos:

"A revolução não está dividida.Apenas existem diferentes grupos se unindo para lutar contra as forças de segurança locais. O objetivo é um só: Derrubar o regime de Assad. O problema é geográfico. A província está dividida em cidades e aldeias. Todos eles estão isolados. As estradas de acesso foram bloqueadas apenas para evitar que os revolucionários possam se unir e lutar contra os soldados sírios. É por isso que matam os burros e queimam as motos e bicicletas. As aldeias são totalmente nas mãos do segurança. Muitas das vezes o número de soldados excede o número de habitantes (entre os quais há muitas crianças). Cada pequena cidade tenta criar grupos de combate e defesa. Hama e Homs, como muitas cidades (incluindo a província) são focos de protesto para que o regime se concentra com mais forças. Infelizmente, pensamos em um faroeste. Temos estradas e estradas que não estão em condições diferentes da cidade. Além disso, nós não nos identificamos com a gente para a dependência de grupos religiosos. O mundo árabe é uma bagunça para nós, porque os árabes não são homogêneos."
Video: Estrada interditada em Aleppo pelos manifestantes para atrasar os tanques sírios.


Qual será a solução imediata para que este problema seja resolvido? Acham que mais sanções ajudariam a resolver o problema? A crise está para além das sanções. Precisamos de algo mais sólido!


Assistam este vídeo e me respondam: Como sobreviver em situações como esta, enquanto se aguarda as sanções afetarem ao regime que recebe ajuda estrangeira sem segredo?


Postagens mais visitadas deste blog

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Ecologia - 45 Milhões gastos e Praia de Sepetiba jamais será recuperada

O projeto de recuperação da Baía de Sepetiba parece ser um grande equívoco. Derramar areia de praia onde era manguezal não se parece com uma recuperação ambiental, onde a água apodrecida jamais será retirada, o banho absolutamente proibido e a "nova areia" produz micoses e outros problemas de saúde e as valas negras continuam fluindo normalmente. Custo da Obra: 45 Milhões de reais.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Dezembro de 2012 - 14:51 GMT-3
A situação de Sepetiba provoca tristeza e desânimo geral. Uma poluição que parece ser irreversível e deprimente. Milhares de pessoas que antes dependiam da pesca, da área de lazer na orla e do turismo local, agora sentem a triste sensação de que foram iludidas, enganadas, roubadas, desrespeitadas e ignoradas.

Está claro que não há qualquer interesse de qualquer setor do governo pela recuperação ambiental da Baía de Sepetiba e suas praias. Definitivamente não.

Os quase dois quilômetros de areia espalhados sobre a lama apodrecida…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Mais de 50 bombeiros lutam para apagar incêndio na Universidade de Nottingham

Inglaterra: Um incêndio gigante tem sido reportado como tendo início no fim do dia desta sexta-feira, num pavilhão que pertence à Universidade de Nottingham. Citando o site "itv" como fonte que disse que quase 60 bombeiros estão lutando para apagar as chamas que queimam sem parar.

Atualização: 13/09/2014


Atualização: 13/09/2014 - As autoridades informaram que o setor que foi destruído pelas chamas era o laboratório da universidade, que na verdade estava vazio porque passava por reformas. Ninguém se feriu.
Tags:
Nottinghan University, INCÊNDIO, chamas, fogo, Corpo de Bombeiros, prejuízos, Saulo Valley, O Observador do Mundo,