quarta-feira, dezembro 21, 2011

Angola: Direitos Humanos alerta para o desvio de 30 Bi dos cofres públicos.

A organização dos Direitos Humanos (HRW) informou que Washington tem cobrado uma investigação para identificar o paradeiro de pelo menos 30 Bilhões de dólares em fundos que deveriam estar na conta dos lucros com a área petrolífera.

Nos últimos meses, o governo de Angola tem exonerado uma grande
quantidade de políticos por acusações de corrupção. Mas não há
sinais de combate da corrupção no país. Cortesia "Jornal Do Povo Angolano"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 21 de Dezembro de 2011 - 17h47min.

De acordo com o HRW, investigações do FMI (Fundo Monetário Internacional) revelaram que o dinheiro começou a ser "gastou ou desviado" desde 2007 até 2010, sem o menor esclarecimento. Os 32 bilhões representam 1/4 do PIB do país e o HRW alerta que o desaparecimento destes recursos "levanta sérias questões sobre os seus esforços e ressalta a necessidade de responsabilidade pública."

Uma outra investigação do Observatório dos Direitos Humanos havia confirmado o desparecimento de pelo menos 4 Bi dos cofres públicos entre 1997 e 2002, que a HRW apontou que as razões poderiam estar entre a má administração ou a corrupção.

Nas duas oportunidades o governo angolano prometeu investir mais em organização e na administração destes recursos, mas nada aconteceu. O Observatório dos Direitos Humanos tem pressionado o governo angolano em virtude da má distribuição de renda no país e da falta de esforço de reparar a profunda carência social que tem esmagado a camada pobre enquanto os poucos ricos ficam mais milionários.

A HRW pôs à disposição o relatório sobre os desvios de Angola.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: