quinta-feira, novembro 10, 2011

Povo Sírio rejeita Conselho Nacional: Saiba porque.

Com a crescente  vitória dos dissidentes nos confrontos armados, e a pressão do CNS (Conselho Nacional Sírio) pedindo o cancelamento do acordo entre a Liga Árabe e a Síria, o regime decidiu lutar para confundir o povo, a opinião internacional, a mídia e a Liga Árabe.


Lançamento do CNS (Conselho Nacional da Síria) - Snapshot AFP
Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2011 - 06h10min.
11-11-11 as 10h50min.

À fim de provocar descrença e de dizer que a oposição popular está dividida, a burra inteligência síria cria versões surreais e repentinas de Conselhos que ao invés de lutarem pelos interesses da revolução, lutam para ocupar o lugar do CNS. Falsas páginas de falsas organizações representativas de 3 pessoas e de si mesmas estão sendo implantadas no Facebook. Literalmente estas organizações, não existem fora da internet. Ainda o "BCN" (Órgão Nacional de Coordenação) um conselho nacional formado pela oposição cenográfica, que não representa a vontade de ninguém, além de figurar  para manter a infra-estrutura do regime sírio há 48 anos.

Por outro lado tentativa de se comunicar com a Liga Árabe, o BCN (Órgão Nacional de Coordenação) criado pelo Regime para criar confusão, foi vaiado e atacado por chuva de ovos por cerca de 100 manifestantes na sede da Liga Árabe, dizendo que o BCN não representa o povo sírio que se nega ao diálogo com o regime e exige a saída imediata de Bashar Al-Assad. De acordo com o povo sírio, a tentativa de contato entre as partes foi mal recebida devido o elevado grau de rejeição ao "plano árabe" depois que centenas de pessoas foram mortas desde que a proposta foi aceita pelo regime.


Novas acusações alegam que membros do BCN são políticos da oposição "oficial" à serviço do regime e que no seio da revolução não existem políticos, apenas "ativistas e pessoas livres." Denunciando mais uma estratégia da inteligência síria para silenciar o povo, eles pedem que o acordo com a Síria seja desfeito e que haja operação militar contra o exército sírio, para que possam praticar a democracia aos moldes do que foi discutido e decidido por todo o povo da Síria. 


Acordos Secretos com a Oposição

Alarmados, o povo sírio percebeu que uma nova manobra estava acontecendo para que Al-Assad seja preservado.  Segundo nova fonte que revelou em sua página no Facebook como uma "tentativa de restaurar a legitimidade de Bashar al-Assad".

De acordo com  a página da Revolução Síria em Painéis 

De acordo com a revolução da região de Painéis uma proposta do regime sírio em estudo em que o regime abre mão de parte do poder para ceder à oposição, aquela que é "figuração de oposição", mas para todos os efeitos, principalmente aos olhos internacionais eles são reais...

Esta informação vazou e correu em todo o mundo árabe como sendo uma iniciativa do gabinete da presidência da República Síria que, segundo a fonte foi elaborado pela cúpula de segurança e a cúpula responsável pela determinação dos passos da oposição no poder, como forma de mantê-la sob completo controle. A revolução citou uma declaração feita pelo seu informante como dizendo: 

"Há necessidade da oposição ser domesticada para servir de ajuda e não como rival. (A oposição) Será a parcela de poder pelo seu papel na restauração da legitimidade desse sistema."
Segundo a Revolução que citando a sua sua fonte no ministério disse que o prazo necessário para a implementação deste plano seria de 3 a 6 meses, no máximo.

Citando ainda uma declaração do ministro das Relações Exteriores Walid Muallem que disse que:

"A Síria será um novo modelo de democracia e não vai receber lições de ninguém, mas vai exportar democracia."

Em troca o plano sírio quer manter o Partido Ba'ath como chefe do governo e oferecer "parceria" para que a oposição ocupe metade das cadeiras parlamentares e carteiras.

Então resumindo, este projeto daria à oposição o direito de atender às demandas populares e às necessidades do povo sírio - disse Arabic Network World.


Em clima de confusão de informação, um novo evento pode estar acontecendo secretamente:

Saiba mais: http://saulovalley.blogspot.com/2011/11/siria-turquia-jordania-e-iraque-podem.html

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: