segunda-feira, novembro 28, 2011

Professor mente: As "janelas" para a solução síria foram fechadas pela Liga.

De acordo com agências árabes que disseram que o Dr. Nabil Al-Arabi tentou convencer ao regime sírio a assinar o acordo para a implantação dos "Observadores" de acordo com o plano árabe para impedir uma intervenção internacional militar na Síria e cessar imediatamente o massacre de civis além de parar o derramamento de sangue por definitivo.

Rio Orontes, um símbolo da paz síria - Cortesia: "upyernoz"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Novembro de 2011 - 12h07min.
Atualização: 29-11-11 07h22min.

Mas hoje mesmo o Ministro das Relações Exteriores disse em uma conferência de imprensa que a Liga Árabe "fechou as janelas" para as possibilidade de solução da crise síria.

De acordo com a estatal SANA o professor disse que "o exército sírio deu seus mártires para proteger os civis e responder aos terroristas", acusando que "alguns membros da Universidade estão empurrando" a Síria "para a internacionalização".

A SANA disse que o professou reclamou pelo fato de que a Liga Árabe não reconheceu a existência de "grupo terroristas armados que cometem homicídios e cometeram crimes" e em seu país.

Destacou também o fato da Síria estar ausente nas reuniões da Liga somo dizendo: "Eles não querem ouvir a  voz do outro", mas afirmou que o protocolo proposto pela Liga Árabe é "prejudicial à soberania" da Síria.

Após diversas reclamações e a tentativa de fazer a Liga Árabe se sentir culpada, ao final o professor declarou que (em outras palavras) se o Conselho de Ministros voltar atrás e cancelar as últimas decisões, inclusive as sanções financeiras, que "poderiam se abrir portas para cooperação com a Síria".

Este mesmo discurso ele foi televisionado e foram apresentados vídeos que comprovavam a existência de terroristas na sírios. Mas os manifestantes da praça do Cairo no Egito protestaram e olhem que flagrante:

00h00min Breaking News 


Para comprovar ações terroristas na Síria o professor apresentou uma sequência de vídeos falsos.
O primeiro vídeo mostra um grupo que entre Abril e Maio a Síria havia utilizado suas imagens em um vídeo dizendo que eles eram um grupo de terroristas da Irmandade Islâmica, na verdade o vídeo foi retirado do youtube de um treinamento de libaneses da Irmandade Islâmica que estava em Trípoli e quem autorizou a imagem foi um ministro libanês.


Vídeo do Professor Whalid em seu discurso antagônico e os vídeos de comparação com suas "provas de terrorismo."




A segunda prova falsa apresentava um vídeo de suposta vítima de terrorismo na Síria, mas o vídeo na verdade tem a data de 2010 e a vítima era egípcia que haviam sido morta no Líbano pelos libaneses por ele ter matado uma família inteira de egípcios, e quem descobriu a origem deste último vídeo foi a TV Aljazeera. Com isto seu acalorado discurso melo-dramático de acusação da Liga Árabe foi ao chão e a credibilidade e a legitimidade síria foi ao chão.




Fonte da imagem:
Em conjunto para apoiar
 e liberdade de intelectuais
 honrosos da Síria
Este foi o último discurso de despedida dramático, choroso, e malicioso como as "lágrimas de um crocodilo". (Até eu chorei)...de felicidade que a Síria está gastando suas últimas cartadas. Agora segue-se o juízo.


Informações sigilosas por fontes diplomáticas.


Forças militares internacionais estão cercando as fronteiras da Síria. pelo menos neste exato momento há mais cerca de 2000 soldados americanos espalhados no entorno da Síria. Uma fonte diplomática de completa confiança, disse que uma tropa americana entrou secretamente dentro de Damasco e está pronta para executar a ordem de cessar definitivamente o massacre. A fonte disse que as tropas entraram para impedir uma ação de genocídio denunciada pelo Exército Livre, e que ao chegar em Damasco descobriram que a Síria não o poder que aparentava ou que insinuava. A fonte descreveu a reação da força-tarefa como "decepção", ao descobrir que a Síria não tem mais do que encenação e blefes na manga de Al-Assad. Tantas pessoas mortas com medo só da propaganda.


Enquanto isto há porta-aviões russo com pequenos aviões na costa síria, mas não haverá tempo para reação. De acordo com minha fonte, os Estados Unidos e a Turquia entrarão, controlarão a situação e entregarão o país nas mãos da Liga Árabe, para que dê prosseguimento ao processo de formação do novo governo.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: