terça-feira, novembro 22, 2011

OpSyria: Anonymous inicia campanha contra repressão síria.

Em uma nova mensagem divulgada neste domingo (20-11) gravada em vídeo a organização mundial de hackers "Anonymous" prometeu iniciar uma campanha contra o regime de Al-Assad em favor da população síria. Saiba mais sobre os desenvolvimentos no país aqui:


Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2011 - 07h48min (GMT-3)
Atualizado as 09h37min.

Cercado por todos os lados e vendo este cerco se fechando cada vez mais, o regime sírio se mantém porque ainda tem apoio das potências de oposição, Essencialmente Russia, China e Irã, entre outros países menores.
É com base neste apoio que Al-Assad, um tipo de cão feroz que cuja garantia está no seu dono, tem ameaçado o mundo e o Oriente Médio, caso tente impedir que ele continue matando a população síria como um todo. Um acontecimento absolutamente novo no mundo. Algo de completa insanidade e complexidade. Ontem foi confirmado que navios russos estão se aproximando da costa da Síria pelo lado Leste do Mar Mediterrâneo para impedir qualquer tentativa de invasão da NATO.

Forças de segurança atiram em manifestantes a partir do telhado do
Centro Cultural em  em Hama - 13-11-11.
Em campanha à favor da Síria, a agência russa de notícias RT News (Russia Today) afirma que os atiradores nos telhados são agentes da CIA, MI6 e Mossav, atribuindo às organizações de inteligência ocidentais a responsabilidade pelas mortes dos civis na República Síria. Particularmente é a primeira vez que vejo agentes de inteligência sendo filmados em bando, atirando de telhados de prédios do governo.

Nesta segunda o primeiro-ministro turco enviou uma mensagem forte ao presidente sírio Bashar Al-Assad, além de garantir que ele não tem como se manter no poder apenas com poderio militar também avisou ao SNC (Conselho Nacional Sírio) para se preparar para a transição. O ônibus que transportava peregrinos da Arábia Saudita para Turquia que foi atacado pelas forças assassinas do regime sírio deixou 2 turcos mortos. Na mesma região em Homs, 1 saudita foi morto quando tentava encontrar seus parentes. O Reino exigiu explicações pelo ataque. A Embaixada Saudita na Síria condenou o assassinato chamando de "ataque pecaminoso." Este evento aconteceu 3 dias depois do Reino ter anunciado o retorno das relações comerciais com a Síria, após dois dias de suspensão em represália pelo ataque à embaixada saudita. Relações cada vez mais conturbadas parecem ser atos de provocação de Al-Assad para que os países iniciem uma incursão e provoque reações de seus aliados: Irã, Líbano, Nigéria, China e Rússia.

Após dois dias de condenação à Liga Árabe, Bashar Al-Assad continua uma violenta campanha de punição nacional, desafiando à tudo e à todos. Em situação cada vez mais complicada, as relações internacionais com a Síria só se complicam e quanto mais países se envolvem em condenação aos crimes de Assad, mais países se manifestam em sua defesa.

Um jogo de xadrez onde todos são mestres e todos têm seus truques na manga, os "Anonymous" acreditam que podem dar alguma colaboração para ajudar ao povo sírio. Com este objetivo, anunciaram o início de uma gigantesca batalha virtual contra os crimes de Al-assad. O Anonymous promete não recuar.


OpSyria


Parte do texto do Vídeo:

"Enquanto você lê este, Bashar al-Assad, presidente da Síria, investido numa guerra sangrenta e brutal ao seu povo que busca nada mais do que a auto-expressão em face da opressão.

O governo sírio controla ativamente o livre fluxo de informações para seus próprios motivos sinistros através de um completo apagão da mídia internacional. O Estado detém o monopólio sobre os meios de comunicação sírios, proíbe qualquer análise crítica do regime, e os jornalistas e blogueiros livremente prisões por capricho. Vigilância digital é comum, e após a prisão, muitos cidadãos são torturados até que eles revelam suas contas de redes sociais e senhas.

...Durante meses, as forças de segurança têm sistematicamente envolvidos em assassinatos, espancamentos, torturas, desaparecimentos, prisões e outros atos desumanos que visa parar a busca pela liberdade e democracia.

Anonymous não vai ficar de braços cruzados enquanto Estados como a Síria degradam a humanidade comum de seus cidadãos através da ameaça de violência e repressão. Vamos desafiar ativamente os governos que se dedicam a censura e que as guerras sangrentas de salário ao seu próprio povo.Vamos agir em defesa do povo sírio. Vamos garantir que o mundo saiba de sua brutalidade e do sofrimento de seu povo. Suas mentiras flagrante será desnudada para o mundo inteiro ver. faremos tudo que pudermos para ajudar o povo sírio até que você é derrubado do poder.

Hoje, sírios luta pela alma de seu país. Enquanto o Estado usa táticas opressivas para restringir seu povo, não vamos descansar. A estrada de Damasco foi tomada e não há como voltar atrás agora." Nós somos Anonymous.



Leia ainda: HACKERATIVISMO: OPSYRIA: TODOS OS SEGREDOS DA SEGURANÇA DIGITAL DA SÍRIA.

Os novos vídeos do OpSyria campanha 2011-2012:



Anonymous Trailler

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: