Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Moscow retirará veto contra resolução da ONU sobre a Síria?

O prazo da Rússia era até o fim do mês para que Al-Assad entrasse em entendimento com a população e atendesse as suas exigências, que na verdade não eram muitas. Ele atraiu para si um monte de autoridades e organizações para que uma ação invalidasse a outra, mas desta vez, Al-Assad não é mais o protegido de Medvedev que está pedindo às Nações Unidas que pare imediatamente o massacre.

Kremilin -"anasiantraveler" - Creative Common
Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 01 de Novembro de 2011 - 15h59min.

As Nações Unidas já haviam anunciado ontem que retornariam a discussão para impedir que mais outros milhares de pessoas sejam mortas por Al-Assad. Então agora a situação é realmente séria.

Tudo isto veio à tona pelos dois motivos que foram publicados no último artigo deste Observador.  Aliados a estes motivos, as mortes só aumentaram. Assad hoje volta a pedir mais tempo e suas tropas matam mais.

Ontem pelo menos 30 soldados pró-assad e dissidentes morreram no confronto em Homs, que é a região mais atormentada pelas forças do regime há 2 longas e sangrentas semanas.

Foi então que Moscow mostrou-se indignado com a insistente estratégia de dispersar e silenciar as manifestações utilizando tanques, snipers e fuzileiros.

Segundo o site "almustaqbal" a Rússia teria enviado um pedido expresso  ao Secretário Geral das Nações Unidas Ban Ki-Moon e as autoridades em Nova York para que impeçam a prorrogação deste derramamento doentio e covarde do sangue do povo sírio.

Damasco - A capital da Síria - Cortesia "CC"
Pensamento do Regime

Em seu site oficial de notícias, a SANA, o regime sírio deixou transparecer a sua interpretação sobre a situação. Nesta Terça (01-11) o presidente Sírio recebeu a visita do chefe do Partido Democrático Libanês, o príncipe Talal Arslan, ainda o líder druso Sheikl Nasreddin Gharib e o ministro de Estado do Líbano Marwan Kheireddin.

A SANA disse que os convidados foram até Damasco para falar sobre "a intenção internacional de minar posições e a estabilidade da Síria, a segurança pan-árabe e assuntos pertinentes ao Líbano."

Segundo a SANA, citando o príncipe Talal Arshan que teria destacado que "A Síria representa a primeira linha de defesa árabe contra sionistas e ocidentais".

E a agência SANA citou a agência de comunicações do Partido Democrático do Líbano, como que por um comunicado logo após volta do príncipe Arslan a Beirute, que teria afirmado a existência de uma "conspiração visando a Síria, como parte de uma conspiração contra toda a região."

É claro que este discurso manipulado lembra as ameaças de incendiar a região feitas pelo presidente Bashar Al-Assad há 2 dias..

Em continuação à lavagem cerebral, a SANA disse ainda que o príncipe teria enviado a uma mensagem de apoio à Síria como que dizendo: "A Síria tem que superar a crise e se tornará mais forte do que nunca". De acordo ainda com a SANA a autoridade teria "elogiado o programa de reforma liderado pelo presidente al-Assad e afirmando que seu partido continuará a estar ao lado do governo, o líder da Síria, e das pessoas."

Crime premeditado

Gostaria de poder fazer todo o mundo enxergar o conteúdo do documento da inteligência síria que foi extraviado das forças de segurança e vieram parar nas mãos de ativistas. Mas parece que muita gente não acreditou. É ler o documento e fazer uma retrospectiva de tudo o que acponteceu até agora e comprovar que coumpriram à risca tudo o que estava planejado e impresso, carimbado e assinado.

Este documento altamente secreto não deveria estar na internet certo? Mas fontes muito fiéis de dentro da inteligência, que apoiavam a Revolução popular insatisfeitas com a situação, enviaram estes documentos para que o mundo tivesse ciência de como Al-Assad agiria com as autoridades internacionais e com seu próprio povo. Inclusive o documento diz que:

"No caso de assassinatos, a célula de segurança devem repetidamente acusar gangues armadas ou radicais, e afirmar que o aparato de segurança e o exército estão a contribuir para a proteção da estabilidade da ordem, e as pessoas."
"O anúncio de instruções estritas do Ministério da Educação para "alertar" as escolas e alunos sobre o uso da Internet e Facebook."
"Proibir todos os meios de comunicação de ir aos lugares de agitação, e punir qualquer difusão de qualquer notícia que não serve ao Estado - e não mostrando qualquer tolerância nesta matéria."
"...para usar snipers dentro dessas empresas de uma forma não-aparente para evitar a localização da fonte do fogo - também para aumentar a cobertura: Não há nenhum problema em matar algumas unidades e oficiais da exército, já que esta é útil para aumentar a animosidade do exército para os manifestantes."
Quando se fala em pronunciamento presidencial a ordem é:

"Atrasar o discurso, tanto quanto possível, como esse atraso é uma expressão do poder do Estado e sua imunidade para os eventos atuais."

Sobre diplomacia a ordem é grave:

- Instruir embaixadas da Síria no exterior, bem como o Ministério das Relações Exteriores para tranquilizar os EUA e os países europeus, e lembrando que a frente Golan pode ser sensível a instabilidade se os radicais tiverem sucesso e ganharem o controle.
- Instruir a embaixada da Síria em todos os estados para monitorar os sírios e seu comportamento - o ministério das Relações Exteriores está agindo nesta matéria.- Preparar as equipes de segurança e meios de comunicação para a implementação o mais rapidamente possível e como secretamente possível.
Para efeito de esclarecimento este documento foi divulgado em Maio deste ano, quando a cidade de Daraa estava sitiada. Mas o regime sírio tem se valido de Hackers para impedir a permanência de publicações importantes online. O link inicial pode ter mudado de nome, mas acredito que o site "intercom.gs" inteiro foi hackeado. mas foi publicado pelo site que é muito completo em inteligência no auxílio das demandas populares. O mais importante é que o documento original está aí. Quem se interessar e puder traduzir poderá conferir sua autenticidade. 

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Brasileiros e sírios levam arte às crianças refugiadas colorindo cenários de guerra

Uma iniciativa que merece muitos aplausos levou um grupo de jovens artistas de rua brasileiros, a se encontrar com artistas e ativistas de diversos países em conflito armado. Eles tentam transformar campos de refugiados em escola viva de pura arte em cenário de muitas cores! - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de aneiro 24 de Abril de 2017

"Magic Caravan" é um projeto social criado em 2013 e a ONG Al Caravan atua na Síria , Líbano, Turquia e Alemanha, ajudando a dar um futuro melhor para crianças e adolescentes sentenciadas a viver em campos de refugiados e campos de concentração ainda remanescentes na Alemanha.

Na Síria, o grupo ajuda crianças das regiões mais intensas do país, cujas áreas residenciais e rurais são constantemente bombardeadas pelo regime sírio, milícias islâmicas, Rússia e países ocidentais. Possui pequenos centros de educação em lugares considerados "redutos rebeldes" como Aleppo, Daara, Homs, Latakya, Damasco e Idlib…