quarta-feira, novembro 02, 2011

Google Analytics versus Google Statistics: Qual deles funciona?

Analisando as estatísticas do meu blog de notícias percebi que as duas ferramentas do Google não trabalham com sistemas similares. Eles calculam independentemente e inexplicavelmente os resultados parecem ser absolutamente incompatíveis com a realidade.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 02 de Novembro de 2011  - 13h26min.

Com base nos resultados diários do Google Statistics , até o fim do dia, o número de acessos deverá alcançar mais de 1400 hoje...

...mas olhando o Google Analytics dá até desânimo.


Estes dois gráficos foram, copiados há 10 minutos e no mesmo horário, cada um no seu respectivo site. Porque estas disparidades tão grandes? O Google chegou a um nível de utilização que ele não tem como dar suporte diferenciado para cada usuário. Ele cria as seções de ajuda em cada ferramenta e disponibiliza perguntas e respostas pré-programadas, mas nem sempre correspondem com as necessidades ou dificuldades dos usuários. Na última vez que tentei utilizar uma auto-ajuda do Google, gastei 2 dias inteiros visitando fóruns e seguindo todas as etapas que o desenvolvedores indicavam. No terceiro dia desisti.

Comecei a criar recurso próprios e fui seguindo o meu instinto porque há situações dentro do Google que você pára e anda em círculos.

Talvez por estes motivos algumas ferramentas do Google devam ser descontinuadas ou reformuladas. O Google Buzz já está se despedindo. O Google Reader nem conseguiu atrair muitos usuários.

As novas linguagens de gráfico que o Google está implantando, são muito importantes, porque aceleram a web. São mais leves, mais rápidos e mais resistentes a hackerismos de HTML. Esperamos que o Google Adsense, o Google Analytics e o Google Statistics façam algum dia valer o nome que exibem, e que permitam ao usuário ter algum benefício ou que recuperem, a credibilidade perdida há tempos...

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: