quinta-feira, novembro 17, 2011

Egito: Mundo chocado com primeiro blog de nudez de uma jovem árabe.

Uma jovem de 20 anos, que no mundo árabe é adolescente, criou um Blog onde se mostra completamente nua e ainda adiciona fotos de suas amigas e seu namorado. Ela protesta contra a hipocrisia de um mundo que se diz moderno e livre.

Quando uma mulher árabe mostra pequena parte de seu corpo,
é tratada como prostituta pra sempre, nas leis islâmicas.
Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 17 de Novembro de 2011 - 06h36min.
Atualizado as 10h26min (GMT-3).

Os países da América do Sul são considerados grandes paraísos sexuais. Nunca se ouviu falar que um país árabe do Oriente Médio explorasse o turismo sexual, embora possa ser bastante possível que aconteça e por causa da força das leis islâmicas, da religião e das tradições, pouco seja divulgado.


Foi para quebrar esta tabu que uma jovem criou um Blog com propósito de se mostrar numa espécie de jihad de nudez. Esta menina, como é caracterizada pelo mundo árabe gerou um escândalo tão grande que sua página obteve mais de 1,5 Milhão de acessos em 24 horas. Mais 770 seguidores se conectaram a ela em seu blog, mais de 8 mil no twitter e as principais agências de notícias árabes publicaram este escândalo que está levando o mundo islâmico ao desespero.

O detalhe é que a jovem que estuda em uma universidade americana no Cairo, fala inglês fluentemente, por causa da cultura de seu país, em sua faixa etária é considerada uma criança, mais ao postar suas fotos em um portal americano, apesar dos clamores e de todo o estresse das autoridades Islâmicas, não deve excluí-lo já que ela é maior de 18 (do ponto de vista ocidental).

Este acontecimento deverá forçar o mundo árabe a equilibrar, futuramente, a classificação etária das pessoas com a mesma orientação ocidental entre outras adaptações. Enquanto ela corre risco de morte, seu protesto contra hipocrisia faz sentido. O grande número de fans que adquiriu em tempo recorde prova que muitos dos homens e mulheres do mundo islâmico se sentem representados pela moça.


Poucas horas atrás, a jovem enviou um vídeo onde "um casal" é detido por ter cometido um crime grave: Foram vistos abraçados em uma praça pública (Praça Al-Azhar no Cairo).


Esta foto é pano de fundo para o Blog.
Abraçados em público em desafio às
leis islâmicas.
Karim Amer, seu namorado é ativista e ambos se uniram a um grupo de jovens que querem provocar uma nova revolução egípcia, uma Revolução Cultural. Ela, em seu blog diz que sua nudez é um protesto contra o machismo.


Apoio Árabe

Em sua página de rede social ela disse ontem (16/11) que alguém lhe enviou uma mensagem dizendo:
"Você é livre para prejudicar a si mesma".
Uma jovem que usa pseudo @AlyaaGad escreveu dizendo que
"Aliah Magda é uma adolescente sozinha, de pé e nua enfrentando 80 milhões de egípcios."
Abuso


Mas sua história não é um glamour. Ela conta em um vídeo sobre violência física na infância. Para ela, que foi violentamente agredida por toda a sua vida por seu pai, mostrar seu corpo é o menor dos problemas.  Em sua página do Facebook que não está mais disponível, Alia Magda Mehdi (faz questão de mostrar seu nome completo) disse que há cerca de uma ou duas semanas saiu de casa após ter apanhado de seu pai. Ela contou que levou 3 surras, quando decidiu não voltar para sua casa  usando o ônibus escolar. Ao preferir tomar um ônibus convencional ela havia quebrado uma rígida regra.

Depois de ser muito espancada quando chegou, a jovem menina postou fotos de algumas marcas que seu pai havia deixado em seu corpo. As outras fotos foram deletadas por causa das proibições islâmicas que só permitem que a mulher mostre as mãos e o rosto.


A verdade é que Alia Magda acabou levantando uma das questões humanitárias mais difíceis de se resolver no mundo árabe: A exploração sexual forçada, a escravidão, repressão e agressão contra o sexo feminino. Enclausurada ela envia pedidos de socorro para todo o mundo, por meio de seus vídeos que tratam de abusos físicos infantil. Uma única jovem para representar e se tornar o símbolo e a voz de todas as mulheres do mundo islâmico.

Outro escândalo em torno da exposição pública da nudez de Magda é que  após a divulgação de um vídeo em ela está dentro de uma tenda de ocupação contra a corrupção do movimento 06 de Abril, muito foi questionado se ela não estava prejudicando a credibilidade do movimento político popular que se levantou para a queda de Mubbarak. Em entrevista ao site árabe Al-Arabya ontem, ela negou fazer parte do movimento 06 de Abril, dizendo que faz parte de seu próprio movimento contra a discriminação e racismo contra as mulheres.


Liberdade de Expressão e de Imprensa

A crise envolvendo Alia Magda não termina por aí: Seu namorado Karim Amer conta que há um mês atrás fez contato com revistas e emissoras de TV pedindo a atenção para o que tinha de dizer e protestar. Ele comentou em seu Blog, que esperava que após a queda de Mubbarak "seu país estaria respirando novos ares", quando viu sua entrevista mutilada a tal ponto que tudo o que ele pretendia dizer havia sido deletado.
Karim queria denunciar o massacre de Maspero cometido por militares da era Mubbarak. Ele conta que ficou espantado pois correu para comprar seu exemplar da revista e descobriu que sua "fala"  não havia sido publicada. O crime que ele denunciou foi descrito como uma "farsa". Revoltado ele disse ter "descoberto" que "os autores do crime haviam se tornado os editores da revista."

Juntos embora lutando em esferas diferentes e ao mesmo tempo apoiando-se mutuamente, o casal enfrentará o mundo. Eles arrebatarão admiradores e seguidores. Serão odiados e perseguidos. Expulsos e acolhidos. Muitos procurarão apagá-los mas este casal tende a nunca mais ser esquecido.

Obs: Em respeito às leis internacionais e à comunidade islâmica, não há nenhum link que leve a nenhuma página ou rede social de Alia Magda publicado aqui. Sinto muito e obrigado pela compreensão.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: