Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Resposta ao veto da Rússia e à abstenção do Brasil, Índia, África do Sul e Líbano.

A Rússia explicou porque veta e vetou o projeto de resolução que visava impedir imediatamente o progresso dos massacres de civis na síria. Países que não votaram também se explicaram. Mas ninguém consultou a opinião do povo sírio:



Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 06 de Outubro de 2011 - 06h23min.


Explicação russa para o veto: "A Rússia entende que o povo sírio não está buscando uma mudança agressiva e sim gradual de regime, ressaltando que o texto ainda não leva em conta a ação de grupos terroristas extremistas lutando contra o regime sírio."

Enquanto que lá fora os manifestantes pedem a morte de Alassad, o fim do partido terrorista Ba'ath e o fim dos monopólios, ciranda financeira e corrupção imediatamente.

Mudanças radicais -  Tem mudança radical pior que ser expulso de casa, ter sua casa varrida por tiros de canhões 3 vezes ao dia, ter suas portas arrombadas por agentes de inteligência diáriamente, ver seus parentes morrerem dentro de casa, ou quando dão os primeiros passos até a rua, são executados por snipers?

Tem mudança pior para uma cidade viver 6 meses sitiada pelo próprio exército, sem direito de entrar ou sair, sem comida, remédios, água, eletricidade, sem hospitais, sem mobília, sem dinheiro no bolso, vivendo sob ameaça todos os dias, vendo seus parentes desaparecendo um a um e quando voltam estão sem cabeça, sem braços, queimados e perfurados por tiros e grosso calibre e facas e vergalhões e pregos?


Tem mudança radical pior que de repente entrar numa escola e ela se transforma num campo de concentração onde estudantes, professores e a comunidade são torturados, humilhados e assassinados em grande número diáriamente?

Video: Esta criança e estes estudantes dizem que só voltarão às aulas depois que Al-Assad for morto.


Tem mudança radical pior do que acordar e descobrir que ao invés de carros de passeio, bicicletas e motos, a cidade se tornou um reduto de tanques e veículos blindados que atiram impiedosamente para todos os lados aleatóriamente, além de grande quantidade de ônibus que ao invés de conduzir trabalhadores para a cidade ou para o campo conduzem dezenas de assassinos cruéis, bandidos, ladrões que invadirão sua casa, estuprarão suas filhas, roubarão todo o seu dinheiro, queimarão todas as suas lembranças familiares, roubarão suas últimas moedas, comerão toda a sua comida, destruirão todas as lojas, e saquearão seus produtos essenciais para a sua subsistência e de toda a sua comunidade; Eles incendiarão seus hospitais com os pacientes dentro, sabotarão os geradores de energia para ver os recém nascidos morrerem nas incubadoras!


Tem mudança radical pior que se dirigir para um templo a fim de fazer suas orações e constatar que a mesquita se tornou uma base militar e centro de prisões e torturas e ainda ser preso e morto por isto? Tem mudança radical pior que viver numa cidade linda e em seis meses não conseguir distinguir mais os edifícios, nem mesmo sua residência de tantos bombardeios e ataques do seu próprio presidente?

Tem mudança radical maior que ver o exército que jurou proteger a nação sair todos os dias em campanhas de destruição de todas as cidades, em perseguição incansável a todos os que pedem o direito de se expressar, a manutenção de seus direitos, quando já não sobrou nem mesmo o direito à vida; convidando mercenários estrangeiros e terroristas radicais para ajudar a torturar, mutilar e explodir as manifestações, matar seu animais de criação, suas plantações, tomar suas casas, sítios e fazendas, e te perseguir além das fronteiras vizinhas matando todos os que buscam se proteger da morte cruel?


Tem mudança mais radical que você sair de casa e não mais sentir cheiro de flores, nem de comida, nem de perfumes, apenas das fumaças dos carros das forças de segurança, do lixo espalhado nas ruas há meses, do sangue dos inocentes que secam no asfalto e dos corpos em decomposição nos asfaltos e calçadas? Tem mudança radical  pior que ver praças públicas transformadas em cemitérios, ver dezenas de corpos empilhados em poucos metros de areia, ver túmulos em praças públicas sendo violados por estranhos e estrangeiros, além de ver estradas sendo construídas sobre as valas comuns que antes abrigavam seus parentes, amigos e soldados que morreram te defendendo?

Tem mudança radical pior que ligar a TV estatal e ver um político russo, iraniano, chinês, brasileiro, indiano, iraquiano, libanês e tantos outros dizendo que estão lutando pela sua segurança e quando você vai às ruas encontra atiradores iranianos liderando as matanças de seus parentes e vizinhos, lançando granadas explosivas iranianas no meio dos manifestantes, além de bombas de gazes venenosos, e gases que afetam aos nervos, tanques russos atropelando seus filhos que levantaram apenas cartazes e faixas pedindo o fim do massacre, guerrilheiros do Hezbollah mutilando e decapitando pessoas honestas que você conhece desde a infância, diplomatas brasileiros, indianos e africanos vindo apertar as mãos do líder de toda esta carnificina enviando mensagem de apoio, se omitindo de votar quando deveria se mostrar radicalmente contra o massacre?

Tem mudança radical pior que você saber que existe uma justiça internacional que há 13 anos julga ditadores que praticam crimes contra a humanidade e de repente o presidente que mata mais de 17 pessoas por dia por meios bárbaros, inclusive bombas de prego e armas químicas, e crema suas vítimas para que não sejam contabilizadas pela justiça internacional, depois do massacre de mais de 5000 civis trabalhadores mulheres e crianças não recebe mais do que um alerta para parar de matar e meses depois de relatórios diários de mortes em massa, permanece em silêncio?

ALERTA

O Conselho de Segurança das Nações Unidas e o Tribunal Penal Internacional, precisam passar por profundas reformas. Seus estatutos estão se tornando obsoletos para a realidade atual. Seus membros são em grande maioria parceiros dos criminosos e não há imparcialidade em muitos dos votos, vetos e resultados. Se não houver uma revolução nas leis internacionais e nos estatutos das organizações que regem os países e seus líderes, o mundo entrará em colápso depois que o mais alto nível da justiça humana perder total credibilidade. 


Se o Conselho de Segurança não fizer modificações rápidas, sua sede e eventos não passarão de palcos políticos para demonstração de poder e influência de líderes maliciosos e cruéis, além de dar início a uma nova tendência: Se aliar aos países mais influentes no Conselho, para cometer crimes contra a humanidade abertamente e ainda gozar de proteção internacional.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Blue Whale 1 - O game da morte em nome da Baleia Azul

Blue Whale: O jogo da morte induz adolescentes ao suicídio via Redes Sociais e Skype já fez mais de 130 mortes entre Rússia e Europa, mas já tem adeptos no Brasil - Continue Lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 09/04/2017

Poderia ser uma lenda urbana.. Mas o game "Blue Whale" (Baleia Azul) se tornou viral na Europa e na Rússia (desde 2014) deixando pais e as autoridades locais em completo alerta. O game que usa basicamente as redes sociais também promove encontros e eventos fora da web, reunindo suicidas depressivos adolescentes em espantosa e crescente comunidade.

Nos últimos 3 dias as agências internacionais começaram a alertar ao mundo sobre este jogo de auto-flagelação que culmina no suicídio. Os administradores do grupo exercem grandes pressões para garantir que o grupo seja unido, confiável e fiel aos propósitos malignos a que se propõe sem questionamentos.

Uma adolescente disse ao Saulo Valley Notícias que tem a informação de que quando o …

Brasileiros e sírios levam arte às crianças refugiadas colorindo cenários de guerra

Uma iniciativa que merece muitos aplausos levou um grupo de jovens artistas de rua brasileiros, a se encontrar com artistas e ativistas de diversos países em conflito armado. Eles tentam transformar campos de refugiados em escola viva de pura arte em cenário de muitas cores! - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de aneiro 24 de Abril de 2017

"Magic Caravan" é um projeto social criado em 2013 e a ONG Al Caravan atua na Síria , Líbano, Turquia e Alemanha, ajudando a dar um futuro melhor para crianças e adolescentes sentenciadas a viver em campos de refugiados e campos de concentração ainda remanescentes na Alemanha.

Na Síria, o grupo ajuda crianças das regiões mais intensas do país, cujas áreas residenciais e rurais são constantemente bombardeadas pelo regime sírio, milícias islâmicas, Rússia e países ocidentais. Possui pequenos centros de educação em lugares considerados "redutos rebeldes" como Aleppo, Daara, Homs, Latakya, Damasco e Idlib…