sexta-feira, outubro 14, 2011

Angelina Jolie vai à Líbia - A volta dos combates em Trípoli.

A musa hollywoodiana dos adolescentes e marmanjos cinéfilos de plantão decidiu fazer uma viagem de 2 dias na Líbia, como Embaixadora da Boa Vontade para agência de refugiados das Nações Unidas - UNHCR.

Contesia: "yourbdnews"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 14 de Outubro de 2011 - 16h42min.

A notícia da ida de Jolie para visitar os refugiados da Líbia atraiu muitos admiradores e autoridades que aliás, este é o objetivo: Chamar a atenção do mundo para a situação de milhares de pessoas excluídas da sociedade. Isoladas em acampamentos improvisados e sem recursos. Fruto de perseguições políticas, guerras civis, étnicas ou sectárias.

O site "The Telegraph" disse que Jolie esteve em Misurata no dia 12, quando visitou pacientes no hospital local.

Enquanto isto mercenários pró-Kadafi voltam a Trípoli trazendo de volta os confrontos armados ausentes há pelo menos 30 dias. Com a frequência de combates na região, a tensão aumentou e com ela as preocupações com a segurança dos civis. Vídeos pró-Kadafi exibem grande quantidade de civis atingidos por balas de fogo, mas tornar mulheres e crianças escudos humanos sempre foi uma especialidade do ex-ditador.


Combates na capital, guerra virtual. Apoiadores de Kadafi criam páginas e publicam vídeos na velocidade da luz. O derrame de informações é tão grande que nenhum outro vídeo sobre a Líbia aparece nas buscas, apenas os vídeo dos dois canais de apoio a Kadafi e contra os Rebeldes e a NATO. Eles são: "scupecenterTV" e "1VSMRK". Vídeos com informações perigosas. Resultados manipulados e com interpretações inversas à realidade. À exemplo de Al Assad, Kadafi tem se dedicado a fabricar resultados para confundir a opinião internacional e reverter o processo de democratização da Líbia a seu favor.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: