sábado, outubro 29, 2011

Alerta de falta de água potável explica o Google Street View na Amazônia?

Desde os primeiros dias do mês de Janeiro deste ano, o presidente Barack Obama anunciou uma profecia pronunciada por Washington que prevê a crise mundial de abastecimento de água potável para os próximos anos. Paralelamente o Google Street View se lança no meio da floresta amazônica com suas parafernálias de gravação registrando cada trilha, rio e braço de rio por toda a região. Será isto em benefício de quem?


Autor desconhecido - "Free-use by creative common"
Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 29 de Outubro de 2011 - 17h36min.

Quando a internet foi inventada pela inteligência do exército americano, sua aplicação seria para a transferência de informações que não fossem interceptadas durante IIª Guerra, ou para que grande soma de dados pudessem ser transferidos em curo prazo para locais completamente remotos e livres de ataque das formas inimigas . Com o fim do conflito, a web começou a ser compartilhada "gratuitamente" para uso público e de interesse da "humanidade".

Em determinado momento todas as organizações de direitos humanos do mundo começaram a questionar a privacidade da web. Decobriu-se que todos os endereços que iniciavam com a tag "www" passavam pela central de inteligência do serviço secreto americano. Ninguém estava seguro, e o pior é que a internet já havia se convertido num essencial meio de comunicação e troca de informações pelo planeta.

Após umas décadas de batalhas judiciais e discussões a tag "www" que continua sob vigilância dos servidores da inteligência americana pôde ser desobrigada de uso para que as pessoas de todo o mundo pudessem utilizar a web sem serem monitoradas.

O acesso que inicia com "http://" passou então ser válido. Mas uma outra estratégia militar pode estar por trás da maior rede de vigilância de comunicações e informações no planeta. Seu nome: "Google".

O Google é uma plataforma gratuita que independe se funciona como "www", "Http://" ou só com o nome do endereço em si. Como se mantém a maior empresa de internet do planeta?

O mais incrível é que ela se alimenta de informações que antes deveriam ser roubadas, agora são fornecidas voluntáriamente por seus usuários.

Uma breve experiência com o cinema me fez perceber que o serviço secreto americano tem a estratégia de atrair as suas "vítimas" por meios de entretenimento gratuito. Além da internet, ele possui o monopólio do cinema, dos games, do Google, do Sistema Operacional Windows, canais de TV à cabo e da maioria dos satélites que flutuam no espaço. Além disso ele domina a maior parte do espaço.

Todas estas ferramentas lhe permitem o controle absoluto de cada indivíduo no planeta.

Você sabia que todas estes atrativos que citei acima passam pelo controle do ministério da Defesa dos Estados Unidos da América?

Quanto você acha que custa fazer um filme como "Transformers 2", "Homem-de-Ferro"? Se o ministério das forças armadas fosse cobrar para emprestar navios, helicópteros, caças, carros, bases militares soldados e armas de mãos, além de seu próprio nome institucional, quanto custaria?

E você acha que é fácil fazer games de guerra realísticos como "Modern Warfare" e "Battlefield" que contam fatos verídicos e mostram imagens realísticas com base nas informações retiradas das próprias operações americanas no mundo e supervisionados por generais, chefes de operações internacionais e Seals além de dados de inteligência de graça?

Não está entendendo onde quero chegar?


Em meados de Agosto deste ano, a organização não-governamental  FAS (Fundação Amazônia Sustentável) iniciou o projeto de digitalização da floresta amazônica em parceria com o Google Street View. Segundo o site de notícias Último Segundo, a organização teria explicado o objetivo desta aventura:

"vivenciar as peculiaridades da vida e cultura de comunidades isoladas na região e assim aumentar a conscientização para a preservação da Amazônia".
Eu, Saulo Valley tenho umas perguntas a fazer:


Se diáriamente são desmatados o equivalente a 16 campos de futebol na Amazônia, claro com supervisão e permissão política comprada em Brasília por meio da bancada ruralista, como fará o Google Street View para garantir que dentro de 1 ano apenas, depois de estar assistindo inúmeras vezes as imagens gravadas no site, a humanidade não descubra que na verdade aquele lindo lugar já se tornou um deserto meses antes?


Esta estratégia furada não estará apenas servindo de "tapa-olho" da humanidade? Ou será que alguém acredita que a atualização das imagens será diária? 

A própria matéria do Último Segundo explica que por causa da dificuldade de registrar cada trilha de mato na amazônia, o Google espera que os próprios moradores fotografem os locais onde moram!


Porque então será que vale o esforço? Como o Google Street View pode contribuir para a preservação da Amazônia? 


Rio Amazonas no Goggle Maps.
Quem no mundo se interessará em acessar ao Google Street View para percorrer trilhas de mato no meio do nada, e como será possível encontrar as trilhas, por nome?


Haverão placas de sinalização ou CEPs que indiquem a trilha por onde o usuário deseje "caminhar"?


De olho no futuro, especialista internacionais disseram que na verdade descobriram que a Amazônia não é o "pulmão do mundo". Os rios são os verdadeiros "pulmões do mundo". E o Brasil é tão agraciado que além da Amazônia possui ainda o Aquífero Guarani!!!! Este último sozinho tem a mesma quantidade de água potável que todos os rios de água potável do planeta


Coincidentemente todos os países aliados dos Estados Unidos tem  repetido este mesmo refrão desde o início do ano:
"A população mundial está à beira da crise da água" disse o site da Arábia Saudita Aleqt.
O Conselho Mundia das Águas disse:

"Crise da água - Enquanto a população mundial triplicou no século 20, o uso de recursos hídricos renováveis ​​cresceu seis vezes. Dentro dos próximos 50 anos, a população mundial aumentará outros 40% a 50. Este crescimento da população - juntamente com a industrialização e urbanização - irá resultar em uma demanda crescente por água e terá sérias consequências sobre o meio ambiente."

Na verdade todo planeta deve ser preservado, mas se o mundo inteiro está alarmado com a iminente crise internacional da água potável e o Brasil tem de sobra, isto já constitui um grande perigo e nós temos que ser menos ingênuos.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: