sábado, setembro 10, 2011

Síria pede SOS internacional numa das sexta-feiras mais sangrentas para os civis e dissidentes

Desde o início, a intenção do regime era manter o povo isolado e silenciado. Até o momento em que saíram para as manifestações públicas eram tratados com violência, mas no momento em que decidiram pôr a boca no mundo pedindo intervenção militar internacional, passaram a ser tratados com furiosa aniquilação.


VIDEO:Atirador fuzila cinegrafista amador no momento que percebeu que estava sendo filmado


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 10 de Setembro de 2011 - 07h29min.
Atualização: 14h10min.

A primeira cidade a pedir a ajuda da NATO foi Rastan. No primeiro momento Assad não acreditou que fosse representar alguma coisa. Mas foi ganhando força. No dia 07 de Setembro as crianças de Rastan saíram às ruas para pedir socorro ao Conselho de Segurança das Nações Unidas.


Esta ação tornou-se conhecida e ajudou a fazer com que outras cidades percebessem que sem uma ajuda militar eles jamais conseguiriam interromper a fúria da vingança sangrenta que se aplacou sobre o país.

Foi por este motivo que as Comissões de Coordenação da Revolução da Síria decidiram que a sexta-feira do dia 09 de Setembro seria chamada "Sexta da Proteção Internacional". As crianças tornaram-se alvo primário em todo o país. São muitas as vítimas feridas ou mortas.

Esta campanha acendeu a fúria de Bashar Al-Assad contra a cidade de Rastan que após ter sido sitiada dias depois daquele protesto, começou a ser massacrada violentamente "para servir de exemplo para as outras cidades."
Vídeo: A menina Alkhoeld de 4 anos de idade teve a perna amputada na cidade de Homs.


A fúria de Bashar Al-Assad aumentou ainda mais quando um vídeo surgiu na internet apresentando um grupo de dissidentes liderados pelo primeiro-tenente Mohammed Abdul Aziz Talas.


Uma explosão de mutilações, torturas, mortes, fuzilamentos, abusos de todas as formas, invasões em hospitais para sequestrar feridos e atacar os médicos. Uma carnificina sem medida nem limites. Em Papa Amr  a ativista política que por segurança usa o pseudo "Rosalinda Rojhelat" contou que uma invasão de carros do exército equipados com foguetes BMB (RPG) chegou neste Sábado em pesada campanha de massacres.

Imediatamente as vítimas foram chegando... 


OBS: A fim de evitar videos sangrentos, temos procurado apresentar os vídeo mais limpos sempre que possível. Mas a verdade é que se os vídeos sangrentos não existissem ninguém acreditaria em imagens com pessoas com curativos. O relatório sobre a quantidade de mortos nesta sexta ainda não foi finalizado porque emendou com o Sábado e os corpos não param de chegar.

Há relatos de testemunhas oculares de que muitos presos estão sendo executados e queimados nas prisões subterrâneas em todo o país.

Há cerca de 1 hora a equipe diplomática da Liga Árabe foi ao encontro de Bashar Al-Assad para pedir o fim do massacre. É óbvio que ele não vai parar, por ninguém e nem por motivo algum! Ele terá que ser parado!

Rebelião

Na região chamada "Canto do Monte" houve uma rebelião militar. Os dissidentes do Exército Livre iniciaram um pesado ataque contra as forças de Assad. De acordo com o relatório enviado na tarde desta sexta-feira cerca de 30 agentes de segurança e CBihh foram mortos. No combate também caíram militares dissidentes que foram brutalmente esmagados pelo incomensurável número de reforços que chegou ao local utilizando tanques contra os rebeldes.

A tropa de dissidentes liderada pelo tenente Shahid Yusuf Juma foi esmagada com "brutalidade e suas mortes foram bárbaras." disse o relator.

Os nomes dos mártires, e alguns informações sobre eles: 

1 - Tenente Shahid campos Yusuf Juma Turco - Deir ez-Zor 
2 - Shahid Rookie Majid de Hasaka 
3 - Sgt Shahid Malik Silverline da virgindade de Aleppo 
4 - Shahid Ahmed recrutador canto Zeno de Ramá Monte 
5 - Shaheed Muhammad recrutador Zeno de Arimatéia Monte o ângulo 
6 - Mártir Mahmoud Rookie Zeno do canto do Monte Ramá 
7 - Shahid Rookie Salloum Bilal da aldeia de Monte inteligência hich 
8 - Shahid Kamal recrutar Fares da vila de hich 
9 - Shahid Mustafa recrutador Duqmaq aldeia hich 
10 Shahid Mustafa idade recruta da vila de Dbsh definidos 
11 - mártir recrutador Zakaria de Hama

Outros civis morreram durante o ataque. Todos os corpos e informações sobre eles estão no Hospital Nacional de Idleb.

Como bem lembrado pela minha amiga ativista Tizy, em Junho Bashar Al-Assad disse que "a Síria surpreenderia e lideraria o mundo no quesito Direitos Humanos".

09:56min Divisão no Batalhão 62


Um ativista dos direitos humanos disse que houve um conflito nas forças armadas que dividiu o 62º Batalhão O grupo de desertores de cerca de 500 soldados e seus oficiais ainda arrebatou pelo menos 30 veículos blindados e anti-aéreos. Os manifestantes comemoram, mas eles mais cometem ações suicidas que protegem o povo. Falta liderança, estratégia, estrutura e pessoal.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: