Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Síria cerca mesquitas e escolas para impedir manifestações pacíficas.

O Brasil está de parabéns! O evento que começou a partir do Facebook, foi para as ruas pacíficamente reuniu quase 3.000 pessoas que protestaram contra a corrupção política. Na metade do evento os reforços policiais haviam sido dispensados. 
O povo brasileiro pede, justiça, cadeia e até morte para políticos corruptos.
Foto: Saulo Valley
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 21 de Setembro de 2011 - 14h17min.
Atualização: 16h26min.


Enquanto que na síria, no primeiro momento que estudantes do intermediário escreveram no muro da escola contra corrupção e ditadura foram presos e torturados pelo Serviço Secreto. Desde então as forças e reforços têm sido multiplicados contra a população. Oficialmente mais de 2700 mortos até agora.


Soldados espancam manifestante. O vídeo termina antes de mostrar qual terá sido o seu fim...



A situação na Síria caiu num ciclo vicioso. O exército sitia uma cidade, as forças de segurança invadem com seus ônibus lotados de Shabihas, anuncia-se o toque de recolher, o serviço secreto invade as casas, confere as identidades e prende as pessoas que estão listadas. Confiscam seus valores, quebram seus móveis, espancam, torturaram e matam. Os tanques atiram contra as casas, as metralhadoras anti-aéreas fazem chover projetis sobre as residências, os snipers matam a todos os que ousam sair para as ruas e os presos são arrastados para os ginásios esportivos e escolas. Lá são torturados, humilhados e 80% deles são liberados (cheios de sequelas). Os outros 20% são torturados até a morte alí mesmo ou em prisões subterrâneas. Depois de deixar toda a cidade completamente esmagada, levantam acampamento e iniciam tudo de novo em outra cidade. Completado o ciclo, voltam outra vez na primeira cidade sitiada e repetem todo o processo. Não precisa dizer que de isolamento em isolamento, o número de populares é literalmente  cada vez menor... Uma minoria tem coragem para cruzar as fronteiras, já que as forças de segurança adotaram a prática de perseguí-los durante a fuga, numa caçada mortal e desumana.

Video: O professor Abdul Baset Hamza era diretor de uma escola síria 
(média violência).


Shabihas hiperlotam as entradas das escolas para impedir manifestação de estudantes como exemplo neste vídeo:



Força internacional

Esta mulher que aparece cantando no vídeo uma canção muito popular nas demonstrações sírias, comanda o apoio ao povo sírio na Alemanha, Áustria, Boêmia, Eslováquia e em Praga. Concordo que é difícil para um árabe puxar esta letra, muito mais difícil ainda para uma alemã:


Atitude Internacional

Estamos buscando uma solução melhor que aumentar as pressões políticas e comerciais. A economia síria está estagnada. A recessão já está instalada confortávelmente no país e veio para ficar lado-a-lado com a morte. As duas únicas companheiras do povo sírio. Enquanto Erdorgan e Obama discutem aumentar as pressões contra a Síria, deveriam pensar numa forma de pressionar Bashar Al-Assad e sua corja. Eles ainda estão muito protegidos por trás do Estado. Nenhuma destas ações violêntas têm sido comandadas nem executadas pelo Estado e sim pela família Assad e seus apoiadores, que têm interesses financeiros neste genocídio sem precedentes.

Uma declaração que parece ingênua pode ser uma estratégia para evitar que Assad enfrente julgamento futuramente: O artista Youssef Shaaban, que é amigo da família e acompanhou Assad desde quando era pequeno alegou no último dia 20 que Al-Assad tem um incurável transtorno mental. Segundo seu depoimento publicado pelo site árabe "Youm7" Assad teria passado toda a sua vida frequentando psiquiatra mas o seu médico particular disse que ele precisaria de acompanhamento médico por toda a sua vida.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Rodoviária Novo Rio - Assaltos, insegurança, medo, abandono e caos nas vias de acesso

   A Rodoviária Novo Rio, na cidade do Rio de Janeiro é muito bem policiada, graças a Deus. Mas as vias que levam até ela sofreram mudanças radicais com as últimas obras na região. Um completo abandono absurdo fora do prédio. Veja os pontos mais perigosos:


Atualização: 14/05/2015 - 19:30 GMT-3
   Pra começar a segurança é zero, fora do âmbito da Rodoviária e quem vai viajar de ônibus precisa assumir os riscos. Assaltantes emboscados esperam 24 horas por suas presas que passam com suas bolsas e malas e são abordadas sucessivamente sem que sejam incomodados. A engenharia de trânsito é péssima e a maioria dos pontos de ônibus foram colocados a quase 1 quilômetro de distância da rodoviária e quem depende destas conduções para retornar pra casa, é obrigado a percorrer esta distância arrastando malas, caixas e bolsas, enquanto que os ladrões vão correndo atrás de suas vítimas como leões atacando uma manada de zebras.

   A alternativa forçada pela situação só privilegia os taxistas que fazem …

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…