domingo, setembro 18, 2011

Síria 47 mortos no Sábado - O mundo precisa derrubar Bashar Al-Assad em nome da humanidade.

No início, os vídeos não eram confiáveis. As fotos podiam ser montagens e as agências de notícias haviam sido expulsas, a exemplo do incêndio criminosos contra o prédio da Reuters em Damasco. Depois que todas as portas de comunicação diretas e indiretas foram fechadas iniciou-se a aniquilação de todos os que tiveram coragem para dizer que não querem mais continuar debaixo da opressão sangrenta da família Assad.


Video: Na cidade de Douma milhares de pessoas vão às ruas no velório de Subhi Zararah, 45 e Muhannad Al-Natour de 17. Ambos fazem parte de um total de 47 civis mortos só neste Sábado.



Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Setembro de 2011 - 06h59min.

Ao passo que dezenas de manifestantes pacíficos iam sendo diariamente executados à tiros pelas forças de segurança do governo sírio, mais pessoas iam acreditando que algo muito errado estava acontecendo naquele país.

Mas isto não é suficiente. Eles estão sendo perseguidos. Literalmente caçados e assassinados em grande quantidade todos os dias. Eles não são escolhidos. São mortos aleatóriamente!

Segundo depoimentos de soldados dissidentes, "A ordem é executar tudo o que se move."

Desde a última sexta-feira violentos tremores têm sido reportados pelos manifestantes em referência a poderosas explosões em diversas cidades sírias. Ainda não ficou claro sobre o tipo de armamento que estão usando para este fim, mas sabe-se que o exército sírio está evoluindo em poder de fogo, onde buscam matar o maior número possível de manifestantes em quantidades menores de ataques.

Agora uma nova prática: Executar cinegrafistas e fotógrafos amadores.


Outra prática maquiavélica é sequestrar manifestantes e obriga-los a vestir uniformes militares. Ordenar que corram enquanto snipers tentam executá-los. O resultado é um vídeo que será usado para mostrar para o mundo que gangues armadas (invisíveis) estão atirando contra os soldados sírios. Observe que ninguém nunca viu um civil armado. Nem mesmo estes supostos soldados estão armados. Mas recebem uma quantidade assustadora de tiros. (violência suportável)


Agências de notícias, ativistas dos direitos humanos, ativistas políticos e blogueiros estão se esforçando ao máximo para trazer à tona toda a podridão escondida por trás da imagem pacífica e franzina do presidente sírio, mas ainda não é suficiente!

Todo este esforço precisa chegar a algum tipo de resultado prático, além de aumentar a ira de Al-Assad que agrava ainda mais o grau de violência contra os civis sírios.

Ao organizações não-governamentais têm se unido às principais organizações e agências de direitos humanos, refugiados, conselhos e comitês para que? Aonde está o resultado prático de todas as ações realizadas por todas as pessoas e entidades espalhadas pelo mundo?

Porque Al-Assad permanece intocável enquanto brinca de "Hittler" praticando toda sorte de violência contra seu próprio povo, por simples perversidade?

Após seis meses de crescente destruição e morte, aplicando técnicas e equipamentos cada vez mais cruéis, sem dar satisfações nem ouvidos a ninguém, como este ser continua praticando em escala infinitamente maior as suas maldades contra civis desde os recém-nascidos até os idosos?

Refugiados sírios em países vizinhos tem sido caçados e mortos à tiros por Shabihas e tanques do exército e as mulheres violentadas em ações massivas em acampamentos de refugiados sem que ninguém faça nada além manifestar repúdio de vez em quando!

Porque o mundo só exerce poder contra os populares? Porque ninguém que exercer este poder esmagador contra autoridades principalmente criminosas como esta?

Bashar Al-Assad precisa ser parado. Suas atividades desumanas e sádicas precisam ter fim, em nome de tudo o que é mais sagrado, honesto, justo e verdadeiro, se é que estas coisas ainda existem!

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: