Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Estatística Síria: 17 mortos em ataques a estudantes.

O círculo está se fechando. A Revolução Síria 2011 começou numa escola do ensino fundamental. As crianças aprenderam sobre as revoluções que estavam acontecendo nos países vizinhos, e descreveram suas percepções nos muros. Enquanto os estudantes entre 10 e 16 anos estavam sendo presos e torturados, parentes e ativistas foram às ruas pedir por suas liberdades. Iniciada a caçada contra os manifestantes, ataque às residências, perseguição aos ativistas e finalmente chegou a vez das escolas:

Video: Médicos e estudantes protestam contra as ações criminosas do regime. Mulheres caminham ao centro para serem protegidas da violência.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Setembro de 2011 - 07h42min.

Agora cada civil é um alvo primário. Todos os estudantes são presas fáceis. Assad invade as escolas para ensinar uma nova lição ao povo sírio. Não há direito a ser exigido, a não ser a perda dos poucos direitos que lhes sobraram. Não há lei nem força que os favoreça. Não há respaldo em suas exigências e suas necessidades não precisam ser supridas. Não há dever maior que submeter-se ao poder das armas de fogo das forças sírias e curvar-se diante da imagem do seu presidente Bashar Al-Assad. 


Diante de tão devastadora ameça os sírios resistem em pedir o fim desta tragédia nacional. Suas únicas possibilidades estão concentradas nas manifestações. Ainda milhares de pessoas morrerão até que alguém decida assumir que Bashar Al-Assad tem cometido "crime contra a humanidade". Não há mais o que falar. Todas as provas estão expostas em excesso. O Google e o Youtube agora está impedindo que as imagens sejam amplamente publicadas para evitar constrangimento da audiência. Isto é bom, mas sem elas, o mundo tem a impressão de que tudo voltou ao normal. Ninguém tem pressa em socorrer o povo sírio. Pra melhorar, as 20 mortes diárias agora estão beirando a média de 40 a 50. Ninguém se importa.


Não há mais argumentos a serem apresentados, e as forças do povo estão se esgotando. As agências de notícias não sabem mais quais termos usar para descrever tal tragédia, mas para os altos líderes mundiais, as provas nunca são suficientes e ainda há quem consiga barrar ajuda humanitária e militar para este povo. O povo sírio já nem está gravando mais as ocorrências. A maioria dos vídeos estão sendo gravados pelos próprios soldados do regime.  Isto é de uma inescrupulosa desumanidade! As organizações de direitos humanos lutam para provar as iniquidades cometidas contra o povo enquanto potências que lucram com a tragédia invalidam seus esforços. Existe teto mínimo de mortos para ser considerado um genocídio? Existe um número mínimo de civis torturados injustamente para ser caracterizado como "crime contra a humanidade"? Não existe serviço de inteligência internacional que num caso absurdo como este não possa ser enviado para apresentar os relatórios como sendo uma fonte oficial?

Retirar os estudantes das escolas não é crime contra os direitos humanos internacionais? Matar e torturar crianças recém-nascidas e adolescentes não é crime contra a "Infância e Juventude" e crime hediondo? Usar o exército para matar deliberadamente a população indefesa e sem acusação, a fim de proteger seu cargo político,  não é "crime de guerra" e "crime contra a humanidade"?  Não constitui ainda "abuso de poder", "uso excessivo de força", "Uso de cargo público para interesses pessoais"? Prender e torturar até a morte equipes médicas, invadir hospitais e atirar a esmo, destruir equipamentos médicos porque estavam salvando vidas não constitui nenhum tipo de crime?

Invadir, bombardear, saquear e destruir casas, motos, veículos, prédios públicos, lojas, templos e escolas não constitui "atentado contra o patrimônio nacional"? Falsificar relatório de civis mortos, cremar presos sem o conhecimento da família e da sociedade, tomar terras, incendiar plantações, matar criações, estuprar adolescentes, jovens e mulheres idosas, invadir, saquear acampamentos de refugiados, além de mata-los, que crimes constituem?

Usar as forças armadas e gangues de civis mercenários contratados e enviados para perseguir populares sírios que tentam cruzar as fronteiras vizinhas a fim de proteger suas vidas, indo até os países adjacentes violentando e executando seu próprio povo constitui algum tipo de crime?

Se estas e muitas outras ações diárias do exército sírio, das forças de seguranças, do serviço secreto ordenadas por Bashar Al-Assad não são crimes hediondos, então não existe justiça neste planeta.

Este é o exemplo que a humanidade dá para aqueles que cometem crimes na sociedade. Porque já ví pessoas matarem um único ser vivo e ficarem 16, 20, 30 anos na cadeia. O regime de Saddam Hussein não matou 10% de todos os mortos pelo Regime Assad e ele foi enforcado.

Impunidade para George Bush. Impunidade para Bashar Al-Assad. Impunidade para Kaddafi. Impunidade para Saleh. Não há impunidade para civis e pessoas que cometem pequenos crimes.

Até um assalto à banco é mais dígno de condenação que este extermínio brutal. Talvez porque o dinheiro seja mais importante que que a vida humana.

Solução

Se o mundo parar de se concentrar nas sanções e nos avisos, talvez pense melhor que atacar a síria não resolverá. Os crimes não são cometidos pelo estado e sim por um funcionário do governo e todos o obedecem. O mundo DEVE fazer Al-Assad PARAR AGORA!

Punição para seus colaboradores e fornecedores internacionais e locais. Enquanto a Rússia, a Índia  e a China fornecem toda sorte de suporte para Assad continuar matando, estes mesmos países gozam de completas mordomias internacionais, e até mesmo dentro do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Afinal, de que lado o Conselho de Segurança está?

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Sepetiba está abalada com a morte de Maria Aparecida "Índia Pop Bazar"

Invejada, explorada, roubada muitas vezes por pessoas de sua inteira confiança, também era assaltada e assediada por pessoas que planejavam tirar proveito de seu sucesso profissional. "Cida", como gostava de ser chamada teve uma morte trágica e o bairro está em desespero com a onda de assaltos que vem infernizando a pacífica região.

Por Saulo Valley, O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 02 de Julho de 2013 - 10:10 GMT-3
Atualização: 19:35
   Até o fim de 2012 Maria Aparecida morava num cômodo dentro da loja "Índia Pop Bazar". Tudo porque se sentia insegura na questão das inúmeras tentativas de roubos, assaltos e golpes que tinha que conviver todo santo dia.

   Prosperidade perseguida

   Maria Aparecida era uma mulher de origem muito pobre e não tinha sequer a 4ª série do ensino fundamental. Mas sua dedicação ao trabalho, fez com que abrisse uma pequena loja de artigos de R$ 1,99.  No início poucas pessoas acreditaram, mas ela era divertida. Chamava atenção com seu…

Blue Whale 1 - O game da morte em nome da Baleia Azul

Blue Whale: O jogo da morte induz adolescentes ao suicídio via Redes Sociais e Skype já fez mais de 130 mortes entre Rússia e Europa, mas já tem adeptos no Brasil - Continue Lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 09/04/2017

Poderia ser uma lenda urbana.. Mas o game "Blue Whale" (Baleia Azul) se tornou viral na Europa e na Rússia (desde 2014) deixando pais e as autoridades locais em completo alerta. O game que usa basicamente as redes sociais também promove encontros e eventos fora da web, reunindo suicidas depressivos adolescentes em espantosa e crescente comunidade.

Nos últimos 3 dias as agências internacionais começaram a alertar ao mundo sobre este jogo de auto-flagelação que culmina no suicídio. Os administradores do grupo exercem grandes pressões para garantir que o grupo seja unido, confiável e fiel aos propósitos malignos a que se propõe sem questionamentos.

Uma adolescente disse ao Saulo Valley Notícias que tem a informação de que quando o …

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…