Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

ALERTA: O número oficial de mortos na Síria é acima de 5300 civis .

Cerca de 60 pesquisadores de direitos humanos fizeram uma verificação criteriosa de uma lista de 3.004 nomes de pessoas informadas como mortas em pelo menos 127 localidades da Síria desde as primeiras mortes, no início dos protestos em Março até o dia 09 de Setembro. Havia um adicional de 2.356 nomes listados como mortos mas não-verificados de acordo com o relatório.

ONG Avaaz na busca pelos sírios desaparecidos
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 22 de Setembro de 2011 - 14h59min.

De acordo com os protocolos internacionais, todas as mortes relacionadas tiveram as três informações exigidas para que sejam validadas pelas autoridades internacionais para o reconhecimento das mortes é que para cada morto haja reconhecimento por:

  1. Pelo menos por 1 membro da família
  2. Por amigos, vizinhos e líderes comunitários
  3. Funcionários ou membros de mesquitas.


As leis internacionais determinam que é obrigação do Estado que todos os casos de óbitos sejam:
  1. Prontamente registrados, 
  2. Corretamente identificados
  3. Publicamente reconhecidos.

Mas o governo sírio mantém um pacote de informações que representam quase 1/2 do número de mortos anunciados pela ONU, ao passo que o novo relatório representa o dobro do número de mártires anunciados pelo alto comissariado das Nações Unidas em 12 de Setembro 2011.

OBS: Um número grande de casos as vítimas são transladadas as vezes com vida e executadas em regiões onde não há como cumprir as exigências internacionais. Há os que são informados apenas como desaparecidos, sem falar nos presos que depois de mortos são cremados pelas próprias forças sírias.

O que é definitivo é que o número de mortos cujas informações alcançaram as exigências dos direitos humanos e internacionais é de 5.360. Mas de acordo com o site "irinnews" citando o diretor da Avaaz como dizendo:

"Sabíamos que os números oficiais estavam muito abaixo ", "Os 3.004 nomes foram verificados, ao mesmo tempo e sabemos que 2.356 pessoas adicionais estão definitivamente mortos, mas não temos sido capazes de verificar os seus nomes sob os nossos critérios rigorosos."

Enquanto todos os dias morre um número considerável de civis, o governo sírio só reconhece 1400 vítimas desde o início dos conflitos que ele descreve como "vítimas de gangues armadas". No vídeo a seguir, um Shabiha que desertou gravou seu depoimento que está legendado em inglês:


Outro vídeo importante é este que comprova a existência de membros do Hezbolah dentro das forças sírias.


Ainda há um número não-verificado de mortos que inclui 308 nomes de civis, 674 militares e outros 1374 nomes informados como mortos que nunca foram encontrados.

De acordo com o "irinnews", estes dados foram reunidos por 37 grupos de direitos humanos que lançaram a "Carta de Reconhecimento de Cada Vítima de Violência Armada" no dia 15 de Setembro  passado. A Carta foi apresentada oficialmente pela diretora-executiva adjunta do Centro de Direito Humanitário da Sérvia, Sandra Orlovic.

Fonte: Com base nas informações divulgadas pelo site "irinnews" que trata divulga as estatísticas e relatórios a serviço dos direitos humanos da ONU, desenvolvemos este texto para melhor compreensão da brutal realidade síria nos dias de hoje.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Last Day On Earth - Top dicas pra você sobreviver neste mundo caótico

O Rio de Janeiro está sitiado e precisa de um milagre político - O Observador do Mundo

Pior que cair num precipício sem ter percebido o perigo antes, é andar na direção dele sabendo que não tem opção - Continue lendo

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 07 de Julho de 2016

A cidade do Rio de Janeiro está em total desespero. Por todas as redes sociais estão visíveis as manifestações de angústia, sentimento de opressão, pressão psicológica e amargura de saber que nossa cidade poderá continuar debaixo do jugo das máfias e milícias, crime organizado e seitas religiosas cujas atividades já cansaram de estarrecer o país.

O pior de tudo é que todo este pesadelo virá sobre a cidade por voto popular, isto porque a atual política não oferece um candidato acima de qualquer suspeita. Todos são suspeitos de trabalhar em função dos grupos que representam e potencialmente explorarão todos os recursos da cidade em detrimento de interesses particulares. Um vício político que se enraizou na antiga "Cidade Maravilhosa" até que se tornou num "Curral Ele…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Protótipo da nova Urna Eletrônica acaba de ser apresentado e parece sabe com o quê?

Acaba de apresentar o "protótipo da nova urna eletrônica" aos ministros do TSE. Confira à seguir:



Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 04/05/2017

O Brasil pediu o fim da corrupção, o governo deu proteção aos corruptos. O Brasil pediu o fim da criminalidade, o governo deu imensa quantidade de leis com brechas que protegem criminosos. O Brasil pediu o fim da Imunidade Parlamentar e o governo respondeu com a Lei de abuso de Autoridade que cria brechas para criminalizar juízes e promotores do Ministério Público Federal e aumenta o poder dos advogados criminalistas na defesa de seus clientes.

O Brasil pediu o fim do voto obrigatório, o governo respondeu com um suposto "novo modelo de urna", só que desta vez mais bonitinho!

Protótipo da nova urna é apresentado aos ministros do TSE. Modelo traz melhorias no design.
Mais informações em instantes no portal do TSE. pic.twitter.com/wnVS0iOfUD — TSE (@TSEjusbr) 4 de maio de 2017


A "nova" urna e…