segunda-feira, agosto 22, 2011

Síria: Usando força bruta máxima contra manifestantes e execução de presos.

Há dias foi informado pelo "Saulo Valley Blog" que cerca de 22 mil soldados estavam presos no complexo penitenciário de palmyra corriam risco de ser executados. 3 dias depois a notícia de que as prisões estavam sendo incendiadas. Ontem vídeos que comprovam o crime conseguiram ser enviados para fora da Síria. As imagens são fortes e só estão sendo apresentadas para comprovação do crime.


Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 22 de Agosto de 2011 - 09h45min.

A limpeza vai seguindo em seu curso cada vez mais violento e livre. O mundo silenciado e a postura permissiva do mundo árabe. Ao ponto de forças de segurança que atuam na internet agradecerem aos Brasil, China, Rússia, Índia e África do sul pelo apoio ao regime de Assad.

Video: flagrante de forças de segurança executando motoqueiro de nome  Raed, que era um jornalista que colaborava para a agência síria de notícias de Homs (HNN).


Ontem foi informado pela Organização Nacional dos Direitos Humanos da Síria através do BlogHumans que o empresário Dr. Eng. Mahmoud Farzah que é um dos industriais mais importantes da síria foi preso sem qualquer acusação apresentada. O Dr. Mahmaoud é diabético.

Video: Enquanto que internautas pró-assad acusam os terroristas de colocarem franco-atiradores nos telhados, as imagens que temos são estas: 


Com o anúncio da entrada de uma equipe especial da ONU/UNRWA para avaliar as condições dos acampamentos palestinos na Síria, que foram atacados por forças de segurança pró-Assad na semana passada, que provocou a fuga de cerca de 7000 refugiados, os funcionários do governo fizeram uma grande reforma nos locais dos ataques em preparação para a chegada da comissão especial.

Testemunhas oculares disseram que houve um trabalho de jardinagem, plantio de flores, limpeza do sangue das ruas, recolhimento de cadáveres. Segundo os moradores, a equipe foi escoltada pelas forças de segurança passa apenas nos locais que preparados pela equipe de "limpeza". Mas embora a equipe da UNRWA insista em visitar o acampamento de Al-Ramel, os manifestantes disseram que há uma grande quantidade de jovens e adolescentes presos na "Bin Yousef Nadaf School".

Eles contam que intimidados por soldados e tanques ao redor, transeuntes foram escolhidos aleatóriamente para gravar entrevistas sobre o tema "tranquilidade" na região.

As testemunhas contaram ainda que enquanto a equipe percorria os locais preparados para sua chegada, uma campanha de invasão de casas foi iniciada em "Qnaines, Bustan Seidawi, e na vila de Salma onde mais de 20 refugiados palestinos foram detidos."

Mesmo com toda repressão os manifestantes ainda saíram às ruas nas regiões de Sleibeh, Berqidar e Seidawi Bustan.

Video: Nesta madrugada o fogo pesado continuou em Homs no bairro de Rastan. No vídeo, a munição pode ser vista cruzando os céus negros do bairro enquanto manifestantes procuram formas de voltar para as ruas em protestos que já estão chegando à casa dos 6 meses.


Finanças sírias

Para cada dólar americano, são necessárias 70 libras sírias. Uma desvalorização que tende a se agravar ainda mais. Manifestantes tem denunciado o derramamento de Libras sírias falsas no país:


Fuga de divisas

Um twitter da equipe de hackers de Al-Assad em Damasco, informou que cerca de 27 milhões de libras foram confiscadas por uma secretaria especial do governo. De acordo com a fonte, o dinheiro estava sendo enviado para fora do país em um veículo público:

"Syria: الجهات المختصة في أمانة مركز الدبوسية تصادر نحو 27 مليون ليرة سورية معدة للتهريب في سيارة عامة"
Os atentados por parte do governo sírio não são somente contra a vida humana. Ele tem destruído cidades inteiras e patrimônios. O vídeo a seguir mostra um número de automóveis completamente destruídos depois de terem sido esmagados por tanques do exército. Antes eles só esmagavam motos. Agora os automóveis têm sido alvos constantes desde o início da semana passada.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: