Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Síria: Rússia e União Européia fazem pressão pelo fim da violência.

A pressão sobre o governo sírio vem de todos os lados. Nesta Terça-feira a Russia enviou seu mensageiro para  Damasco a fim de pedir o fim da violência no país. De acordo com o site Nokiagate que citou uma fonte diplomática com que dizendo que Mikhail Bogdanov, vice ministro do Exterior teria sido enviado para falar com Al-Assad diretamente e com a oposição.

Manifestantes sírios em frente à embaixada síria em Cairo
Cortesia: "
Maggie Osama"
Por Saulo Valley -Rio de Janeiro, 30 de Agosto de 2011 - 20h16min.
Atualização: 22h29min.

A delegação russa entregou nas mãos de Bashar Al-Assad a carta do presidente Dimitry Medvedev, que com base na informação do site exortava para:

"...a necessidade de cessação imediata e completa de violência por qualquer das partes, e para dar passos concretos para alcançar as reformas anunciadas pela liderança síria com urgência." 
 Já o site "maqroo2" disse que o Deputado sírio Falhaut Saber foi à "Rádio Sawa" para dizer que a síria recebeu grande demonstração de apoio da Rússia dizendo:


"o oficial russo chegou ao levantamento da situação após o que chamou de campanha "confusão e desinformação contra a Síria e o processo de reforma."

Segundo o site, o Deputado teria dito que "o oficial russo "chegou a ouvir a opinião da Síria e ver as coisas como são, de fato". Ele ainda teria descrito a posição da Rússia como:

"uma posição como um amigo e uma lógica e objetiva demostração de sua opinião, dos eventos que ocorrem na região árabe em geral e especialmente na Síria."
Ainda a "SANA" agência de notícias da Síria citou o presidente sírio Bashar Al-Assad como descrevendo a preocupação do amigo Dimitri Medvedev como "equilibrada".

No momento em que escrevia estas linhas recebi um vídeo violento mas que esclarece todo o processo de reforma sendo implementada na síria. Foi gravado no dia 06 de Maio em Homs (estas imagens são muito fortes. Só estão aqui porque este massacre precisa ter fim!):


Neste meio-tempo a União Européia emitiu sua declaração sobre a situação dos Direitos Humanos na Síria. O porta-voz da alto representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança falou sobre a agravamento da situação no país com relação aos Direitos Humanos.

O comunicado foi emitido nesta Terça:

O comunicado demonstrava a preocupação contínua sobre o aprofundamento da violência praticada pelo "regime sírio contra manifestantes pacíficos, ativistas de direitos humanos, e o povo sírio em grande porte."

Para esta situação, a Porta-voz disse que "renova sua condenação inequívoca da repressão brutal."

Ela destacou o caso do cartunista Ali Farzat que após ter sido sequestrado foi brutalmente agredido pelas forças de segurança "por ter expressado seus pontos de vista". Ele teve suas mãos quebradas e foi internado em estado grave. dois dias. Ontem precisou se submeter a uma cirurgia de emergência com o agravamento de seu estado de saúde. 

Nota: Uma fonte da família do cartunista me escreveu um e-mail há 2 dias dizendo:

 "Não fizemos nada. Eles é que desenharam e nos acusaram. Juro que não fizemos nada de errado!"

A Porta-voz disse que o caso de Ali Farzat "é apenas um exemplo de violações generalizadas dos direitos humanos".

Obs: Outra observação é que outro Farzat está desparecido: o Dr. Mahmoud Farzat que é industrial e um dos grandes compradores de soja do Brasil.

Ela continuou alertando que "muitos outros ativistas, independentes e defensores dos direitos humanos foram submetidos a atos de barbárie e similares desrespeito pelos direitos humanos, incluindo a alegados casos de tortura." Foi o caso do ativista Ghaleb Amer, denunciado pelo grupo internacional de ativistas de direitos humanos "BlogHumans".

Ashton não se esqueceu de citar que ainda "milhares de pessoas continuam em detenção sem acusações." esclarecendo que "a repressão não se limita aos ativistas".

Ela lembrou o ataque a mesquitas e a fiéis citando o exemplo do violento ataque à mesquita de Al-
Rifai localizada no bairro de Kfar Sousseh em Damasco no sábado 27 de agosto. Lembrando que aquela era  a hora mais sagrada do Ramadan.

Vídeo que chegou enquanto eu escrevia ainda esta matéria: Forças de segurança invadem a mesquita de Al-Rifai destruindo os móveis e lançando bombas de gás lacrimogênio nos fiéis.


Por fim deixou o alerta pelo fim da: 

"...violência indiscriminada por parte da segurança da Síria. Todos esses ataques e a repressão ampla deveparar imediatamente, os manifestantes detidos sejam libertados e que haja um caminho aberto para o cumprimento das legítimas aspirações do povo sírio." - http://www.consilium.europa.eu.pdf
Pressão internacional, pressão popular e agora cresce a pressão militar:

Hoje foi um dia de acontecimentos importantes para o desenrolar para o fim deste episódio catastrófico. Espera-se que à curto-médio prazo. O Oficial de marinha Coronel Malik Abdul Halim anunciou nesta terça sua deserção das forças armadas para juntar-se aos manifestantes. Este é uma testemunha viva dos ataques marítimos a Latakya:


Novas deserções foram notadas desde o bombardeio em Latakya e o ataque ao acampamento palestino de Al-Riad. Desta vez pelo menos 1/3 dos militares da 4ª Divisão comandada pelo sanguinário Maher Al-Assad demitiu-se do exército sírio indo juntar-se ao exército livre que é formado por dissidentes. Entre eles o General Brigadeiro Fayez Aslan.

Desfarçado em Homs.

O jornalista alemão Wolfgang Bauer viajou por conta própria para a Síria de forma discreta e secretamente.  Lá ele se misturou aos manifestantes, sendo recebido em suas casas. Portando apenas um notebook ele cruzou os limites do perigo para descobrir a verdade sobre a Síria e a famosa revolução.

Ele foi recebido em uma casa que originou uma detalhada narração de um dia vivido por uma família síria. Para saber como ele vivenciou todo este pesadelo acesse: http://www.zeit.de/2011/35/DOS-Syrien/seite-1

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Blue Whale 1 - O game da morte em nome da Baleia Azul

Blue Whale: O jogo da morte induz adolescentes ao suicídio via Redes Sociais e Skype já fez mais de 130 mortes entre Rússia e Europa, mas já tem adeptos no Brasil - Continue Lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 09/04/2017

Poderia ser uma lenda urbana.. Mas o game "Blue Whale" (Baleia Azul) se tornou viral na Europa e na Rússia (desde 2014) deixando pais e as autoridades locais em completo alerta. O game que usa basicamente as redes sociais também promove encontros e eventos fora da web, reunindo suicidas depressivos adolescentes em espantosa e crescente comunidade.

Nos últimos 3 dias as agências internacionais começaram a alertar ao mundo sobre este jogo de auto-flagelação que culmina no suicídio. Os administradores do grupo exercem grandes pressões para garantir que o grupo seja unido, confiável e fiel aos propósitos malignos a que se propõe sem questionamentos.

Uma adolescente disse ao Saulo Valley Notícias que tem a informação de que quando o …

Brasileiros e sírios levam arte às crianças refugiadas colorindo cenários de guerra

Uma iniciativa que merece muitos aplausos levou um grupo de jovens artistas de rua brasileiros, a se encontrar com artistas e ativistas de diversos países em conflito armado. Eles tentam transformar campos de refugiados em escola viva de pura arte em cenário de muitas cores! - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de aneiro 24 de Abril de 2017

"Magic Caravan" é um projeto social criado em 2013 e a ONG Al Caravan atua na Síria , Líbano, Turquia e Alemanha, ajudando a dar um futuro melhor para crianças e adolescentes sentenciadas a viver em campos de refugiados e campos de concentração ainda remanescentes na Alemanha.

Na Síria, o grupo ajuda crianças das regiões mais intensas do país, cujas áreas residenciais e rurais são constantemente bombardeadas pelo regime sírio, milícias islâmicas, Rússia e países ocidentais. Possui pequenos centros de educação em lugares considerados "redutos rebeldes" como Aleppo, Daara, Homs, Latakya, Damasco e Idlib…