quarta-feira, agosto 17, 2011

Síria: Inteligência em caçada por palestinos. 35 mortos em Latakya e Homs

Em Lattakia, na região de Areia do Sul foram queimados 3 corpos de manifestantes em praça pública (praça da Liberdade) no momento em que a população buscava se organizar para uma nova marcha de protestos contra o regime. A ação tinha o propósito de servir como exemplo e intimidar os manifestantes.

Confirmado por moradores a marca de 35 mortos em Latakya e Homs nesta Terça dia 16. E o dia começou com um pesado ataque aos acampamentos de palestinos. Portas sendo arrombadas e inteligência procurando refugiados por com uma lista de nomes.

Este jovem morreu por levar água para seu amigo - Esta imagem impressionou
bastante o povo sírio nesta Terça-feira. 16-08-11
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 2011 - 05h56min.
Atualização: 08h42min (Brasília)

Um extermínio sem propósito aparente,
se não for político ou racial.

O mundo inteiro quer saber: Aonde Al-Assad pretende chegar? Uma prática muito corriqueira tem sido a prática de "tiro-ao-alvo". A brincadeira macabra tem sido praticada pelos franco-atiradores e qualquer soldado armado do regime. Eles estão simplesmente matando somo que se fosse um entretenimento. Alguma coisa para passar o tempo. Sem escrúpulos eles torturam, mutilam, e aterrorizam e se divertem com o sofrimento dos indefesos civis. Esta covardia só tem explicação no âmbito da obediência. Eles estão ali apenas cumprindo ordens. ( aparentemente ninguém está morto no vídeo)


Não há um propósito em especial. Matar sem limites. Carta branca. Não há excessão para as vítimas. Se estiver numa demonstração ou dentro de casa, dirigindo um carro ou indo ao mercado... Desde recém nascidos até idosos e portadores de deficiência física ou mental, têm sido vítimas de torturas, mutilações e execussão por facas ou armas de fogo.

Eles comemoram as atrocidades e fazem suas próprias manifestações em afronta à exigências populares.


Neste vídeo a seguir, um grupo de populares tenta resgatar os corpos de um casal que passava por uma rua de Homs com sua caminhonete, e foram executados por snipers. Os jovens querem devolvê-los aos seus familiares, mas os atiradores estão de plantão, tornando esta missão arriscada para todos. (exibe corpos de longe sem mostrar sangue ou partes humanas)


Esta tem sido outra rotina na síria, desde o início dos protestos. Porque as pessoas não podem pegar de volta os seus mártires? Porque eles são um símbolo de determinação e vontade de ver a Síria livre deste e qualquer tipo de governo opressor, e porque em seus velórios são realizados novos protestos durante a procissão até o cemitérios.  Com o propósito único e exclusivo de humilhar o povo da Síria, muitos corpos de manifestantes tem apodrecido nos asfaltos do país e há casos em que seus corpos são jogados no lixo.

URGENTE: 08h42min: A nova estratégia do governo sírio consiste em resgatar os corpos das vítimas e vesti-las com uniformes militares para denunciar a população para a comunidade internacional por ataques armados. A informação veio pela Revolução Síria.

Todas as formas que a "Inteligência Síria" puder encontrar para abater o moral, suprimir a vontade deste povo de ser livre, eles farão. Agora com a adesão por completo do Iran, o Hezbollah vai saindo da moita e a venezuela e o Iraque ajudando em secreto.

"Neste Domingo (14), um pesado combate relatado por moradores da região da fronteira da Líbia. Segundo as testemunhas, que são moradores do lado da Tunísia havia um avião venezuelano no Aeroporto de Jeba e fortes  suspeitas de que Kaddafi esteja deixando o país..." Nesta terça (dois dias depois) o Governo da Síria confessou ter perdido o controle sobre os rebeldes.
Iran e Venezuela estão dando apoio a todos os inimigos dos Estados Unidos. O Iraque não apoiaria a Síria, se o atual primeiro-ministro não estivesse no poder graças ao apoio de Assad há 2 anos.

Há dois dias nós do "Jornalismo Internacional na Revolução Árabe" havíamos publicado que 22 mil  soldados estão presos por rebelião. Mas hoje tenho uma notícias diferente para apresentar: Desde ontem os militares presos por deserção estão sendo executados. Aqueles que se negaram a matar civis, estão sendo eliminados dentro dos presídios. Bem como manifestantes presos há dias, semanas e meses. Todos os presos perigam ser executados eu já havia alertado no dia 03 de Agosto.

Flagrante: Saqueadores em ação



Enquanto isto os governos do mundo inteiro acreditam que podem deixar Assad sem recursos. Os recursos tem sido enviados por seus aliados. A ajuda financeira vem por meio dos bancos. A estratégia é simples; Uma conta aberta em nome do governo da síria no país aliado e a transferência é realizada. O saque é feito no próprio país do beneficiado. Caso a síria caia na falência total, ela pagará sua dívida com suas empresas estatais. O que há de difícil nisto?

Estamos engajados nesta campanha para pedir o fim dos massacres na síria que tem a triste proposta de se tornar o maior massacre de civis da história da humanidade. Os presos são um trunfo para Assad. Quando ele decidir, executa a todos de um só vez. Enquanto isto ficamos aqui como expectadores e os governos só falam na tal diplomacia que Assad despreza e zomba.


Não consigo entender o que os governos do mundo inteiro chamam de "inteligência". Porque ela nunca funciona nestas horas? Onde estão os "serviços secretos" que não se infiltram e não executam os comandos desta aniquilação?

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: