terça-feira, agosto 09, 2011

Síria: Coronel é executado por não prender todos os manifestantes em Horan

Nesta Terça-feira o comandante militar do bairro de Horan chamado Inkhil (anjo), o Coronel Mohammad Alshamali recebeu ordens expressas de prender todos os manifestantes que haviam saído às ruas para protestar recentemente. Como não obedeceu a ordem à risca, foi imediatamente executado a tiros. Confirmou a agência local SNN de notícias.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 09 de Agosto de 2011 - 19h26min.

Nos relatórios do fim da noite a SNN contou que forças de segurança utilizaram tecnologias de guerra inéditas até agora. Ela acusa o uso de bombas de gás venenoso, além de gás lacrimogênio seguido de munição real. Ainda denunciou o uso de "BDM", mas conhecido como "RPG" contra a massa de manifestantes.

Uso de "BDM", mas conhecido como "RPG" contra civis.
Daraa, Ezzor Dier, Idlib, Homs, Hamah... Já há informação de mortos e feridos violentos  ataques armados.

Em Deir Azor o manifestante "Ahmad Hassan Najjar" foi morto pelas forças de segurança. Seu corpo foi enterrado há 3 horas na praça pública de "Al-Jourah" porque o bloqueio militar impede que seu corpo seja entregue aos familiares.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: