segunda-feira, julho 25, 2011

EGITO: Mubarak pode estar clinicamente morto há algumas horas.

A notícia da morte clínica do ex-presidente Hosni Mubarak, tem sido alimentada por vários dias, apesar do diretor do hospital ter negado no dia 18 de Julho. Este boato atualizado indica que Mubarak tenha passado para o estado de morte clínica após sua transferência para a UTI no hospital Sharm Al Sheik neste Domingo.

Cartoon cortesia: "DonkeyHotey"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Julho de 2011 - 08h04min.

O site "aldiyaronline" publicou partes de uma nota com a seguinte informação:

"Um boato se espalhou pelo últimas horas, a preencher Sharm el-Sheikh, que o presidente depôsto Hosni Mubarak foi transferido para a UTI e morreu clinicamente."

Enquanto a notícia da morte de Mubarak se espalha ainda sem confirmação das autoridades médicas ou políticas, que não negam nem confirmam, os preparativos para o seu julgamento em South Sinai continuam e está previsto para o dia 03 de Agosto. No local do julgamento, um forte cerco de segurança está sendo montado e ninguém fala sobre esta polêmica.

É sabido que a equipe de Mubarak está tentando impedir a sua transferência para o complexo penitênciário de Tora.

De acordo com o site "bab" de notícias, o boato da morte de Mubarak se inciou por um vazamento por uma fonte médica do hospital Sharm El Sheik para a população local.

Um jornal local chamado "News", citado pelo site "Bab" que disse que Hosni Mubarak tem se recusado a fazer a fisioterapia e que apresenta fortes sintomas de colápso psicológico, chegando a rejeitar a se alimentar.

Lá fora a oposição se mantém irritada suspeitando que uma grande manobra está sendo preparada para o arquivamento do julgamento do ex-presidente, apesar de que o esquema de segurança no hospital foi reforçado, inclusive com guardas no pátio, contou o "Bab".

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: