sexta-feira, junho 17, 2011

Iémen: Saleh pode não voltar para seu país, diz informante.

Com quem estará com a verdade, com as Agências que garantem que Saleh está em ótimas condições, ou as que dizem que ele poderá não mais voltar para ocupar o seu cargo de presidente do iémen?


Fonte da Imagem: arabia2day
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Junho de 2011 - 13h02min.

No dia 03 de Junho o carro do presidente Saleh foi atacado por um míssil, que deixou seu primeiro-ministro em gravíssimo estado num hospital do país e o próprio presidente que se declarou em ótimo estado. Segundo informações do governo do Iémen. Na época informou que ele gozava de boa saúde e que havia sofrido alguns arranhões.

Dias depois foi publicada a informação de que o presidente do Iémem havia sido transferido para um hospital em Riad, na Arábia Saudita e que ele havia sofrido uma perfuração no pulmão e que 40% do seu corpo havia sido queimado.

Fonte da imagem: France24
Ali Abdulah Salen continua cercado de especulações e dúvidas. No dia 06 de Junho, o vice-presidente do Iémen Abdrabuh Mansur Hadi disse que "o presidente voltará ao país em neste dias." Disse a AFP.
Prontamente um oficial que pediu para não ser identificado disse à AFP que "Saleh não virá!"

No dia 09 de junho a agência Reuters informou que Saleh não fora atingido por míssil e sim por uma bomba plantada em seu carro.

Nova onde de espaclações se levantou com a informação por agências de notícias, políticos e militares que querem saber como o artefato foi colocado. Se por estranhos ou infiltrados, e como conseguiram chegar tão perto?

A Embaixada Ienemita continua afirmando que Saleh goza de boa saúde e que se recupera rápidamente.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: