terça-feira, maio 10, 2011

Síria: Terça da Vitória - Continuação das atualizações - 10-05-11 - Saulo Valley

Os títulos das manifestações mais parecem campanhas de prosperidade das igrejas cristãs, mas de mordomias não tem absolutamente nada! É uma dureza encarar um dia de protestos. Cada vez que saem de suas casas pode ser a última.

Angelina Jolie na Síria em 2009 - Fonte vancouverite
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 10 de Maio de 2011 - 12h46min.

A página anterior já estava pesada, então continuamos a seguir:

13h27 Tem sido denunciado que a Inteligência Síria está oferecendo dinheiro e bastões para que pessoas comuns agridam os manifestantes, mas não foi dito se alguém aceitou a oferta. Sabe-se que muitos recusaram (enquanto podem escolher).

Outro truque, que tem sido denunciado pelos sírios, é que guardas das forças de segurança estavam em um ônibus da guarda. De repente o ônibus parou,os guardas desceram e metralharam o próprio ônibus. Depois embarcaram e seguiram viagem (não precisa dizer que a intenção é dar a entender que foram atacados).

Video: Adolescente violentamente espancado e torturado por forças de segurança



13h45min Notícias da cidade sitiada de Homs: 

Cham: Homs: URGENTE: Hoje às cinco da manhã (hora local) ocorreu um ataque contra a aldeia Ahalibat em Homs que está localizado após o Amr Papa, perto do Lago Katina.

Segundo revolção, quatro veículos blindados e 11 carros que levavam soldados das Forças Especiais, muitos  guardas das forças de segurança.

Contam que uma ação foi feita nas casas e confiscaram bens de valores como ouro das mãos de mulheres e dinheiro dos fundos, estando dentro das casas. 

Também foram relatadas as mortes de três civis nas mãos das forças de segurança. Eles estão confiscando todas as motocicletas (que além do principal veículo de transporte da população, também são utilizadas para tentativa de salvar vidas quando alvejadas pelos franco-atiradores), como no vídeo a seguir:





15h10min A Síria que era condidata ao conselho dos Direitos Humanos da ONU (risos), cuja votação estava prevista para o dia 20 próximo, teve seu pedido retirado pelo próprio governo, depois que os estados-membros pressionaram pela sua desistência, informou a Aljazeera hoje.

Segundo noticia ainda o site, no dia de hoje, uma ONG dos direitos humanos informou á Associated Press que possui uma lista com os nomes, data, horário, locais e motivos que todos os 757 civis foram mortos desde o dia 18 de Março

20h00 Iniciada a incursão militar em Hama. Ouve-se o som das incessantes metralhadoras e artilharia pesada nas entradas.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: