segunda-feira, maio 09, 2011

Síria: Mais de 880 mortes e 11.000 prisões - Atualizações desta Terça 09-05-11 - Saulo Valley

No dia de ontem (domingo) pelo menos 800 prisões de manifestantes foram realizadas. A ordem é silenciar o povo a qualquer custo, mesmo que seja por execução a tiros. Depois de Dara ter vivido uma semana de opressão e cerco ostensivo, agora Homs tem presenciado barbaridades em massacres, torturas e prisões com espancamentos.


Fonte: Syrian.Revolution on Facebook
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 09 de Maio de 2011 - 06h10


Ontem foi denunciado que algumas mulheres e adolescentes foram presas e estupradas pelas forças de segurança.


As notícias desta página são enviadas pela revolução para o Twitter (@RevolutionSyria), facebook (http://www.facebook.com/Syrian.Revolution) ou enviadas diretamente para minha caixa de e-mails. Todo conteúdo é absolutamente confiável, seguro e livre. Os vídeos, fotos e informações podem ser utilizados no sentido de divulgação, desde que as fontes sejam citadas com links.


Ontem também foi informado que o Hospital Al-Shami em Homs tem estado fortemente cercado. Ninguém tem autorização para aproximar-se. Mas ainda nenhum dos civis sabe a razão.

06h26min Agora são cerca de 13h26minutos na Síria e são reportadas inúmeras prisões. Prisões em massa em Hama, tem sido informado.

O número conhecido de mortos em toda a Síria já chega a 880 desde o dia 25 de março. A nível de confirmação e demonstrar a credibilidade das nossas informações, neste link estão listados os nomes de todas as pessoas mortas até agora.

Desde a última quinta-feira é que as informações têm chegado com grande demora, por causa do grande e violento cerco nas cidades, corte nos meios de comunicação e número crescente de bloqueios com conferências de identidades e destinos.

07h09min Revolução na Síria informa:: O escudo ( em Daraa) está rodeado pelos tanques do exército há quinze dias. Ainda permanece sob cerco do exército e das forças de segurança.

Os tanques lotaram as ruas  no terminal do escudo. O toque de recolher continua em vigor, com permissão  apenas para as mulheres para irem às compras de 15 as 18 horas, mas os mercados foram saqueados por forças de seguranças e a excassês de alimento é grande. A energia elétrica está sendo ligada 3 horas por dia.

As condições gerais ainda são precárias e a proliferação de franco-atiradores nos telhados é grande.


A TV estatal síria está informando que a vida voltou ao normal e as famílias desfrutam agora de uma vida excelente!!!

Nota:


Esta tranquilidade aparente se dá ao fato de ninguém conseguir sair de casa. A TV estatal tem gravado flashes nos horários em que as compras são permitidas, para dar uma aparência de normalidade.

07h31min O site "israelnationalnews" disse que Daraa está "inesperadamente tranquila" após uma semana de confrontos violentos que deixaram 44 vítimas de massacres envolvendo a as forças de segurança e população. Ainda 7 soldados do exército morreram.

O Site destacou uma entrevista de Haitham Maleh pela "ABC News", que acabou de ser liberado da prisão, beneficiado com a "anistia dos presos políticos mas antigos". Maleh é descrito pelo site como um dos mais proeminentes advogados de defesa da Síria.

Na conversa com a ABC, Maleh denuncia:  "Eles me puniram, muitas vezes, sim.  Passei metade da minha vida nas prisões."

Sobre o governo Sírio e a promessa de dar "mais liberdade para o povo":

"Somos como uma bomba, é quase uma explosão. Eles disseram que vão fazer alguma coisa. Ouvimos esse discurso há 10 anos e eles não fizeram nada."
"Através desse regime nada será mudado", disse Maleh "Este regime [é] como o câncer e eles não querem médico. Ele precisa de uma cirurgia."
Ele destacou que o Partido Ba'ath (recentemente anunciado como dissolvido)  governa sozinho desde 1963.
Ele disse também que o isolamento de Daraa não garante a estabilidade do sistema.

Detalhe interessante: A Síria é candidata à vaga no Conselho dos Direitos Humanos da ONU. A votação está prevista para o dia 20 de Maio 2011.

10h22min Tanques estão se movendo agora em Damasco, na região de Ma'athamiyya.

11h17min As operações de opressão e massacre estão intensas no Banias. Foi relatado que cerca de 5000 pessoas estão presas. Lojas destruídas, mercadorias confiscadas, casas invadidas e pessoas interrogadas, humilhadas e espancadas.

12h30min Um e-mail de uma adolescente me deixou bastante apreensivo.


"I feel that freedom in't coming!! :(
many people were killed
and they're killing more and more 
i can't stand it!!"

Tradução:
"I sinto que a liberdade não virá!!
Muitas pessoas foram mortas e
e eles continuam matando mais e mais
eu não posso aguentar isto!!"


14h49min Uma nova nota publicada pela revolução no twitter revela que o número assombroso de prisões já alcançou a marca de 11.000 pessoas!


Corajosos voluntários sem o menor treinamento, correm riscos para comprovar a chegada de reforços militares para o cerco em Horam.




18h31min Em "Amr Papa"  é confirmada a chegada de dezenas de veículos blindados em direção a região de "Baba Amro". 

Artigo em Destaque

Pra quem reclamar quando autoridades estão ligadas aos criminosos?

Quando você se vê atingido por uma autoridade usurpadora do teu próprio direito, a quem reclamar, quando você sabe que a autoridade máxima ...

Leia também: