terça-feira, maio 17, 2011

Síria: Ministério do Interior nega existência de valas comuns no país.

Hoje (terça) o Ministério do Interior negou qualquer possibilidade de existência de uma vala comum na Síria. O Ministério se queixou de uma campanha internacional de mídia contra o país.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 17 de Maio de 2011 - 06h53min.

Como a notícia só foi divulgada por mídias internacionais, o governo da Síria descreveu como uma campanha de difamação internacional na mídia. Por outro lado testemunhas oculares continuam confirmando o achado.

Este mapa mostra a localização exata das valas:
Azimuth 32.597682, 36.092082
Uma das testemunhas, foi a pessoa que descobriu a vala e pediu ajuda para outras pessoas, além de tudo, o local foi registrado por câmeras de celulares da população e os vídeos estão disponíveis na internet no canal da Rede Sham SNN de Notícias no Youtube.


Ontem já havia sido denunciado pela "Revolução pacífica da Síria" que as forças de segurança e o exército ocuparam a região e levaram os restos mortais para locais desconhecidos. Também havia sido denunciado que snipers estavam matando a qualquer um que ousasse se aproximar da área denunciada pelos grupos de Direitos Humanos.

A testemunha ocular acrescentou em depoimento ao site "moheet" que as forças de segurança chegaram à região, que fica a 45km de Homs, para realizar revistas quando depararam com uma multidão saindo do local das valas.

Foi seguindo até a grande massa que descobriram a vala. Cercaram o local e expulsaram os populares.

Isto tem feito com que a fuga da Síria para países vizinhos aumente cada vez mais. Ontem foi denunciado a morte de 4 palestinos por forças de segurança da Síria.

Também foi relatado um grande número de Soldados do Exército que desertaram e fugiram para o Líbano.

Na cidade de Jassim, onde o violento bloqueio tem sido praticado há duas semanas, foi informado pela "Sham News SNN" a chegada de novo reforço de guardas de seguranças e blindados.

07h23 A descoberta das valas não fizeram as atrocidades pararem. Em Cham: Homs: Tlkk: a Rede SNN informou uma "situação humanitária indescritível" no Tlkk.

Segundo testemunhas existem dezenas de pessoas feridas pelas forças de segurança e que não receberam nenhum tratamento. Muitas estão sofrendo de hemorragia e deveriam estar recebendo socorro imediato, mas estão agonizando até a morte...

Manifestação em Homs - Fonte: sawtbeirut.com
Segundo a SNN o número de mártires ainda vai subir bastante. A eletricidade foi cortada, há grande falta de água e as comunicações silenciadas. O Bairro está em completo isolamento...

"E também as forças de segurança (Alcbihp) e destruiram o conteúdo das poucas farmácias na cidade já ... E a presença de massiva de snipers na maior parte do Tlkk ..."

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: